8 Alimentos que não sabia que podia congelar

Oito alimentos que não sabia que podia congelar e que vão passar a ter um lugar reservado no seu congelador.

8 Alimentos que não sabia que podia congelar
Não desperdice, congele!

Congelar é uma das formas mais simples e eficientes de preservar os alimentos e simplificar as rotinas diárias. No entanto, será que tudo pode ser congelado? Há, pelo menos, oito alimentos que não sabia que podia congelar que vai fazer a diferença na sua cozinha. Antes de começar a congelar espreite estas dicas porque há alguns cuidados que deve ter. 
 

8 Alimentos que vai passar a congelar

 

1. Ovos (claras e gemas)

Acabou de aproveitar uma promoção e trouxe dúzias de ovos para casa ou, depois de uma receita sobram-lhe imensas gemas ou claras e não sabe o que lhes fazer? Congele. É verdade, ambas podem ser congeladas. 

Coloque-as  as gemas num recipiente, junte uma colher de chá de açúcar ou de sal (dependendo se vai usar para doces ou salgados), cubra com um pedaço de papel vegetal e outro de película aderente, cortados à medida do recipiente, e feche com a tampa. No caso das claras, basta colocar num recipiente, cobrir com um pedaço de película aderente e fechar com a tampa. Para usar, deixe a descongelar no frigorífico durante a noite e estão perfeitas. 

 

2. Chantilly

Quantas vezes lhe sobrou chantilly? Por aqui foram imensas! A verdade é que o chantilly congela muito bem. Basta colocar colheradas na quantidade que entender, como se fossem suspiros, num tabuleiro forrado com papel vegetal, isolar com um película aderente e levar ao congelador até solidificar. Depois, guarde no congelador dentro de um saco de congelação. Pode usar num chocolate quente ou como guarnição de uma sobremesa (neste caso, bastam 20 minutos para estar pronto).

 

3. Alho

O alho, seja picado ou inteiro, congela muito bem se colocado num recipiente com azeite para prevenir complicações como botulismo. É também a melhor forma para preservar o sabor do alho. Pode fazer um puré, triturando 1 parte de alho e duas de azeite, ou apenas mergulhando dentes de alho em azeite. Deve ser usado imediatamente depois de sair do congelador.

 

4. Panquecas

Hoje em dia as panquecas também são um dos pequenos-almoços ou lanches preferidos dos portugueses. Acabamos por usar sempre a mesma receita, sem adaptar a quantidade à ocasião e depois sobra imensa massa ou panquecas que vão para o lixo. Isso era dantes! Basta colocar papel vegetal entre cada uma, embrulhar a pilha em papel de alumínio e levar a congelar dentro de um saco apropriado. Ficam ótimas durante dois meses e estão prontas a comer.

 

5. Limão

O limão é essencial numa cozinha, seja para temperar a comida, nas sobremesas ou para juntar uma rodela ao gin ou ao chá. Mas depois de partido, o que fazer ao que sobra? Se o limão apanhar ar, oxida e é perigoso. Congelar é a solução. Retire as sementes, parta em fatias, coloque papel vegetal entre cada uma e congele. Também pode congelar o sumo e as raspas.

 

6. Cebolas

Simplifique o seu dia a dia ao congelar a cebola já descascada e picada, pronta a usar no seu próximo refogado. Basta picar na quantidade e tamanho que precisar, colocar num saco de congelação e está pronto a usar sempre que precisar.

 

7. Abacates

Coloque o abacate no liquidificador, adicione uma colher de sopa de sumo limão por cada abacate para evitar a oxidação e armazene no congelador. Pode usar esse puré no seu próximo guacamole, batido de fruta ou molho.

 

8. Cogumelos

Pode congelar os seus cogumelos frescos preferidos, independentemente da qualidade (paris, portobello, etc.) Parta-os na forma que preferir, coloque-os numa tabuleiro, isole com película aderente e leve a congelar. Quando estiverem congelados, passe-os para um saco de congelação. Também pode congelar cogumelos cozinhados, basta que os deixe arrefecer à temperatura ambiente e os disponha em sacos por camadas. Tenha cuidado porque depois de congelados, partem com facilidade.


Veja também: