3 cuidados a ter com o óleo do motor do carro

Um dos cuidados que deve ter com o óleo do motor é manter o nível deste lubrificante dentro dos parâmetros indicados.

3 cuidados a ter com o óleo do motor do carro
Ações simples que podem evitar despesas inesperadas

O óleo é um lubrificante insubstituível e essencial para que o motor do carro  funcione perfeitamente. A sua principal função é arrefecer os componentes do motor. Portanto, se negligenciar a manutenção deste produto vai estar a prejudicar o bem-estar do seu carro. Existem alguns cuidados com o óleo do motor do carro que devem ser respeitados para que mais tarde não venha a ter problemas graves que resultam em danos avultados.

Confira se a circulação do óleo pelo motor está a ser feita correctamente. O óleo do motor, além de lubrificar, diminui o desgaste dos componentes internos do motor e ainda reduz o atrito que se pode acumular.

Entre as funções básicas do óleo do motor destaca-se a capacidade de refrigerar – o que vai evitar a fusão interna do motor -, limpar o motor (como se fosse um detergente) e ainda transmitir energia mecânica.

O aparecimento de borras que entopem o motor e podem mesmo fazer com que ele fique danificado, é um dos problemas mais comuns. Portanto, para que consiga retirar o máximo rendimento de um carro é importante que tenha alguns cuidados com o óleo do motor.

3 cuidados com o óleo do motor

1. Nível de óleo dentro das marcas da vareta

É conveniente que verifique o nível do óleo todas as semanas. Deve fazê-lo com o motor frio, de manhã antes de arrancar com o carro e parado num piso o mais direito possível. Ao retirar a vareta do óleo deve limpá-la com um pano limpo ou papel e voltar a inserir novamente a vareta no local. Quando retirar a vareta do reservatório vai conseguir ver se a quantidade de óleo se encontra entre as marcas Mín e Máx.

Se o nível do óleo estiver acima do normal, cuidado que pode ter lubrificante a mais no motor. Caso seja óleo a mais, é desaconselhável pois pode prejudicar as velas de ignição. Quando a marca de óleo na vareta surgir abaixo do Mín deve completar o depósito com o óleo idêntico ao que tem colocado.

Também pode acontecer que seja água misturada no reservatório do óleo, o que pode significar o rompimento da junta do cabeça do motor. Caso seja água não deve sequer ligar o carro, mas sim solicitar um reboque para o levar à oficina.

2. Mudar o filtro de óleo

Outro dos cuidados com o óleo do motor é substituir o filtro de óleo depois de trocar duas vezes este lubrificante. Deve também ter em atenção a recomendação do fabricante do automóvel. Trocar o filtro de óleo no período sugerido vai prevenir os seguintes problemas: borras de óleo de motor e acumulação de resíduos carbonizados.

3. Limpar a tampa do reservatório de óleo

Pode parecer insignificante, mas de facto a limpeza da tampa do reservatório do óleo pode fazer a diferença. Quando se muda o óleo, ou mesmo quando se retira a vareta para ver o nível, é normal que suje a tampa do reservatório.

Como tal, deve limpar sempre a tampa do reservatório pois algumas são magnetizadas e podem armazenar partículas de metal. No futuro, estas partículas de metal podem afetar o desempenho do óleo no motor do automóvel.

Veja também: