Como aumentar a vida útil da bateria do portátil?

Sabe como pode aumentar a vida útil da bateria do seu portátil? Basta seguir estas dicas.

Como aumentar a vida útil da bateria do portátil?
Até as baterias precisam de atenção…

Na maioria das vezes, antes mesmo do computador começar a dar problemas, quem começa a dar os primeiros sinais de cansaço é a própria bateria. E talvez seja indicativo de que não lhe está a dar a devida atenção. Então como pode aumentar a vida útil da bateria do seu portátil? Aqui tem algumas dicas para cuidar melhor da melhor amiga do seu computador, assim como algumas regras de ouro para que esta dure mais tempo.
 

5 regras de ouro que convém manter sempre na memória

 

1. Utilizar a bateria até o computador entrar em modo de hibernação

Só assim garante que o processo de descarga da bateria é feito até ao final e não interrompido a meio. Não se assuste com os avisos de 10% de bateria. Ligar o computador à tomada nesse ponto é um erro e vicia o ciclo.

 

2. Não exija demasiado do computador quando utiliza apenas a bateria

Quando desconecta a bateria do portátil, ele ajusta a utilização de alguns recursos, para que a perda de energia seja gradual e não brusca. São exemplos disso o brilho do ecrã, que diminui, e a velocidade de utilização do processador. O conselho é não utilizar o máximo das capacidades do computador quando este não está ligado à corrente para não forçar o processo de descarga da bateria. Meça bem quando é que precisa ou não da bateria!

 

3. Guardar a bateria em locais frios e com cerca de 50% de carga

Os entendidos dizem que as baterias Li-Ion se estragam mais fácil e rapidamente quando são guardadas estando completamente carregadas (ou descarregadas). Por isso, o ideal é o meio-termo: 50% de carga. Mais! É importante guardá-las em locais com baixas temperaturas. Mas claro que quando se diz baixas temperaturas, não têm necessariamente de ser temperaturas negativas. Não convém, aliás.

 

4. Utilizar regularmente a bateria do portátil mas evitar o sobreaquecimento

Na verdade, quando as baterias são expostas a temperaturas superiores a 60ºC – ou caso sejam carregadas para além do seu limite energético – podem acabar por explodir. Isto explica-se pela instabilidade do lítio. Mas se se mantiverem descarregadas por muito tempo, as células das baterias acabam por oxidar. Daí ser aconselhado evitar o sobreaquecimento da bateria e o seu uso frequente, paralelamente.

 

5. Realizar a calibração da bateria uma vez por mês

Não entrando em muitas especificidades ou aventuras técnicas, é preciso saber que os circuitos que controlam a carga da bateria não controlam cada célula que a constitui mas sim o valor limite (máximo e mínimo). O que acontece é que, com o tempo, o circuito controlador da carga começa a perder capacidades de cálculo em relação à carga, daí algumas baterias começarem a aguentar menos tempo.
A solução passa por calibrar o circuito, reajustando os seus valores-padrão. Nesse caso é preciso carregar completamente a bateria, mantê-la ligada à corrente por cerca de duas horas, utilizar o portátil só com a bateria e deixar que esta se descarregue totalmente – até ao ponto em que entra em hibernação. Deixe-o assim durante pelo menos cinco horas e depois pode voltar a carregar a bateria.


Veja também: