Marta Maia
Marta Maia
18 Jul, 2019 - 12:18
Saiba como funciona o seguro de saúde que contratou

Saiba como funciona o seguro de saúde que contratou

Marta Maia

Assinou os papéis, pagou e está com a cobertura ativa. Mas será que sabe ao certo como funciona o seguro de saúde? Leia aqui tudo o que importa.

O artigo continua após o anúncio

Ter um seguro que o ajude a pagar as despesas médicas é praticamente uma necessidade nos dias que correm, mas sabe exatamente como funciona o seguro de saúde que tem contratado?

Até pode parecer uma questão irrelevante, porque provavelmente limita-se a ir ao médico e pagar o que lhe dizem, mas conhecer o funcionamento das seguradoras é essencial para estar a par dos seus direitos e nunca falhar com os processos burocráticos. Para lhe poupar algum tempo, reunimos a informação básica toda no mesmo artigo.

Como funciona o seguro de saúde?

O seguro de saúde serve para lhe prestar apoio em situações de doença, contribuindo com o pagamento total ou parcial das despesas médicas. Em troca desta “rede de segurança”, cobra-lhe o pagamento de um prémio anual.

Coberturas

como funciona o seguro de saude

Há vários tipos de coberturas possíveis nos seguros de saúde. Quanto mais abrangentes forem, mais caro fica o prémio, mas também maior é a segurança dos beneficiários. Entre as coberturas mais populares estão as consultas médicas de especialidade, os internamentos, a odontologia, as próteses e ortóteses e o parto.

Seguros de saúde no trabalho

Não só há quem não saiba como funciona o seguro de saúde como, acredite, há quem nem saiba que tem um. Na verdade, é muito frequente as empresas terem seguros de saúde associados aos contratos de trabalho, oferecendo proteção aos colaboradores.

Se está a trabalhar por conta de outrém, não perde nada em consultar o departamento de Recursos Humanos. Pode não só descobrir que afinal tem um seguro ativo como pode ficar a saber que a empresa tem acordos com seguradoras que lhe valem prémios com desconto.

Exclusões

Saber como funciona o seguro de saúde, passa também por saber aquilo que não está incluído na cobertura.

As exclusões mais frequentes dos seguros de saúde são as doenças pré-existentes, ou seja, doenças que já tinham sido diagnosticadas ao beneficiário antes de ele contratar a apólice, mas há mais situações em que os tratamentos médicos não dão direito a comparticipação. O melhor é consultar a sua apólice ou por tudo em pratos limpos diretamente com a sua seguradora.

O artigo continua após o anúncio

Pagamento

como funciona o seguro de saude

A parte em que o seguro paga, total ou parcialmente, as suas despesas médicas é fácil. Mas como é que esse pagamento funciona?

Os pagamentos da seguradora podem ser diretos ou por reembolso. Um pagamento direto acontece quando o beneficiário vai ao médico e só paga uma parte da conta, sendo o valor restante acertado mais tarde entre a instituição e a seguradora. Já um valor pago por reembolso acontece quando, na hora de pagar, o beneficiário tem de adiantar o dinheiro todo, apresentando depois a fatura à seguradora para receber de volta a parte comparticipada.

Para saber se vai ter direito a pagamento direto ou se vai ter de esperar pelo reembolso, contacte a entidade prestadora de serviços de saúde para saber se faz parte da rede convencionada da sua seguradora.

Rede convencionada

A rede de prestadores convencionados é a lista de entidades que fizeram acordo com a sua seguradora e aceitam cobrar-lhe apenas uma parte do que gastar, aguardando depois pelo pagamento da sua seguradora.

Quando lhe explica como funciona o seguro de saúde, a seguradora é obrigada a partilhar consigo a descrição da rede de prestadores convencionados, isto é, tem de dizer-lhe quem são as entidades com as quais tem acordo. Da mesma forma que tem de informar quais são as franquias aplicáveis dentro e fora dessa rede.

Franquias e copagamentos

Também é essencial estar a par das franquias e dos copagamentos se quiser saber como funciona o seguro de saúde. Estes conceitos determinam a percentagem de cada despesa que é suportada pelo beneficiário do seguro e a percentagem que é paga pela seguradora.

As franquias podem variar consoante o tipo de serviço médico prestado, a entidade que prestou e até as características pessoais da pessoa segurada. Assim, não há como dispensar uma consulta à sua apólice de seguro para saber com que regras está a jogar.

Períodos de carência

como funciona o seguro de saude

Mais do que saber como funciona o seguro de saúde, é preciso ter em conta que as seguradoras sabem como funciona o mercado e nenhuma delas está disposta a ter prejuízo.

O artigo continua após o anúncio

Assim, convém informar-se acerca do período de carência que é aquele que decorre entre a contratação do seguro e a disponibilidade da cobertura. De forma mais simples, o período de carência evita que, logo após a assinatura da apólice, a pessoa segurada vá fazer tratamentos caros.

Um caso muito frequente é o do parto. Praticamente todas as seguradoras estabelecem um período de carência até aceitarem comparticipar as despesas relacionadas com o parto (caso contrário as mulheres contratavam o seguro no final da gravidez só para beneficiarem do apoio do parto).

Saber como funciona o seguro de saúde não é muito difícil, mas requer algum estudo da apólice e de todas as alíneas que lá estão. É importante que saiba em que situações tem direito a apoio, mas também em que situações não pode contar com ele, até porque isso pode influenciar a sua decisão de contratar (ou não) o serviço.

Veja também: