AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Os 10 melhores empregos para quem gosta de viajar

Sim, é possível. Se ficou interessado, conheça os melhores empregos para quem gosta de viajar.

Os 10 melhores empregos para quem gosta de viajar
Trabalhar ou viajar… então e se lhe dissermos que pode juntar o melhor de dois mundos?

Alguma vez pensou passar a vida a viajar em trabalho? Algo ao estilo de George Clooney no filme “Up in the Air” (título em português: “Nas Nuvens”). E quem disse que não o pode fazer? A verdade é que existem inúmeras ofertas de emprego que requerem disponibilidade para viajar e uma dessas oportunidades pode ser para si. Para não perder mais tempo, damos-lhe a conhecer alguns dos melhores empregos para quem gosta de viajar.
 

De viagem marcada

Fazer uma pausa no trabalho para vaguear pelo mundo soa bem, mas ser pago para viajar é ainda melhor. E se está a pensar: afinal quais são os melhores empregos para quem gosta de viajar? Descanse, a lista aparece já a seguir.
 

1. Guia turístico

Esta é uma das opções de carreira mais óbvias para quem gosta de viajar. Afinal de contas, de que outra forma pode passar os dias a explorar algumas das cidades mais mediáticas – como Atenas, Londres, Roma, Paris, Nova Iorque ou Barcelona, por exemplo – e a visitar os mais emblemáticos monumentos do mundo seja o Taj Mahal ou a Torre Eiffel? E melhor, ainda é pago para o fazer. Todos os pontos turísticos atraem todos os anos milhares de visitantes, sedentos de informação. E as agências de viagens – ou os próprios pontos turísticos, cidades ou monumentos – cada vez mais querem oferecer a melhor experiência aos seus clientes ou visitantes e, para isso, o recrutamento de novos guias é frequente. A ideia é dar a conhecer a cidade a quem a visita, como tal, para ser guia turístico, vai precisar de ter bons conhecimentos linguísticos e – obviamente – da cidade, da história local e dos monumentos.
 

2. Comissário (ou assistente) de bordo

É impossível falar nos melhores empregos para quem gosta de viajar e não referir os comissários/assistentes de bordo. Não só é uma das opções mais óbvias, mas também uma das mais acessíveis. Além de não exigir formação superior específica, as sessões de recrutamento para as mais diversas companhias aéreas são muito frequentes. Os comissários de bordo têm como função garantir a segurança e o conforto dos passageiros. Nem sempre é fácil, já que pressupõe longas horas de trabalho ou passageiros difíceis. Mas ainda assim, vai possibilitar-lhe conhecer o mundo. Isto sem falar em possíveis vantagens adicionais, como descontos em voos e hotéis para si e para a sua família.
 

3. Piloto de aviões

Uma leva à outra. Porque os voos não se fazem só de passageiros ou assistentes de bordo, há que referir os pilotos. Uma das principais diferenças em relação à profissão anterior reside na formação exigida, o Curso de Piloto Comercial.
 

4. Intérprete ou tradutor

O primeiro (e grande) requisito é ter formação em línguas. Seja para fazer traduções de documentos, livros, filmes ou traduções simultâneas em eventos ou reuniões que requeiram uma mediação linguística. As opções são muitas.
 

5. Jornalista correspondente, fotógrafo ou operador de câmara

O mundo globalizado exige uma atualização da informação constante. É aqui que entram os jornalistas, fotógrafos e operadores de câmara, que são enviados para os mais variados pontos do mundo para cobrir uma história ou relatar em direto os acontecimentos de destaque a nível mundial. Mas há mais. Nesta categoria, cada vez mais, ganham terreno os freelancers, disponíveis para viajarem para qualquer lugar e com a possibilidade de trabalhar áreas tão distintas como, política ou moda, por exemplo.
 

6. Au pair 

Se gosta de trabalhar com crianças e tem bons conhecimentos de uma ou mais línguas estrangeiras esta pode ser uma boa opção para si. O(a) au pair (em francês significa "a par" ou "igual") vai, através de um programa de intercâmbio (mais para jovens), viver com uma família no país de destino, onde vai cuidar das crianças. No fundo é uma espécie de babysitter a tempo inteiro. Além de ter direito a habitação e alimentação, é-lhe ainda atribuído um salário. No entanto, o au pair é mais do que um funcionário. A ideia é que integre o dia-a-dia da família e a cultura do país.
 

7. Tripulante de cruzeiros

Agrada-lhe a ideia de passar os seus dias em alto mar a viajar pelo mundo? Se sim, comece já a procurar as oportunidades de emprego em cruzeiros. As ofertas são muitas e variadas. Só tem que escolher.
 

8. Auditor ou consultor

Um examina as atividades de uma empresa; o outro dá “aconselhamento” em áreas específicas. Mas ambos podem ter a oportunidade de viajar pelo mundo, caso trabalhem para algumas das principais empresas mundiais de consultoria.
 

9. Agente de viagens

Não, um agente de viagens não passa o dia em frente ao computador a pesquisar informações sobre preços de hotéis ou viagens. Ok, também, mas não só. Basta pensar que para uma agência de viagens poder disponibilizar as melhores ofertas aos seus clientes, alguém tem que negociar com companhias aéreas, hotéis, promotores de atividades lúdicas ou guias turísticos. E para tal, nada melhor que enviar um colaborador ao local. Essa é também parte das funções de um agente de viagens, que em trabalho tem a oportunidade de conhecer tanto os lugares mais cosmopolitas como os mais exóticos.
 

10. Oceanógrafo, geólogo ou arqueólogo

Falamos de profissionais formados em áreas muito específicas e muito focados na investigação em cada um dos seus campos de ação. Essa pesquisa não se limita à sua cidade ou país. Por isso, é habitual vê-los partir mundo fora em busca de conhecimento.
 

Próxima paragem: mundo!

Pode deixar de lado a ideia de largar tudo e correr o mundo, porque pode viajar enquanto trabalha. A sua carreira pode estar numa das oportunidades listadas. Agora que conhece alguns dos melhores empregos para quem gosta de viajar, escolha o seu.
 
Veja também: