Publicidade:

6 razões para abrir a sua própria empresa

Conheça algumas razões para abrir a sua própria empresa, mas tenha consciência que é preciso a conjugação de vários factores para valer a pena.

6 razões para abrir a sua própria empresa
Comande a sua vida profissional

Se precisa de razões para abrir a sua própria empresa, nós damos uma ajuda. Tem pensado em como as suas capacidades podem reverter diretamente a seu favor? Gosta da ideia de ter o seu próprio negócio e quer ser mais independente? Então, pense seriamente nestas e outras razões para abrir a sua própria empresa.

6 razões para abrir a sua própria empresa

razoes-para-abrir-a-sua-propria-empresa

Cada um tem as suas motivações, mas muitas razões para abrir a sua própria empresa são sentimentos comuns e transversais a quem gostava de ter algo seu. Nem toda a gente é talhada para gerir uma empresa, mas se acha que este não é o seu caso e se se sente preparado, talvez deva arriscar.

Muitas vezes andamos em modo automático e mal paramos para pensar, mas ao mesmo tempo sentimos que algo não está bem nas nossas vidas profissionais. Se tirarmos algum tempo para refletir ou se formos confrontados com aquilo que já sentimos, mas de que ainda não tínhamos consciência, rapidamente percebemos que algo precisa de ser mudado.

Por isso, enunciamos algumas razões para abrir a sua própria empresa. Não são mais do que razões lógicas e sentimentos que muitos dos que têm este sonho partilham. Se se identificar com a maior parte destas razões, é capaz de estar na hora de fazer uma mudança radical na sua vida.

Se já se sentir preparado para dar esse passo, leia também o nosso artigo sobre como criar uma empresa passo a passo. Nunca se esqueça de que também é importante saber o que acarreta ter uma empresa.

1. Vontade de gerir o próprio negócio

razoes-para-abrir-a-sua-propria-empresa

Algumas pessoas nasceram para comandar. Mas por vezes nem com um cargo de chefia se satisfazem. Muitas pessoas gostam de sentir que o seu trabalho é para si, já que o esforço que fazem em cada projeto, compensa o desgaste, as horas “perdidas”, o cansaço intenso e que, em empresas que não são nossas, muitas vezes não se sentem compensadas.

2. Ter uma boa ideia de negócio

razoes-para-criar-a-sua-propria-empresa

Esta é uma das mais importantes razões para abrir a sua própria empresa. Ter uma boa ideia de negócio e, obviamente, saber aplicá-la, é meio caminho andado para ter sucesso num negócio próprio. Se se empenhar muito num trabalho, mas a ideia não for boa e não atrair ninguém, de nada serve que seja um bom gestor ou que tenha muito boa vontade.

3. Liberdade de decisão

razoes-para-criar-a-sua-propria-empresa

Acontece, especialmente a quem já tenha mais experiência, achar que certo caminho é o mais indicado para atingir os objetivos. Mas quando a empresa não é nossa, a última palavra também pode não ser.

Para o bem e para o mal, há quem não se conforme com o facto de não ter total liberdade na tomada de decisão, ainda que haja um risco associado. Se é essa pessoa, se considera que tem uma visão que nem sempre é compreendida e aceite pela sua entidade patronal, está na hora de ter a sua empresa, para não ter este tipo de entraves.

4. Ter o know-how e a experiência suficientes

razoes-para-criar-a-sua-propria-empresa

É fundamental saber no que nos metemos. Gostar muito duma área e da ideia de ter o próprio negócio, mas não ter experiência de gestão, pode ser um grande risco. Não quer dizer que não corra bem, mas a gestão de uma empresa tem muito que se lhe diga. Mas se tem conhecimentos e experiência suficientes, aqui está uma excelente razão para abrir a sua própria empresa.

5. Acreditar nas suas capacidades

razoes-para-criar-a-sua-propria-empresa

Se acredita nas suas capacidades para gerir e executar as tarefas necessárias para desenvolver e ter sucesso na sua atividade, não desperdice mais tempo.

Não basta saber fazer as coisas e ter experiência, é preciso ter confiança. Quer na tomada de decisões como na negociação com clientes e fornecedores, é muito importante que não duvide de que é capaz de ter sucesso. Especialmente em momentos mais complicados, que podem assustar quem não for tão convicto de que as dificuldades se podem ultrapassar, desde que haja um bom planeamento.

6. Gestão de tempo

razoes-para-criar-a-sua-propria-empresa

Seja porque é uma pessoa que gosta de dormir até mais tarde, mas que é extremamente produtiva noutros horários, ou porque na sua área há períodos mais mortos que pode aproveitar para tirar umas férias prolongadas – porque na “época alta” irá, certamente, conseguir equilibrar as contas do ano –, poder gerir o seu tempo é uma grande vantagem de ter o seu próprio negócio.

Diz o ditado que “o olho do dono é que engorda o gado”, por isso se tiver pessoas a trabalhar para si é importante que tenha algum controlo sobre o que os seus funcionários andam a fazer, a menos que tenha alguém que confiança que o faça por si.

Mas se trabalhar sozinho e se souber que no caso do seu tipo de negócio não é preciso ter um horário convencional, e que há alturas do ano em que pode aproveitar para tirar algum tempo para si, porque está tudo mais ou menos parado, tendo a sua própria empresa pode dar-se a este luxo.

Se surgir um assunto pessoal que precise de tratar ao longo do dia também pode optar por deixar o trabalho para depois e organizar o seu dia como achar mais conveniente, sem precisar de dar justificações a ninguém.

Mas que não seja esta a sua principal motivação para ter a sua própria empresa! Convém que haja uma combinação de várias destas razões para abrir a sua própria empresa, porque a chave para o sucesso nunca reside apenas num fator, mas sim na conjugação perfeita de vários.

Não se esqueça também que nem tudo o que ganhará numa empresa é lucro. Na maior parte dos negócios há vários encargos associados à gestão, assim como vários impostos, alguns comuns a todas as empresas e outros específicos para cada área de negócio. Informe-se também sobre isto antes de tomar uma decisão definitiva.

Veja também: