8 hábitos saudáveis que se podem tornar maus quando em exagero

Demasiado de algo bom, estraga-o. Estas atividades são exemplo disso. Perceba como é fácil entrarmos em exagero naquilo que achamos que nos faz bem.

8 hábitos saudáveis que se podem tornar maus quando em exagero
Moderação e equilíbrio são as palavras-chave

“Tudo o que é demais é moléstia”. De certeza que já ouviu esta expressão várias vezes. Por vezes, temos tendência a exagerar em atividades que são consideradas benéficas para o nosso corpo e/ou mente. O exagero nunca tem resultados positivos.

Não há nada como um equilíbrio natural das várias rotinas que levamos a cabo diariamente. Tome nota das nossas sugestões.

8 hábitos saudáveis que se podem tornar maus quando em exagero

1. Exercício físico

exercicio

Sim, o exercício físico é uma atividade que devia ser praticada por todos. Mas em quantidades equilibradas e com acompanhamento. É muito fácil cair no exagero, quando vemos transformações corporais que queríamos atingir há alguma tempo.

Contudo, quando se quer dar aquele passo extra sem ajuda profissional ou quando se exagera nas horas no ginásio, podem acontecer lesões como roturas de ligamento, pioria da condição cardíaca, cansaço físico extremo. Sobretudo quando a alimentação ou o tempo de descanso não acompanham a prática de exercício.

2. Dormir

dormir

Pode parecer uma contradição relativamente ao ponto anterior, mas dormir em exagero não faz bem ao corpo, nem à mente. As 8 horas de sono diário para um adulto são necessárias. Está provado cientificamente que mais do que essas 8 horas pode provocar problemas de concentração, aumento de peso e consequente aumento do nível de açúcar no sangue e problemas cardiovasculares. Psicologicamente, pode não sentir motivação se só se levanta depois de pressionar o snooze 10 vezes.

3. Antibióticos

pills

Não deve tomar antibióticos mais do que uma vez por ano. Claro que os antibióticos matam as bactérias que causam infeções e doenças, mas é muito comum recebermos a receita para o antibiótico do nosso médico, simplesmente porque é mais fácil e rápido. Quantos mais antibióticos no organismo, mais resistentes as bactérias se tornam. Tente combater problemas de saúde mais comuns de outra maneira.

4. Sexo

sex

Outro exemplo de como algo tão bom se pode tornar tão mau. Tentar resolver a ansiedade ou problemas pessoais ou até nas relações com namorados/as e esposos/as num simples escape sexual, pode não ser a resposta. Apetite sexual voraz que leva o indivíduo a agir baseado nesse tipo de sentimentos afeta a relação com os outros e com nós mesmos. Não tenha medo de procurar ajuda.

5. Higiene pessoal

hands

Claro que hábitos de higiene pessoal são essenciais para a vida em sociedade. Mas, por vezes, caímos em exagero, por várias razões. Por exemplo, lavar as mãos constantemente, por qualquer mínimo contacto com alguém ou alguma superfície, pode danificar as defesas naturais da pele. Este facto leva a que haja maior probabilidade de germes realmente afetarem o corpo.

Outro aspeto é o lado mais mental envolvido: por vezes, comportamentos obsessivo-compulsivos traduzem-se numa higiene exagerada. Na raíz, estão outras questões que podem ter a ver com traumas ou ansiedade.

6. Comida saudável

comida saudavel

Cair na moda da comida saudável tem uma lado extremamente positivo, mas exageros podem levar a um excesso de alguns nutrientes em detrimento de outros, igualmente essenciais. Além disso, exageros de “comida saudável” podem também levar a excesso de peso, colesterol, dificuldades em dormir. O equilíbrio é realmente a chave.

7. Água

agua

Sim, podemos exagerar na quantidade de água consumida ao longo do dia. A quantidade recomendada é de 2 litros por dia. Água a mais pode levar os rins a trabalharem demasiado e a baixarem demasiado os níveis de sódio no corpo. Isto leva a náuseas, fraqueza e cansaço.

8. Vitaminas e suplementos

vitamins

Podem ser ajudas preciosas, que ajudam a manter a família saudável e compensar algumas deficiências. Contudo, exagerar em vitaminas e suplementos pode terminar mal. Por exemplo, excesso de ferro causa náuseas e vómitos, excesso de vitamina C provoca dores de estômago e demasiada vitamina A pode prejudicar a visão. Mantenha a dose que lhe foi receitada.

Veja também:

Júlia Rocha Júlia Rocha

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto, sempre se deu bem com os livros, teclados de computador e canetas. A importância da palavra escrita num mundo tecnológico, aliada à história, ao cinema, literatura e televisão, são os seus maiores campos de interesse.