Euromilhões: estatísticas para ser o próximo milionário

Vamos ao Euromilhões: estatísticas quanto a números vencedores? Nós temos os dados mais recentes.

Euromilhões: estatísticas para ser o próximo milionário
Saiba mais sobre o Euromilhões

Como se costuma dizer, “quem não arrisca não petisca”. Esta é a premissa para todos os jogos da sorte e o Euromilhões não é excepção. Em tantos anos, alguns dos jogadores mais experientes já foram desdobrando teorias sobre as chaves ganhadoras. A verdade é que podemos ajudá-lo a “clarear” as ideias. Esteja atento aos dados do Euromilhões: estatísticas mais atuais não vai encontrar.

De acordo com a entidade que organiza o Euromilhões, as probabilidades de ganhar um prémio de qualquer valor é de 1 em 13. Já no que diz respeito ao jackpot, as hipóteses de se tornar um euromilionário não são tão simpáticas: 1 em 139,838,160. Números avassaladores, nós sabemos.

Ainda assim, só mesmo quem joga frequentemente é que tem hipóteses de conquistar o Euromilhões: estatísticas mais corretas do que estas não vai encontrar em nenhum lugar. Por agora, focamo-nos nos dados mais relevantes sobre este jogo da sorte.

Euromilhões: estatísticas “da sorte”

Com tantos anos de apostas, quais os “números vencedores”? Não temos uma resposta exata mas, ainda assim, deixamos-lhe os dados mais atuais. Os registos remontam a 2004. Desde essa altura, o “50” é o rei e senhor do Euromilhões: estatísticas mais convincentes é impossível – já saiu 120 vezes.

Assim sendo, vamos à lista:

  • 50”: 120 vezes;
  • 19” e o “44”: 118 vezes;
  • 23”: 116 vezes;
  • 4”: 115 vezes.

Pelas estrelas, os números mais habituais são:

  • 2”: 207 vezes;
  • 9”: 209 vezes;
  • 8”: 213 vezes.

Euromilhões: estatísticas “do azar”

Não queremos ferir suscetibilidades, mas estes são os números com menos força nas contas do Euromihões:

  • 46”: 73 vezes;
  • 41”: 80 vezes;
  • 33”: 84 vezes.

Pelas estrelas, os números menos comuns são:

  • 12”: 8 vezes.
  • 11”: 113 vezes;
  • 10”: 130 vezes;

Com estes dados em mente, tente fazer apostas mais “certeiras”. Se acha que tem azar ao jogo, não se esqueça que Portugal é o terceiro país com mais jackpots atribuídos (64 apostadores portugueses já conquistaram o primeiro prémio), sendo ultrapassado apenas pela França e Espanha. Tente a sua sorte. Quem sabe se não passa a fazer parte das estatísticas.

Veja também: