5 passos essenciais para uma boa gestão de carreira

Conheça as nossas dicas para iniciar a sua gestão de carreira, desde a definição de objetivos profissionais até à preparação das entrevistas de emprego.

5 passos essenciais para uma boa gestão de carreira
Estratégias de gestão de carreira que pode implementar já

De expressão recente e de grande importância, a área da gestão de carreira está em expansão porque dá resposta à necessidade que todos temos de bem planear a vida profissional de forma a atingir o maior bem-estar possível em contexto laboral.

Estratégias de gestão de carreira para implementar já

Aqui ficam 5 passos essenciais para fazer uma melhor gestão de carreira.

1. Identifique os seus objetivos de vida e de carreira

Isso mesmo, a gestão de carreira começa com a avaliação honesta do que pretende para a sua vida, na globalidade: tempo livre, um salário alto, capacidade de conciliar o trabalho com a vida pessoal, a possibilidade de viajar… São múltiplos os dividendos que podemos retirar do trabalho, mas nem todos valorizamos as mesmas coisas.

O que é que valoriza mais e quais as empresas que podem proporcionar-lhe isso? Antes de responder a esta questão, não vale sequer a pena avançar para o passo número 2.

2. Analise o mercado

Se já sabe o que quer atingir na sua vida profissional, a fase seguinte é encontrar as empresas que têm potencial para lhe proporcionar o que deseja. Pesquise os setores de atividade que mais o atraem, e dentro dos mesmos, as empresas de grande, média ou pequena dimensão com que mais se identifique.

Compreenda que funções nelas pode desempenhar e saiba explicar porque é que é uma mais-valia para as mesmas! Para fazer pesquisa, pode usar as ferramentas tradicionais, como o LinkedIn; mas recomendamos, também, que faça uso da sua rede de contactos.

progredir na carreira

3. Crie o seu CV

Ferramenta de apresentação profissional indispensável na maioria dos processos de recrutamento e seleção, o currículo quer-se, hoje, no formato “one page”, sucinto, objetivo e direcionado para cada candidatura que envia. Isso mesmo: vai ter que personalizar o currículo para cada empresa! A quantas mensagens padrão é que você costuma dar resposta? As empresas também não respondem a candidaturas standardizadas. São as regras do jogo se quer mesmo que lhe respondam!

4. Prepare-se para entrevistas

Diríamos mais: vá a entrevistas. Candidate-se apenas para ter a oportunidade de praticar as entrevistas de emprego; assim, quando aparecer a entrevista que realmente lhe importa, estará melhor preparado para se sair bem.

Preparar entrevistas tem muito que se lhe diga: implica conhecer a fundo a empresa, ter boa noção de quem é a concorrência, descobrir previamente o nome do seu entrevistador e adicioná-lo no LinkedIn, refletir sobre as perguntas que lhe podem fazer e sobre as respostas que gostava de dar. E passa, também, por cuidar da sua aparência e torná-la o mais aproximada possível do dress-code da empresa. Como é que se descobre qual o dress-code da empresa? Faz-se uma visita na véspera e observa-se, pois claro!

5. Faça follow-up e networking

Depois da entrevista, não deixe que a empresa se esqueça de si; envie um email ou carta de agradecimento pelo tempo que lhe foi concedido.

Mantenha ativa a sua rede de contactos, mesmo depois de encontrar uma oportunidade profissional, e esteja no local certo à hora certa para poder apresentar-se a pessoas-chave para o seu desenvolvimento profissional.

Gestão de carreira com empresas especializadas

Os processos de gestão de carreira significativos e desenvolvidos por profissionais da área geralmente demoram cerca de 6 meses, mas têm resultados muito interessantes comparativamente à “auto-gestão de carreira”. Existem atualmente empresas no mercado que disponibilizam estes serviços – coaching profissional – que deve ver como uma aposta no futuro e um investimento em si, na sua qualidade de vida e no seu bem-estar!

Veja também: