Publicidade:

Como reduzir o consumo fantasma de energia em três tempos

Aparelhos em stand by ou em off mode são uma pequena praga para a conta da luz. Saiba como reduzir o consumo fantasma de energia.

Como reduzir o consumo fantasma de energia em três tempos
Combata as pragas silenciosas do gasto de energia

Descubra como reduzir o consumo fantasma de energia  uma silenciosa epidemia responsável por 5 a 10% da conta de energia que pagamos – usando uma tática simples de combate ao desperdício.

Como reduzir o consumo fantasma de energia


como reduzir o consumo fantasma de energia

1. Identificar a “praga”

O primeiro passo é perceber quais os aparelhos que tem ligados à corrente e não estão a ser utilizados, nem necessitam de estar em modo stand by ou off mode para serem rapidamente reiniciados. Percorra a sua casa à procura de aparelhos ligados.

Normalmente, os principais difusores que temos de atacar para reduzir o consumo fantasma de energia estão na sala ou no escritório. Na sala verá que a televisão, a respetiva box e a vizinha consola ou leitor de DVD estão todos em modo de reiniciar rápido.

Se passar no escritório apercebe-se que o computador, a impressora, o parceiro router e as eventuais colunas também o estão. Na cozinha, lá estará o microondas, as máquinas de louça e roupa, que não sendo tão atacadas pela “praga”, também podem ajudar a reduzir o consumo fantasma de energia.

2. Preparar o ataque

Como noutro qualquer ataque a uma “praga”, depois de identificar a raíz do problema há que elaborar um plano de ação. A medida mais evidente para reduzir o consumo fantasma de energia é ter extensões elétricas múltiplas, com ou sem botão para desligar.

Concentrando as tomadas de vários aparelhos (computador, impressora e router, por exemplo, ou televisão, box e leitor de DVD) basta desligar o botão ou tirar a tomada da corrente para obter a tal poupança. Na sala, no escritório ou na cozinha, acontece o mesmo se conseguir ter na mesma extensão os eletrodomésticos vítimas da “praga”.

3. Agir com convicção

Tendo os materiais que ajudarão no combate à praga, só falta mesmo dar o passo seguinte para reduzir o consumo fantasma de energia: criar o hábito de desligar mesmo da corrente todos os aparelhos e eletrodomésticos. Tendo as extensões múltiplas, bastar-lhe-á desligar um fio da tomada e não seis ou sete antes de se deitar ou de sair de casa.

Falemos a sério e esqueçamos a metáfora das pragas. A televisão precisa de ficar em stand by a noite toda ou o dia todo? E o computador? Quantas vezes sai de casa e deixa os carregadores do telemóvel e do tablet enfiados nas tomadas? Como reduzir o consumo fantasma de energia se não estivermos atentos aos pormenores?

Ajudas para reduzir o consumo fantasma de energia


como reduzir o consumo fantasma de energia

As tomadas múltiplas com interruptor são uma excelente solução a um preço módico, mas há outras ofertas no mercado que podem ajudar. As fichas Auto Power Off Plug ou Countdown Timer Switch desligam automaticamente os aparelhos quando não estão em funcionamento normal.

Ao comprar eletrodomésticos tenha em conta que os visores eletrónicos e os modos stand by podem ser mais cómodos, mas têm custos e informe-se sobre se têm certificação Energy Star.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro e não é responsável pelos produtos apresentados. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se quiser sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].