6 coisas que não deve fazer à sua pele este verão

A pele deve ser sempre bem tratada, mas a estação quente obriga a cuidados especiais. Saiba o que não deve fazer à sua pele este verão.

6 coisas que não deve fazer à sua pele este verão
O verão requer cuidados especiais com a pele

A pele é o maior órgão do corpo humano e, como tal, deve ser muito bem tratada. Na época em que o sol brilha mais forte e passamos dias inteiros na praia e na piscina, é importante ter alguns cuidados extra. Tenha atenção às coisas que não deve fazer à sua pele este verão!

Lembre-se que há inúmeros agentes nocivos, como os microorganismos, substâncias químicas, agressões mecânicas, condições climatéricas extremas, raios solares, entre outros.

A pele deve ser continuamente cuidada, o que começa com uma adequada higiene regular. Sabemos que uma pele desprotegida é mais sensível às doenças e a um envelhecimento prematuro.

Para lá da higiene diária, hidratação, proteção solar, etc., é fundamental o conhecimento do nosso tipo de pele: oleosa, seca, normal ou mista, bem como saber se a pele é sensível, porque a sensibilidade pode afetar todos os tipos de pele, assim como a desidratação.

Para além da alimentação equilibrada e dos hábitos saudáveis, devemos saber também o que não fazer para evitar prejudicar a saúde da pele.

O que não deve fazer à sua pele este verão

1. Duches muito quentes

De acordo com especialistas, tomar banhos demasiado quentes pode comprometer a saúde da pele. A água deve estar morna para evitar que a pele fique excessivamente irritada ou seca. Por outro lado, o sabonete ou o gel/ creme de banho a utilizar deve ser não abrasivo para não tirar o óleo natural que a pele tem.

duches quentes

2. Esfoliação excessiva

Ao fazermos demasiadas esfoliações corremos o risco de agredir a pele do rosto. Os especialistas dizem que o esfoliante pode levar à descoloração, especialmente, em peles escuras. Embora dependa muito do nosso tipo de pele e não seja consensual, alguns recomendam o uso de um esfoliante suave uma vez por semana, se não houver alergia, vermelhidão ou sensibilidade.

3. Sair de casa sem protetor solar

Já todos sabemos isto, mas quantos de nós o fazemos? No verão, sobretudo na praia, devemos usar chapéu e procurar estar à sombra, mas usar um protetor solar de alta eficácia é obrigatório! Até no inverno é necessário colocá-lo, pois a radiação solar existe, apenas não se vê.

O cuidado com a exposição solar é fundamental especialmente quem toma pílulas anticoncepcionais orais, porque o “conjunto” pode ser prejudicial para a pele.

protetor solar

4. Comer alimentos com índice glicémico elevado

São tão bons, mas pouco saudáveis. Pães, massas e doces devem ser afastados da nossa alimentação habitual, se queremos ter uma pele bonita e jovem. Os especialistas dizem: se não é bom para o coração, não é bom para a pele. É preciso comer de tudo com moderação e nas horas certas.

5. Uso incorreto de produtos anti-envelhecimento

Condições pré-existentes de acne ou eczema, assim como o velho hábito de espremer espinhas podem deixar manchas escuras na pele.

Segundo os mesmos especialistas, os derivados de vitamina A, que ajudam a aumentar a produção de colagénio (proteína fundamental na estrutura da pele) ou que diminuem a sua perda, podem ser particularmente irritantes para a pele das pessoas de cor.

Para usar qualquer tipo de creme ou gel, deve ser sempre consultado o dermatologista, a fim de identificar qual é o melhor para o nosso caso.

6. Não tirar a maquilhagem à noite

maquilhagem noite

É um erro que a maioria de nós comete. Chegamos cansadas, exaustas e o que apetece mesmo ao fim do dia é ir para a cama. Mas não pode ser! Desmaquilhar sempre!

Se juntarmos a tudo isto stress, tabaco, alterações hormonais e poluição, temos a combinação perfeita para atrasar o processo de renovação celular.

Lembre-se do que não deve fazer à sua pele este verão e não se esqueça de beber muita água. Beber água é fundamental para o bom funcionamento de todo o organismo, incluindo a pele.

Veja também: