8 dicas para umas férias no Alentejo inesquecíveis

Vai de férias para o Alentejo? Neste artigo dizemos-lhe tudo que não pode perder nesta região de Portugal, desde os melhores restaurantes às vilas mais bonitas.

8 dicas para umas férias no Alentejo inesquecíveis
Um destino vibrante, sem sair de Portugal

Fonte da imagem: Monsaraz Grupo Cultural

O Alentejo é a maior região portuguesa, ocupando quase 1/3 do território nacional. Tal dimensão, associada a fatores como a sua paisagem, o clima característico, as cidades e vilas encantadoras e o seu litoral irresistível, tornam esta zona muito procurada por portugueses e estrangeiros para passar uns dias de férias. Se também está com vontade de explorar este destino, confira as oito dicas para umas férias no Alentejo irresistíveis.

Desde praias a restaurantes e atividades, passando pelas vilas pitorescas e alojamentos convidativos, damos-lhe várias sugestões para dias perfeitos nesta bonita região. Aqui, é como se o tempo parasse e a vida se movesse apenas pelo ritmo solar, sem pressas ou planos estritamente definidos. Os intermináveis campos de trigo, os montados de sobreiros, as povoações pitorescas e as extensas praias, convidam a que largue o relógio e se entregue aos prazeres da vida.

O melhor de umas férias no Alentejo em 8 dicas

Aproveite algumas das melhores praias do país

praia amalia alentejo

Fonte da imagem: Travel in Portugal

As praias são um dos cartões de visita do Alentejo e não é por acaso que 31 das praias da região ostentam Bandeira Azul. Os areais são limpos e extensos e a envolvente natural, em muitos casos dominada por impressionantes falésias, compõem um cenário de rara beleza. Para além disso, tanto há praias de mar calmo, como de mar rebelde que fazem as delícias dos surfistas. Se a isto juntarmos bons acessos e boas infraestruturas, percebemos porque as praias alentejanas atraem tantos veraneantes.

Fazer alguns dias de praia é por isso altamente recomendável numa visita ao Alentejo com tempo quente. E mesmo que vá a esta região no inverno, não deixe de espreitar algumas praias e apreciar, ainda que de longe, a grandiosidade do nosso oceano Atlântico. De entre as muitas praias alentejanas que merecem uma visita, selecionámos estas oito:

  • Zambujeira do Mar
  • Carvalhal
  • Pego
  • Amado
  • Arrifana
  • Almograve
  • Melides
  • Amália

Saboreie a fantástica comida alentejana

cozinha alentejana

Fonte da imagem:Turismo do Alentejo

A cozinha alentejana tem fama além-fronteiras e é uma das mais fortes recordações que o turista leva do Alentejo. Desde as açordas de sabor incrível, aos enchidos de porco preto, passando pelos excelentes queijos (como por exemplo os aclamados queijos de Nisa e de Serpa) ou ainda pelos doces conventuais, são inúmeras as iguarias que vai querer experimentar.

Azeite, pão, alho, ervas aromáticas, carne de porco e alguns tipos de peixe, como o cação, formam a base desta cozinha inventiva e saborosa. Alguns dos pratos a não perder são as já referidas açordas, as migas com carne de porco e a carne de porco à alentejana, a sopa de cação, as massadas de peixe, a feijoada de búzios, a cabeça de xara (espécie de patê feito com as partes moles da cabeça do porco), ou o sarapatel (ensopado de miúdos de porco, cabrito ou borrego).

Também lhe pode interessar: 3 pratos alentejanos que vai querer cozinhar sempre

No que diz respeito às sobremesas, não deixe de experimentar a sericaia ou o pão de rala, doces tradicionais feitos com doses generosas de ovo e açúcar. Mas, e onde saborear todas estas coisas boas? Porque uma lista de bons restaurantes é uma informação essencial para umas ótimas férias, deixamos-lhe a nossa seleção de locais onde comer no Alentejo, que tanto inclui tascas, como restaurantes de autor:

Prove o famoso vinho da região

adega mayor alentejo

Fonte da imagem: Enotur

A par da gastronomia, o vinho é outro dos ex-libris da região. As características do solo alentejano combinadas com o seu clima quente e seco, colocam à disposição dos viticultores e dos enólogos condições para a criação de vinhos excecionais. Os vinhos brancos da região caracterizam-se pelo seu cariz suave e ligeiramente encorpado, com aromas a frutos tropicais, cujas castas mais importantes são Roupeiro, Antão Vaz e Arinto.

Quanto aos vinhos tintos, estes são encorpados, ricos em taninos e com aromas a frutos vermelhos/silvestres, sendo as castas mais comuns, a Trincadeira, Touriga Nacional, Aragonez, Castelão, Alicante Bouschet, Syrah e Cabernet Sauvignon.

Para mergulhar na forte cultura vínica do Alentejo, sugerimos que visite alguns produtores de vinho, conheça as suas adegas e faça uma prova de vinhos. No final, quem sabe não compra algumas garrafas para levar para casa? Aqui ficam oito adegas que vale a pena visitar, muitas delas com fantásticas propostas de enoturismo:

Fique hospedado em alojamentos de charme

hotel charme alentejo

Fonte da imagem: Monte Falperras

Para uma boa estadia, a qualidade do local onde vai ficar a dormir é um fator preponderante. Mas não se preocupe: no Alentejo não faltam hotéis maravilhosos, casas de turismo rural encantadoras e até parques de campismo de luxo. Só tem de escolher se pretende ficar hospedado junto ao mar ou no interior e depois optar pelo estilo de alojamento que tem mais a ver consigo ou com a sua família.

Se o seu orçamento for apertado, o critério ‘preço’ vai ser indubitavelmente ponderado na sua análise, mas lembre-se que na época alta, não é fácil encontrar alojamentos de qualidade a preços módicos e que o melhor, para garantir o valor mais baixo, é reservar com antecedência. Espreite estas nossas sugestões:

Visite a barragem do Alqueva

alqueva

Fonte da imagem: Monte Falperras

Medindo 250 km2, o Alqueva é a maior reserva de água do país e o maior lago artificial da Europa, abrangendo cinco municípios alentejanos: Reguengos de Monsaraz, Portel, Alandroal, Moura e Mourão. A sua história é acidentada, tendo demorado mais de cinquenta anos entre a ideia inicial e a construção definitiva da barragem, concluída em 2002.

O Alqueva é hoje um símbolo inequívoco do Alentejo, visitado por milhares de visitantes por ano, atraídos pela dimensão impressionante do lago e pelas diversas atividades que ali podem ser desenvolvidas. Pescar, fazer ski aquático, dar um passeio de barco ou até mesmo ficar a dormir num barco-casa, são algumas das experiências ao seu dispor.

Conheça as cidades e vilas mais bonitas

evora

Prosseguindo nesta lista de dicas e sugestões para umas férias no Alentejo memoráveis, não podíamos deixar de falar das povoações alentejanas. A paisagem natural desta região é única, assim como o seu património edificado, com as suas casas caiadas de branco e os detalhes pitorescos, como as faixas azuis e os charmosos alpendres.

Para além disso, existem muitos edifícios históricos, como castelos, palácios e até ruínas romanas. Os centros das cidades, das vilas e das aldeias, são por isso um forte ponto de atração e as que colocámos na lista que se segue, são mesmo de visita obrigatória:

Évora
Uma das cidades medievais mais belas e bem preservadas de Portugal. Famosa pelas suas ruínas romanas, foi considerada Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. Aqui, sugerimos que visite o bonito Aqueduto da Água de Prata.

Elvas
Igualmente Património Mundial da Humanidade, esta bela cidade fortificada destaca-se pelo estado de preservação das suas muralhas seiscentistas e do seu centro histórico.

Beja
Para ter plena consciência da presença e influência romanas nesta zona, sugerimos que não dispense uma visita às Ruínas de S. Cucufate.

Vila Viçosa
Aqui não deixe de visitar o Paço Ducal, última residência da monarquia portuguesa.

Estremoz
Impõe-se pelas suas pedreiras de mármore, material que domina também a maior parte das construções da cidade.

Marvão
Pequena localidade que seduz pela sua beleza pura, intocada e castiça. Localizada no topo de uma íngreme montanha, proporciona vistas de retirar o fôlego.

Monsaraz
Uma vila medieval encantadora, pertencente ao concelho de Reguengos de Monsaraz. Deixe-se seduzir pela beleza do seu centro muralhado, com casas, ruelas e praças adoráveis.

Veja também: O que visitar no Alentejo: 10 pontos de visita obrigatórios

Faça coisas diferentes

balao ar quente alentejo

Fonte da imagem: Emotion

A imensidão do Alentejo, assim como as suas especificidades geográficas, faz com que a sua oferta de atividades seja bastante alargada e apelativa. Há muito por onde escolher para além das visitas já sugeridas e das atividades mais óbvias, como fazer praia e desportos aquáticos. Eis algumas sugestões para umas férias no Alentejo originais:

Visite as Minas do Lousal
Trata-se de um Centro de Ciência Viva, que pretende preservar e apresentar às novas gerações a história das minas e dos trabalhadores que, há muitos anos atrás, nesse mesmo local, extraiam pirites de cobre.

Saiba mais sobre os tapetes de Arraiolos
Arte tradicional portuguesa, os tapetes de arraiolos são vendidos e apreciados em todo o mundo. No Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos, vai poder ficar a conhecer a sua história, os materiais e utensílios utilizados, bem como impressionantes exemplares destes tapetes feitos à mão.

Faça um piquenique na Serra d’Ossa
É a principal elevação do Alentejo Central e a sua agradável floresta de eucaliptos convida a uma refeição descontraída ao ar livre e a momentos de lazer. Recomendamos ainda que faça um dos vários percursos pedestres disponíveis, para se inteirar da riqueza ambiental, paisagística e arqueológica do local.

Experimente o birdwatching
Com uma fauna de aves bastante rica, o Alentejo é já um local de referência para a prática desta atividade, que não para de ganhar adeptos e pode ser praticada todo o ano, nomeadamente nas zonas de Castro Verde e Mértola.

Dê um passeio de balão de ar quente
Por fim, seja numa versão romântica a dois ou em grupo alargado para maior diversão, temos a certeza de que um passeio de balão pelos céus do Alentejo será um dos momentos mais especiais das suas férias nesta região.

Veja também: