7 tradições de Natal portuguesas a não perder

Nada como as tradições de Natal portuguesas para abrilhantar a época natalícia. Conheça a nossa seleção com o top 7 e renda-se aos costumes.

7 tradições de Natal portuguesas a não perder
Para conhecer e replicar

Fazer o presépio, comer as típicas rabanadas, deixar a meia na chaminé ou trocar prendas ao som das 12 badaladas são algumas das tradições de Natal portuguesas que mais caracterizam esta quadra com tanto significado.

7 tradições de Natal portuguesas que deve conhecer


Presépio de Natal

O Presépio de Natal é uma das principais tradições de Natal portuguesas, sobretudo se a pessoa for de religião católica e cristã. No dia em que se monta a árvore de Natal (que pode variar geralmente entre o dia 1 e 8 de dezembro, por tradição), coloca-se também o Presépio de Natal, que não é nada mais nada menos do que uma representação do nascimento de Jesus Cristo. A

lguns mais completos do que outros (com ou sem animais, com ou sem Reis Magos), os elementos que não podem mesmo faltar são o Menino Jesus, Maria, José e o anjo por trás das palhinhas a proteger o Messias.

Sapato debaixo da árvore de Natal ou meias na chaminé

Deixar um sapatinho de cada um dos membros da família debaixo da árvore de Natal ou uma meia personalizada na chaminé ou outro local da casa onde se trocam as prendas é outra das tradições de Natal portuguesas a não perder. Afinal, elas simbolizam a época de prosperidade e de partilha, daí se colocar uma prendinha dentro de cada um deles.

presente

Aí vem o Pai Natal!

Muitas famílias em Portugal perpetuam uma tradição que consiste em, na altura da troca de prendas, um dos elementos se escapar à socapa de cena e vestir-se de Pai Natal para distribuir os presentes. Esta dinâmica faz o delírio da pequenada, que acredita verdadeiramente que é o Pai Natal a distribuir as prendas, e é uma satisfação para os mais velhos ao ver os olhinhos dos mais novos a brilhar de magia.

Ceia de Natal

Se há refeição em que as famílias capricham é na Ceia de Natal, também conhecida como Consoada. E sendo uma das tradições de Natal portuguesas com mais fôlego, há elementos que não podem faltar: o bacalhau cozido numas partes do país, o polvo noutras, e noutras também o cabrito. Quando a sobremesas, as indispensáveis são mesmo a aletria, leite creme, sonhos, rabanadas, bolo rei e pão de ló. Com fome?

ceia

Missa do Galo

A Missa do Galo acontece à meia noite de 24 para 25 de dezembro e é aqui que se celebra o nascimento de Jesus Cristo. Ainda praticada por muitas igrejas e paróquias do país, esta é uma das tradições de Natal portuguesas ainda existentes e com bastantes pessoas a aderir, graúdos e miúdos também.

Noite de jogos tradicionais

E os jogos tradicionais também não costumam ficar de fora na lista das tradições de Natal portuguesas. Por norma, entre o final da Consoada e a hora da troca de presentes, existe um hiato de tempo que é preenchido de várias formas, sendo uma delas os jogos tradicionais: este é o dia de ir ao baú e tirar o monopólio, bingo e outros jogos de tabuleiro de grupo para umas boas horas de diversão e muitas gargalhadas.

jogos

Trocar presentes ao toque da meia noite

Finalmente, uma das tradições de Natal portuguesas prende-se com o momento da troca de presentes. Ao contrário da cultura americana, a maior parte dos portugueses começa a trocar os presentes de Natal ao som das doze badaladas de dia 24 de dezembro. Este ritual prolonga-se até bem tarde, pelo que o almoço de dia 25 é também já um pouco tardio. Boas tradições e bom Natal!

Veja também: