Publicidade:

Saiba quanto custa a faculdade de medicina

Veja tudo o que deve ter em atenção para saber quanto custa a faculdade de medicina e confira as nossas dicas para ajudar nas contas.

Saiba quanto custa a faculdade de medicina
Respire fundo… e faça as contas!

Para os alunos que pretendem ingressar num curso superior de medicina, assim como para a sua família, é importante saber que este pode ser um curso dispendioso. Saiba quanto custa a faculdade de medicina.

Estudar medicina é o sonho de muitos jovens, mas requer bastante esforço e estudo pelo menos desde o início do ensino secundário. É essencial obter uma excelente média na avaliação das disciplinas e exames necessários para concorrer a uma das faculdades de medicina portuguesas. Ter uma média alta, geralmente acima dos 18 valores, pode não ser suficiente para ingressar na universidade pretendida, porque existem os numerus clausus, ou seja, por ano abre um número limitado de vagas.

Para os candidatos, é importante saber onde estudar em Portugal para ser médico e quanto custa a faculdade de medicina. Depois, é só estudar muito e, quem sabe, teremos novos médicos(as) na família.

6 aspetos a considerar para saber quanto custa a faculdade de medicina

Talvez devêssemos começar por pensar em quanto custa estudar no ensino superior, isto porque há, realmente, necessidades que são comuns a todos os cursos e universidades.

1. Propinas

Pretende estudar numa universidade pública ou privada? Nas universidades públicas, no próximo ano letivo, a propina máxima será de 1063 euros anuais. Quatro universidades – Aveiro, Coimbra, Lisboa e Nova de Lisboa – cobraram, em 2016/17, a verba máxima permitida.

A Universidade do Porto não vai aumentar os custos da frequência das suas licenciaturas, que continuam a custar 999 euros anuais. Os mestrados e doutoramentos mantêm-se também nos 1250 e 2750 euros anuais, respetivamente.

2. Alojamento

Vai necessitar de alojamento? Necessitando de alojamento, pode optar pela partilha de quarto ou casa. Os valores dependerão, claro, da localização geográfica e das condições da habitação, mas se pensar em cidades como Lisboa, Porto, Braga, Aveiro, encontrará valores para quartos e/ou partilhas de apartamentos entre os 100 e os 300 euros mensais. Aos quais pode acrescer os pagamentos de água, luz, gás, entre outros.

3. Alimentação

Vai almoçar em casa, cantina ou noutro local? Se puder almoçar em casa ou optar por levar refeições de casa, bem como se almoçar nas cantinas das universidades públicas, conseguirá poupar algum dinheiro comparativamente com almoçar e lanchar fora todos os dias.

4. Transportes

Público? Ou carro próprio? Comprar um passe para transportes públicos poderá ser uma boa opção. Uma vez mais, esta decisão depende da distância a percorrer e da localização geográfica.

5. Material de apoio (computador, livros e outros materiais)

Converse com quem está a frequentar o mesmo curso e tente obter um valor mensal ou anual para a aquisição do material essencial para o curso de medicina. Uma boa dica será a aquisição de livros, manuais e fotocópias usados, bem como a utilização dos suportes digitais e bibliotecas universitárias.

6. Outras despesas

Telemóvel e internet, por exemplo.

Especificidades do curso de medicina

estudante de medicina

A par dos 6 itens apontados, deverá ainda ter em atenção que, depois do Tratado de Bolonha, o curso de medicina em Portugal passou a ser um mestrado integrado com duração de 6 anos.

Um estudo recente da investigadora Luísa Cerdeira, do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, refere que entre propinas, livros, alimentação, transportes, despesas pessoais ou de saúde, o custo de estudar no ensino superior ronda, em média, os 6500 euros por ano.

Mas, claro, como referimos acima, os custos variam de acordo com a natureza da instituição que se frequenta (pública ou privada), do facto de se ter ido estudar para uma cidade diferente e da localização do estabelecimento.

A autora do estudo acrescenta que um aluno do ensino público, que vive no litoral do país e em casa dos pais, poderá gastar cerca de 4322 euros por ano; que no caso dos jovens do ensino público, no litoral e a viver em casa ou quarto alugado, as despesas podem ascender a quase 7 mil euros por ano. Por fim, o grupo de estudantes do ensino privado, do litoral e a morar com os pais, podem ter uma fatura anual a rondar os 8400 euros.

Por isso, analise a sua situação, veja em qual dos cenários se integra e poderá fazer umas contas mais afinadas para saber quanto custa a faculdade de medicina.

Onde estudar medicina em Portugal?

A ordem dos médicos refere as 7 seguintes faculdades:

As Universidades da Madeira e dos Açores têm medicina sem mestrado integrado, por isso para concluir o curso os alunos terão de o continuar, por exemplo, nas universidades de Lisboa ou Coimbra.

Veja também: