Publicidade:

Nos últimos dez anos, o número de vegetarianos quadriplicou

Passados dez anos, o Centro Vegetariano repetiu o mesmo estudo e os dados obtidos pela AC Nielsen mostram um aumento muito significativo de vegetarianos.

Nos últimos dez anos, o número de vegetarianos quadriplicou
Em Portugal, 1,2% das pessoas não come nem carne nem peixe

O primeiro estudo para apurar o número de cidadãos portugueses que são vegetarianos realizou-se em 2007, na altura com apenas 0,3% da população. Em 2017, a percentagem quadriplicou para 1,2%. Por outro lado, de acordo com os resultados apresentados, 95% dos portugueses continuam a consumir carne, peixe (embora no caso destes dois tenha registado uma redução), laticínios e ovos na sua dieta.

Da amostra (aleatória e estratificada), 0,6% das pessoas revela seguir uma alimentação vegana, ou seja, não comem carne, peixe, ovos ou laticínios. São sobretudo as mulheres e os jovens, com idades entre os 25 e os 34 anos, que seguem uma alimentação à base de vegetais.

Quanto à metodologia utilizada, os dados obtidos têm origem em duas mil entrevistas domiciliárias a indivíduos dos dois sexos, dos 15 anos 65 anos, residentes em Portugal Continental.

Os estudos, tanto de 2007 como de 2017, podem ser consultados no site do Centro Vegetariano.

Veja também:

Belinda Sá Belinda Sá

Tem como paixão principal a escrita criativa e, no seu percurso, são vários os projetos internacionais e interculturais que a inspiram a escrever cada vez mais. É licenciada em Ciências da Comunicação: Jornalismo, Assessoria e Multimédia, pela Universidade do Porto, e tem experiência profissional em Marketing e Comunicação.