AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Desemprego está a subir novamente em Portugal

Há 20 meses que havia boas notícias em relação ao desemprego, mas em Outubro a tendência inverteu-se. Há alguma expectativa de como poderá correr o último trimestre do ano nesta matéria.

Desemprego está a subir novamente em Portugal
Taxa de desemprego estava em queda há 20 meses
  • INE vai passar a analisar o desemprego mensalmente

Segundo os dados avançados pelo INE - Instituto Nacional de Estatística, Outubro fica marcado pelo novo aumento do desemprego em Portugal, ao fim de 20 meses de queda consecutiva. O INE estima que o desemprego atingiu em Outubro cerca de 13,4% de desempregados, assumindo assim que mais de 3000 mil pessoas ficaram no desemprego, sendo os mais afectados pessoas do sexo masculino.

O INE, habituado a calcular a taxas de desemprego trimestralmente, irá, a partir de agora, passar a calcular também o desemprego mensalmente, conforme fazia o Eurostat. “É a primeira vez que o INE faz estimativas para o desemprego em termos mensais, algo que até aqui era feito pelo Eurostat com base nas estimativas trimestrais do INE e nos números do desemprego registado do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP)”.

Em Setembro, a taxa de desemprego situava-se nos 13,3%, contra os 13,4% já verificados em Outubro. No entanto, “o aumento verificou-se entre os homens, com 6300 a perderem o seu emprego, enquanto entre as mulheres diminuiu 3200, mantendo-se inalterada entre os jovens. Ainda assim, a taxa de desemprego entre as mulheres continua superior à entre os homens: 14% contra 12,8%”.

Estes números agora divulgados invertem o ciclo positivo que Portugal estava a viver há 20 meses consecutivos, em que foi registada uma diminuição progressiva do desemprego.


Veja também: