Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Maria Oliveira
Maria Oliveira
23 Jul, 2018 - 00:00

Os 30 destinos com o custo de vida mais barato

Maria Oliveira

Quer partir à descoberta do mundo e procura os destinos com o custo de vida mais barato? Temos 30 sugestões, para não acabar com o orçamento de férias.

Os 30 destinos com o custo de vida mais barato

Vai de férias e procura os destinos com o custo de vida mais barato? A Forbes preparou uma lista na qual indica quais os países onde o seu orçamento não irá sofrer nenhuma surpresa. Onde os custos com alimentação, alojamento ou transportes não vai ser um choque cultural.

Embora os especialistas prevejam que as taxas relacionadas com os serviços turísticos aumentem 3,5% e os preços dos hotéis 3,7%, comparando com igual período do ano passado, ainda é possível fazer uma viagem em 2018, dentro do seu orçamento, se souber para onde ir.

Os 10 destinos com o custo de vida mais barato

Conheça as sugestões da Forbes e descubra quais os destinos com o custo de vida mais barato.

1. Albufeira, Portugal

albufeira

Fonte: Max Pixel

Sol e descanso: é isto que meio mundo sabe que o Algarve promete e que, por isso, nunca desilude. De entre tantas cidades, o destaque vai para Albufeira, por vários motivos: clima agradável, praias fabulosas, alojamento acessível e uma localização central, que lhe permitirá descobrir todos os encantos do barlavento algarvio. E o mais importante: bastante económico!

A tudo a isto alia-se a gastronomia deliciosa, nas dezenas de restaurantes típicos que poderá encontrar em qualquer uma das ruas da cidade, e nas praças tradicionais, cada uma com uma história por descobrir.

2. Zanzibar

zanzibar

Zanzibar não é só sinónimo de destino de lua-de-mel paradisíaco, que tem tanto de caro como de bonito. Era assim no passado, mas o cenário mudou, e ainda bem, para o gáudio de qualquer visitante de carteira menos recheada.

Na verdade, é um destino mais económico do que pensa. Para tal, basta não ficar hospedado num dos muitos resorts de luxo, pois há opções de acomodação para todas as bolsas e gostos, que permitirão descobrir este país fascinante, sem rebentar com o orçamento.

3. Saint Martin

saint martin

Esta ilha, metade francesa e metade holandesa, ainda se encontra a recuperar dos danos provocado pelo furacão Irma, mas sempre de cabeça erguida. O Aeroporto Internacional de São Martin reabriu em outubro de 2017 e praticamente toda a ilha já possui as linhas de eletricidade devidamente restauradas, permitindo a reabertura gradual de bares, restaurantes, hotéis e empresas.

É precisamente por este motivo pelo qual os preços de tudo nesta ilha são dos mais baixos que se possa imaginar. E além de poupar, ainda está a ajudar pessoas que realmente precisam, a recuperar o seu país.

4. Nápoles, Itália

napoles

Fonte: Pixabay / ID 12019

Daqui parte-se para a imperdível Costa Amalfitana, Capri e Pompeia, mas Nápoles tem encantos muito próprios e é merecedora de uns dias para ser descoberta. Atualmente, parece ter captado a atenção de viajantes estrangeiros. É uma das cidades mais antigas da Europa e, como tal, está cheia de paisagens e monumentos culturais intrigantes, como castelos à beira-mar e catacumbas subterrâneas, com destaque ainda para a arquitetura barroca que vive de forma equilibrada com exemplos de arte contemporânea.

E ainda por cima tudo isto será sempre acompanhado pela saborosa gastronomia italiana, que é, para muitos, uma das grandes maravilhas do mundo, nomeadamente a piza napolitana, reconhecida pela UNESCO como parte do Património Cultural Intangível de Itália.

5. Ilhas Cook

ilhas cook

Composta por 15 ilhas pequenas, as Ilhas Cook são tudo o que espera poder encontrar no Pacífico Sul: beleza tropical exuberante, recifes vibrantes e uma atmosfera misturada de e modernidade.

A cultura maori ainda está muito intacta e a hospitalidade emana através dos habitantes locais, que irão cuidar de si da melhor maneira. Aqui o luxo tem preços muito razoáveis, inclusivamente na maior ilha do arquipélago, Rarotonga ou “Raro”, que é composta por montanhas escarpadas, praias intocadas, lojas típicas, hotéis de qualidade, restaurantes elegantes e uma destilaria que faz vodka de banana numa cafeteira…

6. Dubrovnik, Croácia

dubrovnik

A Croácia é uma presença quase garantida em qualquer lista de locais incríveis e claro que não poderia faltar na eleição dos destinos de férias baratos.

É uma cidade que está rodeada de maciças paredes de pedra, o que lhe confere um aspeto medieval e que fazem desta pérola adriática um local difícil de resistir. Possui um encanto de velho mundo, de outros tempos, com ruas pavimentadas com calcário, dando uma sensação de contacto com a natureza, principalmente durante os dias quentes de verão.

7. Santa Fé, Novo México – EUA

santa fé

Fonte: Max Pixel

Santa Fé é um vórtice criativo que prospera no sopé das Montanhas Sangre de Cristo, atraindo artistas e curandeiros de todo o mundo e revelando-se como um refúgio ideal para os amantes da natureza, entusiastas da arte e adeptos de spa. É uma cidade rodeada de beleza natural, cujas raízes são profundamente associadas à herança indígena americana, hispânica e anglo-saxã, que conta com 407 anos, sendo, assim, a capital mais antiga dos Estados Unidos da América.

Alguns dos destaques da região incluem passear ao longo da Canyon Road, visitar galerias de arte e assistir à missa na igreja mais antiga dos EUA – a Capela de San Miguel.

8. Uzbequistão

uzebequistão

Viajar pela Ásia Central é, em muitos aspetos, a derradeira aventura para muitos. A infraestrutura, embora se esteja a modernizar lentamente, ainda é muito diferente do que estamos habituados no mundo ocidental, e a paisagem e a cultura são inigualáveis.

Cada minuto no Uzbequistão é passado com a mistura da influência persa e soviética, usufruindo de cultura, comida e locais religiosos magnificamente preservados em Samarkand e Bukhara. A experiência só fica completa quando dormir num acampamento de yurt, sob as estrelas.

9. Vancouver, Canadá

vancouver

Nesta cidade do Canadá vive-se ao ar livre, como se fosse obrigatório para assim pode ver e desfrutar das paisagens dramáticas e de tirar a respiração. Um metrópole como um dos destinos com o custo de vida mais barato? Sim, é verdade.

Os arranha-céus de vidro são coroados pelos picos das Montanhas North Shore nesta cidade onde se vive bem, com calma, sem pressas, como se o tempo não importasse. Da mesma forma, tome o seu tempo, e, de forma descontraída, delicie-se com dezenas de coisas para fazer em Vancouver.

10. Phuket, Tailândia

phuket

Fonte: Max Pixel

A maior ilha da Tailândia é uma atração instantânea, principalmente para os amantes da praia e mergulhadores amadores e profissionais, que podem desfrutar entusiasticamente no mar de Andaman. Mas, na verdade, ninguém lhe ficara indiferente.

As lagoas azuis e o pôr do sol, cujas cores não parecem existir em nenhum catálogo, compõem um cenário de sonho, quase utópico, o que resulta numas férias surreais e desconcertantes, pelo impacto que o seu efeito depois provocará aquando do regresso à realidade.

A lista completa dos 30 destinos com o custo de vida mais barato

Se procura outros destinos com o custo de vida mais barato, conheça os restantes 20, da lista final de todos os países considerados, onde estão incluídos os países mais baratos um pouco por todo o mundo. Os preços são pequeninos, mas a aventura será inesquecível!

  • Karpathos, Grécia
  • Moab, Utah – EUA
  • La Paz, Bolivia
  • Austrália
  • Nova Zelândia
  • Trujillo, Peru
  • Oaxaca, México
  • Barichara, Colômbia
  • Mo’orea, Polinésia Francesa
  • Mostar, Bósnia
  • Komodo Islands, Indonésia
  • Central Coast, Califórnia – EUA
  • South Lake Tahoe, EUA
  • Sri Lanka
  • Fez, Marrocos
  • Windhoek, Namíbia
  • Jaisalmer, Índia
  • Piran, Eslovénia
  • San Juan, Puerto Rico
  • Kuala Lumpur, Malásia

Veja também: