IEFP: Algarve tem 5 mil postos de trabalho por preencher

Procuram-se empregados no Algarve, sobretudo na área da hotelaria e restauração.

IEFP: Algarve tem 5 mil postos de trabalho por preencher
IEFP dá apoios para deslocação que podem chegar aos 200 euros

Segundo o presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, Elidérico Viegas, há pelo menos 5 mil oportunidades de trabalho para preencher no Algarve neste período do ano. A chegada de turistas faz com que o volume de trabalho aumente e seja necessário reforçar equipas.

A falta de mão-de-obra acaba por fazer com que os trabalhadores existentes sejam obrigados a fazer o dobro do serviço, auferindo o mesmo salário, que em média ronda os 600 euros mensais. Ao jornal Público, o presidente do Sindicato da Hotelaria e Turismo do Algarve, Tiago Jacinto, aponta o problema: é preciso melhorar as condições de trabalho e aumentar os salários.

Para contornar esta situação, o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) está fazer uma campanha nacional de angariação de candidatos, através das suas delegações. Estes profissionais podem aceder ao apoio à mobilidade geográfica no mercado de trabalho, que pode atingir os cerca de 200 euros/mês, ou seja, o equivalente a 50% do IAS – Indexante dos Apoios Sociais – atualmente, nos 421,32 euros.

No site do IEFP podem ser encontradas várias ofertas de emprego por preencher para rececionistas de hotéis, empregados de mesa, ajudantes de cozinha e cozinheiros no distrito de Faro.

Também várias empresas de recursos humanos que estão à procura de profissionais da área de hotelaria e restauração para essa zona do país. Esteja atento!

Veja também: