Publicidade:

Como poupar nas festas em casa: 18 dicas para um dia inesquecível

Quer fazer a sua festa de aniversário ou a do seu filho no seu lar, mas não sabe como poupar nas festas em casa? Leia estas dicas e não se vai arrepender.

Como poupar nas festas em casa: 18 dicas para um dia inesquecível
Aprenda a divertir-se com pouco dinheiro

Quer combinar menos programas fora de casa, entre eles a celebração do seu aniversário, para economizar dinheiro, mas não sabe como poupar nas festas em casa? Nós damos-lhe algumas dicas de forma a que possam manter a sua vida social ativa e com menos gastos, e ainda outras sugestões que podem ser postas em prática na festa de aniversário do seu filho, se for o caso.

Como poupar nas festas em casa: organize um jantar low cost com amigos

como-poupar-nas-festas-em-casa

Às vezes faz-nos bem juntar os amigos para festejarmos a amizade que nos une ou então o nosso aniversário. Nestes casos, em vez de combinarmos um jantar num restaurante, porque não convidá-los para jantarem em nossa casa? Aprenda como poupar nas festas sem deixar de receber bem os amigos.

1. Planeie bem o jantar

Primeiro deve organizar-se financeiramente ao incluir estes jantares no seu orçamento mensal. Depois tem de pensar num menu antes de ir às compras, para que traga apenas o necessário. Mas como poupar nas festas em casa quando falamos em jantar? É fácil se aproveitar os talões de desconto, caso os tenha, e não se esqueça também de optar pelas marcas brancas, uma vez que muitos desses produtos são de qualidade. Existem várias receitas simples e baratas que os seus amigos irão adorar.

2. Exemplos de receitas fáceis e económicas

Saiba como poupar nas festas em casa através de receitas simples e deliciosas, que podem ser facilmente encontradas na Internet, como por exemplo:

 

3. Opte por uma decoração diferente

Como poupar nas festas em casa e ter ao mesmo tempo uma forma original de receber os amigos? Uma das sugestões que lhe podemos dar é colocar quadros ou molduras com mensagens positivas e bem dispostas na entrada para que todos leiam, como “Sejam bem vindos” ou “Sorriam, há vinho”.

Se gosta de flores mas quer poupar alguns trocos, o melhor é escolher plantas de vaso para decorar a sua habitação, em vez de flores. No centro de mesa, por exemplo, use a fruta que tem em casa como decoração e coloque-a numa taça de vidro para dar um ar colorido. Puxe ainda a imaginação para fazer argolas de guardanapos com rolos de papel e bases coloridas para copos.

4. Perfume o ambiente

Não se esqueça das velas se quiser dar um ar mais intimista e acolhedor à zona de refeição. Escolha umas com fragrâncias subtis e que agradem os convidados. Outra sugestão que lhe damos é a compra de velas dentro de lanternas decorativas, pois não só ficam melhor como decoração, como também são mais seguras.

5. Coloque música ambiente

Como poupar nas festas em casa e ao mesmo tempo proporcionar um bom ambiente? O passo número 5 pode ser importante para que os convidados se sintam bem em sua casa, desde que o volume da música não seja elevado para que todos possam conversar à vontade. A descontração de todos irá aumentar, tal como a vontade de partilhar momentos. Não se esqueça de criar previamente uma playlist.

6. Os convidados também podem ajudar nas despesas

Uma vez que já oferece a sua casa, as entradas e o prato principal, torna-se justo que peça aos seus amigos para levarem as bebidas e sobremesas. Esta dica de como poupar nas festas em casa permite-lhe assim economizar e dividir as despesas com os convidados sem terem de fazer contas no final.

7. Use bem o espaço da sua casa

Aproveite o potencial do espaço da sua habitação. Ao combinar um jantar, não precisa de se condicionar à cozinha e/ou sala de jantar. Se tiver uma boa sala, é possível preparar uma sessão de cinema caseira com direito a pipocas, por exemplo. As pipocas não têm de ser caras, existindo muitas marcas com preços acessíveis nas superfícies comerciais, e o filme escolhido pode ser visto em sites como a Netflix, por exemplo, ou então escolha algum DVD que já tenha em casa.

Se os convidados preferirem, em vez de verem um filme optem por ouvir música enquanto conversam. Recordem os velhos tempos com êxitos antigos e aquelas canções que os faziam dançar até altas horas da noite. Pode ainda organizar um karaoke, sugerir uma noite de jogos de tabuleiro ou projetar fotos numa parede que faça lembrar os bons momentos que passaram juntos. Além de ter aprendido como poupar nas festas em casa com todas estas dicas, verá que essa será uma noite bem passada entre amigos.

Como poupar nas festas em casa: aniversário do seu filho

como-poupar-nas-festas-em-casa

Quer organizar uma festa de aniversário para o seu filho sem gastar muito dinheiro? Saiba como poupar nas festas em casa mas sem que a criança saia prejudicada com essa opção, uma vez que lhe vamos dar várias sugestões para fazer uma festa que todos os convidados vão achar ‘cool’, ao ponto de pedirem aos pais para que estes lhes façam uma igual.

1. Convidados

Quanto mais gente convidar, mais gastos terá. Por isso não convide quem não quer só por educação, pois assim não terá como poupar nas festas em casa. Basta a família e os amigos mais chegados do aniversariante para que este fique feliz. Em relação aos convites, pesquise na Internet os mais engraçados ou pode criá-los sozinho e envie depois por e-mail aos convidados. Se não tiver o contacto de todos, imprima os convites para entregar alguns pessoalmente.

2. Local da festa

Se tiver um jardim ou quintal e estiver bom tempo no dia da festa, aproveite para tirar o máximo partido desse espaço, onde as crianças poderão brincar à vontade e ainda lhe pouparão a preocupação da possibilidade de partirem algum objeto de vidro ou de loiça que tiver em casa. No entanto, se não tiver um espaço ao ar livre, tire o melhor partido da sua sala, uma vez que será mais económico do que alugar um espaço.

3. Decoração

Seja qual for o espaço escolhido, decore-o com o desenho animado preferido do seu filho, por exemplo. A opção mais económica é imprimir algumas imagens desse desenho e colá-las na parede, podendo também ser usadas para enfeitarem a mesa onde as crianças irão comer os doces. Não se esqueça também de pendurar balões nas paredes, um clássico que deixa sempre os miúdos alegres. Em relação à toalha de mesa, se o aniversariante gostar da Barbie, por exemplo, pode usar uma toalha cor de rosa, mas se preferir a cor do seu clube de futebol por adorar este desporto, opte por essa cor. Tudo depende do tema da festa, que tem de ser bem pensado para que as decorações fiquem todas a condizer.

4. Opte por doces bons e baratos

Como poupar nas festas em casa e ter ao mesmo tempo uma mesa apelativa? Uma gelatina, um pudim ou uma mousse instantânea, por exemplo, são opções baratas e fazem sempre as delícias dos mais pequenos. Espalhar rebuçados e chupa-chupas pela mesa também são doces atrativos, além de poder colocar pipocas, gomas e bolachas em pequenas taças. Se quiser, prepare também algumas sandes e até mesmo alguns salgados, como croquetes e rissóis. Pense primeiro no orçamento que quer gastar na festa e depois faça as contas para saber que decisões tomar.

5. Pesquise receitas de bolos na Internet

Se preferir uma mesa recheada de bolos em vez dos doces referidos no ponto 4, existem várias receitas económicas e muito fáceis de fazer, como por exemplo de salame, baba de camelo e torta de laranja.

6. Bebidas

Em vez de escolher refrigerantes e outras bebidas açucaradas, pode optar por comprar limões ou laranjas e fazer limonada ou sumo de laranja, ou até mesmo ambos, para os convidados terem duas opções, pois podem não gostar de alguma delas. Não só irá poupar na compra das bebidas, como também dará às crianças algo mais saudável.

7. Escolha um bolo de aniversário económico

Compre um bolo barato mas sem ser de má qualidade. Se quiser que este tenha algum desenho e conheça alguém com talento para fazer bolos, ou uma pastelaria com preços em conta que lhe possam cobrar pouco, opte por essa solução.

8. Organize atividades para as crianças

Se a festa for num jardim ou quintal e o aniversariante gostar de jogar futebol, basta uma bola para lhe fazer a vontade. Pode ainda usar um fio para fazer de rede e uma bola leve para o voleibol, por exemplo, se tiver onde prender o fio, ou optar por atividades mais tradicionais como uma caça ao tesouro, o jogo do lencinho ou da estátua e corridas de sacos ou de estafetas.

Caso a festa seja dentro de casa, pense noutras brincadeiras para entreter as crianças, como a dança das cadeiras, o jogo de mímica, o telefone sem fio ou uma versão Pictionary se o seu filho tiver um quadro de giz ou outro onde todos possam ver o que está a ser desenhado para tentarem adivinhar.

E se tiver algum familiar ou amigo com jeito para a palhaçada e um traje de palhaço, esta é a altura ideal para lhe pedir que use o lado brincalhão na festa para animar os mais novos. Haverá melhor forma de aprender como poupar nas festas em casa e ao mesmo tempo garantir a diversão?

9. Lembranças

Se é daqueles pais que gosta de dar saquinhos aos convidados no final da festa, tente economizar ao criar os seus próprios saquinhos com papéis coloridos em vez de comprá-los já feitos. Encha-os com chupa-chupas, rebuçados ou gomas, ou então faça um mix ao colocar todos nos sacos, mas sem quantidades exageradas para poupar.

10. Use aguarelas para pintar o rosto das crianças

Muitas crianças adoram quando lhes é pintada a cara com algum desenho que gostam. Se tiver aguarelas em casa e jeito para o desenho, ou algum familiar ou amigo seu tiver esse talento, usem-no para fazê-las felizes ao decorarem-lhes o rosto.

11. Festas conjuntas

Há quem opte por realizar festas conjuntas para poupar dinheiro quando tem filhos ou outras crianças da família ou do grupo de amigos que façam anos em datas próximas. Assim, os pais das crianças podem dividir os gastos. No caso de haver discordância nos gostos dos aniversariantes, o espaço da festa pode ser dividido com mesas e decoração para cada um deles.

Veja também:

Cátia Tocha Cátia Tocha

Formada em Ciências da Comunicação pela Universidade Autónoma de Lisboa, onde concluiu Licenciatura e Mestrado, começou o seu percurso como jornalista na Rádio. Hoje, escreve sobre diferentes áreas e tem já alguns anos de experiência na escrita para meios online.