Atenção ao vírus da gripe deste Inverno!

Este é o mês em que a gripe atinge o pico epidémico. Este ano, e de acordo com a DGS, o vírus está ainda mais agressivo, sobretudo para os grupos de risco. Previna-se!

Atenção ao vírus da gripe deste Inverno!
Sub-tipo A da estirpe H3N2 é preocupante para os mais idosos

Todos os invernos morrem mais de 2 mil portugueses com gripe e mais de 1 milhão sofre com gripe todos os anos. O Instituto Nacional de Saúde já alertou para o início do surto, num momento em que as urgências começam a ficar caóticas com o aumento do número de casos.
 
Numa entrevista à SIC Notícias, Francisco George, Diretor Geral da Saúde, afirmou que, este ano, a estirpe da gripe - H3N2 - é perigosa e deve ser encarada como um assunto sério, alertando a população para a importância da vacinação. Rejeita, contudo, a ideia de uma epidemia sem controlo, mas admite que o número de casos vá aumentar nas próximas 2/3 semanas.
 
Sabia que a vacina é gratuita para os grupos de risco, nomeadamente para maiores de 65 anos? E que é possível ser administrada numa farmácia?
 

O que é a gripe?

Tal como a constipação, a gripe manifesta-se como uma infeção respiratória. Apesar de terem origem em vírus distintos, os sintomas são muito semelhantes.
 

Principais sintomas

Os principais sintomas são febre súbita, dores de garganta, dores no corpo, tosse seca, secreção nasal, sonolência e um mal-estar generalizado. Os sintomas desenvolvem-se no espaço de 18 horas a quatro dias depois do contacto com o vírus. Se a febre se prolongar por mais de 5 dias, contacte o seu médico.
 

Quais são os grupos de risco?

Grávidas, pessoas com doenças crónicas (diabetes, doenças pulmonares, renais, entre outros) pessoas imuno-deprimidas, com asma, profissionais de saúde, idosos, obesos - sobretudo com um índice de massa corporal superior a 40 – são as mais susceptíveis de contrair o vírus. Tenha particular atenção às crianças.
 

Principais cuidados a ter 

1. Vacine-se;
 
2. Evite, na medida do possível, locais onde existam grandes concentrações de pessoas;
 
3. Lave as mãos com muita regularidade;
 
4. Nas pessoas consideradas saudáveis, febre, dores de garganta e tosse, por exemplo, são sinais sistémicos que não são considerados graves. Três dias de cama, por norma, são os necessários para melhorar o seu estado de saúde;
 
5. Antes de se dirigir às urgências dos hospitais, procure aconselhar-se junto da Saúde 24, ligando para o número 808242424. Por norma, apenas se tiver febre alta ou durante mais de 5 dias e mostrar sinais de sonolência é que se deve dirigir a um hospital;
 
6. Se já estiver com gripe, fique em casa. Para se assoar use lenços de papel descartáveis e apenas uma vez;
 
7. Reforce o seu plano vitamínico.

Veja também: