AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

A primeira entrevista de emprego: o que fazer?

Se está agora a iniciar-se no mundo laboral fique a conhecer algumas dicas para brilhar na sua primeira entrevista de emprego. 

A primeira entrevista de emprego: o que fazer?
O segredo está na preparação.

Comecemos pelo mais importante. Se quer ser bem-sucedido na sua primeira entrevista de emprego é bom que se prepare. Afinal de contas essa é a chave do sucesso em qualquer entrevista.

Para o ajudar aqui ficam algumas dicas para passar com distinção.


Dicas para o sucesso

A primeira entrevista de emprego é sempre stressante para todos os candidatos. Dúvidas sobre o que vestir, a que horas chegar, quais as questões mais frequentes, o que esperam os recrutadores de si ou como fintar os nervos são apenas algumas das coisas que lhe vão passar pela cabeça. Mas não desespere. É normal. E além disso conta connosco para lhe darmos algumas “luzes”.


1. Faça a sua pesquisa

É fundamental que se informe sobre a empresa para a qual vai ser entrevistado. Procure informações sobre a estrutura da empresa, a sua área de atividade, as principais pessoas que controlam a empresa e os projetos em desenvolvimento; bem como localização da mesma, o público-alvo, os produtos ou serviços que comercializam ou quais os principais concorrentes no mercado. Tudo pode ser útil e pode servir para se destacar durante a entrevista, já que vai poder mostrar que está informado e interessado na função. Além disso, pode ser uma ajuda para posicionar as suas mais-valias dentro da organização. Onde encontrar esta informação? Comece pelo website da empresa e a partir daí alargue a sua pesquisa a jornais, por exemplo. Assim vai poder saber se o que se diz sobre a empresa é positivo ou não.


2. Pratique

Peça ajuda aos seus amigos ou familiares e simule uma entrevista. Lembre-se que se esta é a sua primeira entrevista de emprego pode ser apanhado desprevenido com uma questão mais “traiçoeira” ou deixar os nervos tomarem conta de si. Mas um pouco de prática pode ajudá-lo a contornar estas situações. Faça uma pesquisa sobre os tipos de entrevistas de emprego mais comuns ou sobre as questões mais frequentes, como “fale-nos sobre si”, “quais são as suas qualidades e defeitos”, “onde se vê daqui a cinco anos” ou ainda “porque devemos contratá-lo”. Se estiver preparado - pelo menos - para o mais previsível, vai ver que o resto sai naturalmente.


3. Vista-se para o sucesso

A frase pode parecer cliché, mas a verdade é que tem um forte impacto na imagem que transmite aos seus recrutadores. É imperativo que se vista adequadamente para a entrevista de emprego (seja ela a primeira ou 20ª).


4. Chegue cedo

Cumpra a regra dos 15 minutos. Esta é uma das regras básicas que deve cumprir escrupulosamente. Além de evitar causar uma péssima imagem ao chegar mesmo em cima da hora ou (pior!) atrasado, ainda fica com algum tempo para se acalmar e se necessário verificar (e recompor) a sua imagem.


5. Leve cópias do seu Curriculum Vitae (CV)

Tenha consigo uma (ou várias) cópia(s) do seu CV. Assim, se necessário, pode disponibilizá-la aos seus entrevistadores e pode ter a certeza que vai contribuir para causar boa impressão junto deles. 


FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre emprego actualizada ao minuto.

6. Ouça com atenção as perguntas

Ou dito de outra forma: ouça primeiro, responda depois. É fundamental que escute com atenção as questões que lhe são colocadas e, em caso de dúvida, não se iniba de pedir para repetir ou clarificar a pergunta. Não se precipite. Uma resposta errada e as suas possibilidades de ser selecionado vão por “água abaixo”.


7. Atenção à sua linguagem corporal

Um gesto pode dizer mais que muitas palavras. Por esta razão é importante que esteja atento à sua linguagem corporal e à sua postura durante a entrevista.


8. Faça um follow-up da entrevista

Depois da entrevista ainda há trabalho para fazer. É o chamado follow-up da entrevista de emprego, onde além de agradecer o tempo e a oportunidade que lhe foram concedidos, ainda vai poder saber qual o ponto de situação do processo de recrutamento e, pelo caminho, vai mostrar interesse.


Com a prática vem a experiência

E é bem verdade. A primeira é a pior de todas, mas a partir daí é sempre a melhorar. Até porque vai aprendendo com os seus erros e melhorando a sua prestação.


Veja também: