Comida para cão: dicas úteis e sugestões de produtos

Não faltam opções no mercado e, entre tantas marcas e preços, por vezes pode ser dificil escolher comida para cão. Damos uma ajudinha.

“sponsored by fidelidade”
Comida para cão: dicas úteis e sugestões de produtos
Alimentação cuidada, saúde plena

Na ida ao veterinário ou ao pet shop, há sempre as embalagens mais prometedoras e, claro, mais caras. No entanto, quando chega às prateleiras dos supermercados e se depara com tantas opções de comida para cão mais económicas, instala-se a dúvida: mas, então, como escolher? Sim, as opções são mais do que muitas e a verdade é que isso não é assim por mero acaso. Cada cão tem uma necessidade diferente e cada ração vai oferecer diferentes benefícios ao seu melhor amigo de quatro patas – em maior ou menor grau.

Comida para cão: como escolher?


Há no mercado diferentes marcas e tipos de comida para cão, que podem ser indicadas de acordo com a idade, porte do animal ou, até, necessidades especiais – como excesso de peso, problemas digestivos e hiperatividade. E há, também, comida para os mais diferentes tipos de bolsos, das mais económicas às de rótulo premium. Por norma, ainda que não queira que assim seja, quanto mais cara for a comida para cão, mais ingredientes e propriedades contém, e melhor absorvida ela é pelo sistema digestivo do animal.

O melhor cenário será sempre pedir a opinião do veterinário que cuida do seu animal. Este profissional vai adequar a ração às necessidades do seu cão – afinal, depois de si, quem mais conhece tão bem o elemento canino?

comida de cao

Quais são os diferentes tipos de comida para cão para diferentes casos?


Neste artigo vamos abordar os diferentes tipos e indicações de utilização, e sugerir alguns exemplos de rações em que pode apostar. Não esqueça: as sugestões de produtos podem variar, mediante o porte do cão. Lembre-se ainda que o seu cão deve, preferencialmente à mesma hora, comer duas vezes ao dia. Água limpa e fresca deve ser à discrição!

Ração junior

A ração junior nada mais é do que a ração que deve oferecer aos cachorros durante o seu primeiro ano de vida. Este tipo de alimento contém os ingredientes essenciais para que o seu cão cresça forte e saudável. Algumas delas são mesmo enriquecidas com leite, para ajudar a suprir as necessidades do organismo de uma cão ainda bebé. No entanto, converse com o veterinário sobre o consumo de leite e derivados, pois este alimento é visto por muitos profissionais como “proibido” na dieta dos caninos, que podem mesmo ser intolerantes à lactose, tal como os humanos. O resultado pode ser um episódio de diarreia e vómitos.

 

Sugestão de produto, preço: 49,20€, embalagem de 14kg. Ver produto >>

Ração adulto

A partir dos 12 meses, o cão passa a alimentar-se de ração para cão adulto, que é rica em minerais e vitaminas específicos para a fase adulta destes animais.

 

Sugestão de produto, preço: 43,95€, embalagem de 10kg. Ver produto >>

Ração adulto ativo

Este é o tipo de ração que mais se assemelha ao da ração para adulto, sendo que contam com mais calorias. Ou seja, ajudam a repor as energias que um cão muito ativo gasta ao longo do dia.

 

Sugestão de produto, preço: 13,99€, embalagem de 1,4kg. Ver produto >>

Ração idoso

A ração para o cão idoso é especialmente formulada para cães que já têm mais idade. Isso porque têm um reforço de ferro e outras propriedades essenciais para que o seu melhor amigo “mais velho” viva com o máximo de saúde esta fase.

 

Sugestão de produto, preço: 24,62€, embalagem de 14kg. Ver produto >>

Ração light

Como o próprio nome já diz, esta ração é light e, portanto, desenhada para cães que estão a somar uns quilos extra na balança – quer por razões de uma rotina alimentar inadequada, quer por falta de atividade física.

 

Sugestão de produto, preço: 60,09€, embalagem de 9kg. Ver produto >>

Ração especial para raças

Os animais de raça pura são mais sensíveis quando o assunto é alimentação e têm mais tendência a desenvolver problemas  de saúde. As rações especiais para cada raça consistem numa dieta adaptada às suas necessidades devido ao seu tipo de metabolismo ou apenas à necessidade de prevenção de certas doenças a que o cão pode ser propenso, tais como acumulação de tártaro nos dentes, tendência para o excesso de peso, formação de cálculos urinários e sensibilidade digestiva e/ou dermatológica.

 Este tipo de ração, específica para cada raça, vai encontrar à venda em lojas especializadas e em clínicas de saúde animal, com preços a iniciar (embalagens pequenas) nos 20€, em média.

Ração especial peles sensíveis

Se é verdade que o pelo do cão reflete a ração que ele come, isto torna-se ainda mais assertivo quando o assunto trata de cães com algum problema de pele. A ração especial para peles sensíveis contém ingredientes calmantes que reduzem o desconforto do animal. Para esses cães, em especial, esta é a alimentação que deve ser feita em exclusivo – ou os problemas de pele podem agravar.

 

Sugestão de produto, preço: 49,99€, embalagem de 8kg. Ver produto >>

A regra de ouro: não ofereça a sua comida ao seu cão. É certo que este pode parecer um gesto de carinho e que estes momentos podem ser de extrema cumplicidade entre os animais e os donos, no entanto, esta atitude é extremamente prejudicial à saúde a ao bem-estar do seu amigo de quatro patas. O sistema digestivo dos cães é diferente do nosso e, por isso, reage de forma distinta à nossa comida. Há, na verdade, alimentos inteiramente proibidos na dieta dos cães, como o leite e os seus derivados, o chocolate, o bacon, os cogumelos, as uvas e, até, o cebolinho e o sal com que tanto gostamos de temperar a comida. Evite esta tendência e seja mais, muito mais, amigo do seu cão.

Veja também: