15 segredos que os enfermeiros gostariam de lhe contar, mas não podem

Os enfermeiros são verdadeiros especialistas sobre o que se passa nos hospitais. Há várias dicas que gostariam de lhe dar. Saiba mais neste artigo.

15 segredos que os enfermeiros gostariam de lhe contar, mas não podem
Descubra que os enfermeiros podem fazer mais por si do que pensa

Há uma série de coisas que os enfermeiros não lhe podem dizer em voz alta, pois estariam, em alguns casos, a colocar os seus empregos em cheque. Várias delas são úteis ao paciente e portanto, muitas vezes, estes profissionais de saúde tentam mostrá-lo de forma indireta.

A revista Readers Digest recolheu depoimentos de vários profissionais de saúde e fez uma listagem de coisas que os enfermeiros gostariam que os pacientes soubessem. Neste artigo, vamos dar-lhe a conhecer algumas delas.

O que os enfermeiros gostariam de nos dizer

1. Que não está a ser tratado pelo melhor médico

medico

Estes profissionais de saúde conseguem perceber se o médico está a ser competente ou se está a cometer erros. Não podem dizer-lhe que não gostam do médico, que não confiam nele ou que ele não sabe o que está a fazer, mas podem aconselhá-lo a pedir uma segunda opinião, pois acreditam que haja outras opções se consultar outro especialista.

2. Que foi uma burrice não ter aparecido mais cedo no hospital

cerebro

Por exemplo, quando um doente espera uma semana depois dos sintomas de um Acidente Vascular Cerebral para ir ao hospital. Não podem dizer ao paciente que não devia ter esperado tanto tempo e ainda podem ter de ouvir os familiares queixarem-se de que não está a fazer nada por ele.

3. Que a sua vida está nas mãos deles – literalmente

enfermeiros

Muitas vezes os enfermeiros conseguem detetar erros médicos a tempo e podem salvar a sua vida mais vezes do que possa pensar. Por exemplo, há situações em que os médicos prescrevem medicações em doses erradas ou se esquecem de prescrever a medicação que o paciente toma normalmente em casa.

4. Que são ótimos detetores de mentiras

dizer a verdade

O enfermeiro consegue perceber se está ou não a mentir. Seja sincero a responder a perguntas sobre a quantidade de vezes que fuma ou que bebe e quanto bebe. Quanto mais verdadeiro for sobre o seu estilo de vida, melhor e mais apropriado será o tratamento.

Não minta sobre a sua dor quando o enfermeiro lhe pergunta quanto é numa escala de 0 a 10. Tanto os médicos como os enfermeiros precisam de o saber o mais rigorosamente possível para lhe poderem prescrever ou administrar doses adequadas ao seu estado.

5. Que precisam de saber tudo o que toma

cha

Os enfermeiros precisam de saber tudo sobre o seu historial clínico, que medicamentos toma, mesmo que sejam sem receita médica ou à base de plantas, no caso de chás, por exemplo. Apesar de serem naturais, as plantas podem interagir com outros medicamentos e causar problemas sérios.

6. Que podem mandá-lo para casa e não estar a 100%

medico e paciente

Muitos hospitais estão cheios e o pessoal para trabalhar é pouco. Se mostrar melhorias e o médico achar que há uma boa possibilidade de recuperar sem complicações, pode mandá-lo para casa.

Isso não significa que vai ter uma boa recuperação. Os enfermeiros gostariam de avisar que, nestes casos, os pacientes ainda não recuperaram totalmente. Aconselham que a pessoa tome precauções e esteja atenta a possíveis sintomas.

7. Que os hospitais estão imundos e cheios de bactérias

corredor hospital

Apesar dos esforços dos enfermeiros, os hospitais estão repletos de bactérias resistentes a antibióticos. Deve usar sempre o desinfectante para as mãos ou lavar as mãos de forma correta e garantir que os profissionais de saúde também o fazem.

8. Que 90% do que os “médicos” fazem na Anatomia de Grey é que os enfermeiros fazem no dia-a-dia

hospital enfermeiro

O que acontece na série é a realidade dos enfermeiros. Os enfermeiros são quem está mais próximo do doente e passam mais tempo consigo do que o seu médico, mas mal têm tempo para se sentar junto das pessoas, como acontece na ficção.

9. Que os resultados dos seus exames já estão prontos, mas não os pode mostrar

exames medico

Não compete aos enfermeiros, mas sim aos médicos, explicar-lhe os resultados dos seus exames, particularmente se for algo grave.  Por isso, muitas vezes quando pergunta ao enfermeiro pelos exames vão dizer que não estão prontos, mesmo que estejam. É que se perguntar ao enfermeiro e ele disser que já tem os resultados e recusar-se a dizer quais são, vai ficar preocupado.

10. Que não convém estar a falar enquanto lhe está a preparar a medicação

medicacao

Quanto mais falar durante o momento em que o enfermeiro está a tratar da sua medicação, maior a probabilidade de ele se enganar no que está a fazer.

11. Que é importante beber muita água antes de tirar sangue

sangue

Antes de tirar sangue, beba dois ou três copos de água. É mais difícil para o enfermeiro encontrar uma veia se estiver desidratado.

12. Que tem o direito de escolher por quem quer ser tratado

profissional de saude

Não gosta do seu enfermeiro(a) ou médico(a)? É um direito do paciente pedir para não ser cuidado por uma determinada pessoa, caso ache, por exemplo, que o enfermeiro não foi correto consigo. Pode sempre pedir que seja outro profissional de saúde a cuidar de si.

13. Que dizer “Obrigado” faz toda a diferença

enfermeira

Agradeça sempre ao seu enfermeiro. Ele vive dias muito atarefados e pode estar a  passar por momentos de sofrimento ao perder outros pacientes e um simples “Obrigado” pode fazer a diferença e tornar o dia mais feliz.

14. Que muitos médicos não têm consciência da dor do paciente

dor

O enfermeiro, como passa mais tempo com o doente, sabe quando este tem dor e apercebe-se que, muitas vezes, os médicos têm medo de sobredosar e acabam por optar por uma dose menor de medicamentos para a dor, subvalorizando-a.

15. Que é importante ter uma atitude positiva

enfermeiro

Uma atitude positiva é fundamental e pode ajudar na recuperação e na sua saúde. Palavra de enfermeiro.

Veja também: