AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Tédio no trabalho: como evitar?

Ao contrário do que possa pensar o tédio no trabalho pode afetar (gravemente) o seu desempenho. Para evitar que isso aconteça, conheça as nossas dicas. 
 

Tédio no trabalho: como evitar?
Até o mais emocionante dos trabalhos pode tornar-se um tanto ao quanto entediante ao fim de algum tempo.

Tédio no trabalho. Muitos dirão que não têm sequer tempo para se sentirem entediados, mas outros saberão certamente do que falamos. E desengane-se se pensa que sentir-se entediado no trabalho é sinónimo de preguiça ou falta de trabalho, porque não é! Muitas das vezes o problema é mais grave e as consequências não tardam a fazer sentir-se. Para impedir que entre numa espiral de tédio o melhor é “tomar já as rédeas da situação” e tratar de reverter (ou evitar) a situação.

 

4 Dicas para evitar o tédio no trabalho

Tarefas repetitivas, falta de desafios, desmotivação ou picos de trabalho podem ser apenas algumas das causas para se sentir entediado no trabalho. Mas ao contrário do que possa pensar esse tédio afeta diretamente o seu trabalho. Além de impedir que se concentre e se mantenha focado, põe em causa o seu desempenho e afeta a sua produtividade. No entanto, em muitos casos, soluções práticas e (relativamente) simples podem fazer toda a diferença e ajudá-lo a superar a situação (ou pelo menos a manter os olhos abertos durante o horário de expediente).
 

1. Faça uma To-Do-List

Ou melhor dizendo (em português) uma lista de tarefas diárias. Esta “agenda” deve ser cumprida ao longo do dia de trabalho e vai ajudá-lo a ter uma ideia clara das suas responsabilidades, bem como do tempo que necessita e que tem disponível para as cumprir. Acredite que o tempo vai passar bem mais rápido (aliás, nem vai dar por ele a passar) se estiver ocupado. Se souber o que tem para fazer e seguir a “ordem de trabalhos” tudo fica mais fácil.

 

2. Altere a sua rotina

Se a rotina está na origem do seu tédio, que tal baralha-la um pouco? Analise as suas tarefas e as suas responsabilidades e pense numa forma de “abanar as coisas”, de forma a quebrar a rotina e força-lo a manter-se “acordado”. Por exemplo, altere a ordem das tarefas mais frequentes (ou os métodos de trabalho) ou mude os horários das suas pausas. Pode parecer pouco, mas vai fazer diferença.

 

3. Procure novas tarefas

Se acha que não tem trabalho suficiente para ocupar todas as horas de trabalho ou que as suas competências pode ser usadas noutra posição ou área, porque não procurar algo para acabar de vez com esse tédio? Fale com o seu supervisor, aborde a sua situação e peça novas tarefas. Ou então pode simplesmente voluntariar-se para “dar uma mãozinha” noutro departamento/área e mostrar que tem mais para dar. Se o fizer ainda se destaca, devido às suas capacidades para trabalhar em equipa, a sua flexibilidade e até criatividade.

 

4. Busque novos desafios

Nada melhor que um bom desafio para se manter motivado no trabalho. Por isso, se o seu trabalho já não o motiva está na hora de sair da sua zona de conforto e procurar novas oportunidades. Seja um novo emprego, uma mudança de carreira ou uma promoção, por exemplo. Enquanto procura estes novos desafios não vai ter tempo para se sentir entediado.
 

Mantenha-se ativo!

Já diz o ditado “parar é morrer” e neste caso seria de tédio. Ninguém lhe garante que com estas dicas vá "aniquilar" de vez o tédio, mas certamente vai ajudar a mantê-lo ativo e empenhado no seu trabalho.


Veja também: