AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Trabalhar em Espanha: guia essencial

A ponderar ir trabalhar em Espanha? A conjuntura económica portuguesa tem levado muitos a abandonar o país, em busca de melhores condições de vida.

Trabalhar em Espanha: guia essencial
Conheça os salários e o custo de vida em Espanha

Aprender Inglês: a melhor forma de ser contratado lá foraAinda que não seja uma opção nova para os Portugueses, tendo em conta que existem já mais de 137 mil emigrantes portugueses na vizinha Espanha, não deixa de ser um país diferente, com línguas e costumes próprios. Se não está familiarizado com a realidade deste país, é necessário que se informe ainda antes de partir.


Guia Essencial para Trabalhar em Espanha


Emprego em Espanha

À semelhança de outros mercados europeus, o mercado de trabalho espanhol também se viu afetado pela crise dos últimos anos. No entanto, se quer experimentar viver e trabalhar em Espanha e tem interesse em emigrar para este país, encontre aqui o emprego que procura.



Salários

O salário mínimo Espanhol ronda os 750 euros. Ainda que superior ao praticado em Portugal, é um salário baixo, se comparado com outros países europeus. Como é evidente, o valor do salário para quem trabalha em Espanha é influenciado por fatores como a idade, as habilitações académicas, experiência profissional e cargo, entre outros.
 


Habitação

O custo de vida em Espanha é superior ao português. A título de exemplo, o aluguer de uma casa com duas assoalhadas pode rondar entre os 400 e os 650 euros. A esse valor acrescem ainda custos com água, eletricidade e telecomunicações. (As despesas extra mencionadas rondam cerca de 110 euros mensais).

Consulte a nossa infografia no fim do artigo, compare custos de serviços e fique com uma ideia dos custos mensais associados, antes de tomar a decisão de ir trabalhar em Espanha.



Cuidados de Saúde

O Estado Espanhol cobre as necessidades de saúde dos seus cidadãos, através do Sistema Nacional de Saúde. Os tratamentos dentários (exceto extrações e casos concretos) e os problemas óticos são tratados por via privada. Os cidadãos portugueses podem aceder aos serviços de saúde Espanhóis, obtendo o Cartão Europeu de Seguro de Doença.



Língua

Ainda que o castelhano seja a língua predominante, o bilinguismo é uma prática habitual no país. O castellano é a língua oficial, materna para cerca de 89% da população, mas existem outras co oficiais, que são o catalán, o gallego, o euskera e o aranés.

Muitos consideram 2 línguas como maternas, o ideal será que analise qual a língua predominante na região para a qual pretende emigrar, de modo a aprender o básico ainda antes de partir.



Visto

Os cidadãos portugueses, tendo em conta que são nacionais de um Estado Membro da União Europeia, podem deslocar-se livremente sem precisar de visto, devendo apenas identificar-se com Bilhete de Identidade, Cartão de Cidadão ou passaporte nacional válidos.

Para períodos de residência superiores a três meses, os indivíduos deverão registar-se junto à Câmara Municipal da área onde estão a residir, necessitando, para isso, de uma certidão internacional de nascimento, bem como da restante documentação válida.


infografia espanha
Facilite a sua vida fora do país - Curso de Inglês com 20 aulas gratuitas >>
Veja também: