Fibromialgia: sintomas e tratamento

A fibromialgia atinge entre 2% e 8% da população e é uma doença crónica silenciosa. Conheça os seus sintomas e formas de tratamento.

Fibromialgia: sintomas e tratamento
Uma doença ainda sem tratamento eficaz conhecido

Apesar de existirem descrições da fibromialgia desde o séc. XIX, a Organização Mundial da Saúde apenas a reconheceu como tal na década de 70. Esta doença caracteriza-se por dores difusas, espalhadas um pouco por todo o corpo, sem motivo aparente e muitas vezes acompanhadas de fadiga, alterações do sono e distúrbios emocionais.

Quase 90% dos casos surgem no sexo feminino, sensivelmente entre os 30 e os 50 anos. A fibromialgia tolda a pessoa que vive com a mesma e é necessário um grande acompanhamento e compreensão por parte das pessoas que a rodeiam.

Fibromialgia: sintomas

O maior sintoma da fibromialgia é, precisamente, a dor. Uma dor generalizada por todo o corpo e sem que haja um motivo para isso (por exemplo, exercício físico intenso). Esta dor pode ocorrer na forma de espasmos ou de sensação de queimadura. Além desta, existe outra sintomatologia associada:

  • Formigueiro nos membros;
  • Fadiga generalizada;
  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Perda de energia para efetuar tarefas do dia-a-dia;
  • Rigidez muscular;
  • Inchaço de algumas partes do corpo;
  • Problemas gástricos;
  • Cólon irritável;
  • Perturbações do sono;
  • Baixos níveis de serotonina;
  • Altos níveis de proteína.

Fibromialgia: diagnóstico

Como não existe nenhum exame “standard” que possa confirmar ou não a existência de fibromialgia, usualmente é utilizado um critério de diagnóstico que se baseia na observação de 18 pontos distribuídos pelo corpo. Se em pelo menos 12 destes se observar dor, provavelmente trata-se de fibromialgia.

Adicionalmente, existem outros critérios para confirmar o diagnóstico:

  • Dor generalizada pelo corpo, sem motivo aparente, por um tempo superior a 3 meses;
  • Pelo menos dois dos seguintes sintomas:
    • Cansaço generalizado;
    • Perturbações do sono;
    • Alterações emocionais.

Fibromialgia: tratamento

A fibromialgia é uma doença crónica e ainda não é conhecido um tratamento efetivo que erradique a doença. É possível, contudo, recorrer a medicação que auxilie a minorar a dor sentida pelo corpo.

É necessário ter em atenção que a fibromialgia não é uma doença que se limita às dores no corpo: o psicológico pode também ser afetado. Daí que seja muito importante um bom apoio familiar e médico.

Se não for levado a cabo o tratamento, a tendência é para que o paciente piore, pelo que é fundamental um acompanhamento regular. Uma mistura de medicação com fisioterapia, psicoterapia, exercício físico e tratamento psiquiátrico são, geralmente, as ferramentas indicadas para lidar com a fibromialgia.

Veja também: