AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Estado pede aos desempregados que devolvam o subsídio

Desempregados estão a ser notificados para devolverem parte do subsídio de desemprego, mas parece que a culpa é do novo programa informático.

Estado pede aos desempregados que devolvam o subsídio
Há desempregados a serem notificados em todo o país
  • Novo programa informático pode ser responsável por esta polémica

Um erro de sistema está a levantar o pânico junto dos desempregados em várias zonas do país. Ao que é avançado em notícia, deu-se um “desfasamento” entre a Segurança Social e o Instituto de Emprego que deu origem “à expedição incorreta de notificações”. Estas notificações estão a ser enviadas para desempregados de todo o país, intimando-os a devolver o subsídio de desemprego

A Segurança Social revelou à Lusa que tiveram “conhecimento do caso de um desempregado de Alfândega da Fé, no distrito de Bragança que, um mês depois de esgotado o subsídio de desemprego foi notificado para devolver metade, mais de 2.600 euros”.

Neste momento, sabe-se que as notificações estão a ser todas analisadas e todos os lesados irão ser notificados dando conta da veracidade ou não destes cálculos mas, ao que tudo indica, a falha deve-se sobretudo a um novo programa informático que foi instalado recentemente e que “começou a ditar novos direitos para aqueles que já receberam ou estão a receber o subsídio”.

Uma outra testemunha revela que recebeu no dia 28 de setembro uma notificação da Segurança Social que visa “restituir as prestações pagas indevidamente”, o que daria um valor de 2.681 euros e equivaleria “a metade do que recebeu durante mais de um ano de subsídio de desemprego e o social subsequente”, conclui.


Veja também: