Sara Piteira Mota
Sara Piteira Mota
29 Mar, 2018 - 12:29
Como mudar o óleo do carro em 5 passos

Como mudar o óleo do carro em 5 passos

Sara Piteira Mota

Se o nível de óleo estiver abaixo do indicado na vareta deve mudar o óleo do carro. Mas certifique-se de que está a utilizar o mesmo tipo de óleo recomendado pelo fabricante.

O artigo continua após o anúncio

Para que o carro funcione na perfeição é preciso que, de tempos em tempos, seja feita uma manutenção a todos os sistemas mecânicos para assim se evitar avarias inesperadas. Mudar o óleo do carro é uma operação fundamental na revisão anual ao veículo, pois é ele que realiza a lubrificação de todos os componentes do motor.

O óleo do carro contribui para recolher impurezas, como partículas metálicas, que ao longo do tempo vão-se acumulando no motor, prolongando assim a vida útil do automóvel. É importante perceber que, dependendo do carro, existem vários tipos de óleos que podem ser utilizados no automóvel. Também o preço dos óleos varia mediante o tipo de óleo – sintético ou semissintético – e a marca.

De acordo com especialistas do setor automóvel, o melhor óleo é o sintético, uma vez que é mais resistente a altas temperaturas e tem um tempo de duração maior no motor. No entanto, é mais caro. O óleo semissintético é menos dispendioso, mas tem uma duração mais curta e protege menos. Existem óleos desde 10€, mas tenha cuidado porque nem sempre o barato é o mais aconselhável.

Quando mudar o óleo do carro

mudar-o-oleo-do-carro

O tipo de óleo determina a necessidade de substituição com maior ou menor frequência. Por norma, os fabricantes de automóveis recomendam que se deve mudar o óleo do carro no máximo a cada 20.000 quilómetros ou uma vez por ano. Até porque se o motor tiver uma boa lubrificação será mais fácil dissipar o calor gerado pelo atrito durante a combustão.

Antes de proceder a esta troca é importante perceber quando é a altura ideal para mudar o óleo do carro. Para efetuar esta operação deve-se, em primeiro lugar, estacionar o carro num local plano, para assim determinar o nível de óleo no motor. Este processo deve ser feito com o motor frio. Abre-se o capô do carro e retira-se a vareta do motor, fazendo a sua limpeza com um papel ou algo semelhante. De seguida introduz-se a vareta no mesmo local e volta-se a retirar. Basta inspeccionar visualmente se a quantidade de óleo que se vê está nos limites marcados na vareta. Grande parte dos modelos de automóveis já dispõem de indicadores digitais no interior do veículo que avisam o condutor quando a quantidade de óleo é insuficiente.

Passo a passo para mudar o óleo do carro

A maior parte das pessoas opta por levar o veículo ao mecânico da sua confiança ou a uma oficina autorizada da marca, mas este é um processo que até pode ser feito pelo próprio. Para tal, sugerimos que tenha tudo organizado antes de avançar.

1. Material necessário

Certifique-se de que o capô do carro está aberto e bem seguro. A quantidade e o tipo de óleo deve ser a que o manual refere e o filtro de óleo deve ser o indicado para o modelo. Para começar, vai precisar de uma chave de filtro, uma chave de caixa, um funil que pode ser feito com uma garrafa de plástico cortada ao meio, folhas de jornais ou plástico para cobrir o chão de forma a evitar manchas com o derramamento de óleo. Por último, é importante que tenha umas luvas e panos para limpeza.

2. Aquecer o óleo

Com o material preparado ligue o carro por algum tempo para aquecer o óleo. A viatura deve ficar estacionada em segurança, e não apenas segura por um macaco. Se quiser elevar o carro utilize suportes.

O artigo continua após o anúncio

3. Mudar o óleo do carro

Com o capô aberto e já retirada a vareta, deve colocar-se uma bandeja por baixo do motor e depois remover a abertura para o restante óleo sair. No entanto, cuidado porque o óleo pode estar quente. No fim deve limpar o bujão de drenagem com um pano. E não se esqueça que o óleo “velho” deve ser levado para reciclagem.

4. Substituir o filtro de óleo

Para substituir o filtro do óleo deve retirar a panela de retenção de óleo do filtro e desenroscá-lo com a chave deixando o óleo escorrer. De seguida, retira-se o filtro “velho” e depois, antes de se colocar o novo filtro, é importante que se esfregue um pouco de óleo na junta do novo filtro.

5. Colocar o novo óleo

Para colocar o novo óleo deve retirar-se a tampa de preenchimento de óleo que está no capô. Esta colocação pode ser feita com o funil. Depois basta colocar a vareta e a tampa.

Por fim, ainda com o carro parado deve ligar-se o veículo por alguns segundos e verificar se existem fugas em torno do filtro. Se identificar alguma fuga, deve desligar o motor e voltar a inspecionar tudo.

Veja também: