AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Governo coloca a hipótese de mudar as datas dos feriados

O Executivo de António Costa tem ponderado a mobilidade dos feriados. Quem está contra?

Governo coloca a hipótese de mudar as datas dos feriados
Os sindicatos não gostam particularmente da ideia.
  • A polémica dos feriados já vem de trás.

A polémica dos feriados é um marco destes seis meses agora feitos da legislatura de António Costa. Pelos vistos, volta a ser tema novamente, isto porque o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social veio agora a publico referir que admite mudar as datas de alguns feriados “para que estes passem a ser colados aos fim de semana”.

Esta medida tem como principal objetivo “evitar que se tirem dias de férias para fazer ponte e aproveitar mais dias sem trabalho”, garante.

No entanto, apesar desta medida poder interessar aos cidadãos, o assunto já havia sido discutido nos sindicatos e parece que há vozes divergentes nesta matéria.

A CGTP, por exemplo, revela que não se importará de voltar a discutir feriados com os parceiros sociais, mas que “já tem definida uma posição de princípio”, revelando que “os feriados só têm sentido no dia a que dizem respeito”.

Já o ministro Vieira da Silva, ao refletir sobre o tema, considera que “nem todos os feriados são passíveis de serem alterados”, como por exemplo os religiosos, os civis, entre outros.

A posição da UGT é menos flexível, sendo que Carlos Silva revela que esta mobilidade pode representar um facilitismo em roubar simbolismo aos feriados.  

Por enquanto, ainda está tudo em aberto.


Veja também: