Publicidade:

Roadtrip em Portugal: 10 dias pelo litoral vicentino

A pensar em fazer uma roadtrip em Portugal? Descubra o itinerário pela Costa Vicentina e que o leva a conhecer algumas das zonas mais bonitas do país.

Roadtrip em Portugal: 10 dias pelo litoral vicentino
Uma roadtrip cheia de locais incríveis

Com a família, amigos ou sozinho, o que importa é que se faça à estrada e parta à descoberta do nosso incrível país e, para isso, propomos uma roadtrip em Portugal. Apesar de ser um país pequeno, em Portugal há imensos lugares para conhecer em qualquer altura do ano. Mas já que estamos em pleno verão, então, por que não fazer uma roadtrip e descobrir uma zona costeira cheia de lugares encantadores, praias de sonhos e que o vão fazer apreciar ainda mais este pequeno retângulo à beira-mar plantado?

Na impossibilidade de fazer uma roadtrip em Portugal de costa a costa, de Norte a Sul, partindo do Minho, em direção às praias do Algarve e passando pelo interior do país, pois tal poderia exigir tempo e dinheiro que poderá não ter, então a recomendação de o fazer pela Costa Vicentina valerá bem a experiência e em nada ficará a perder.De carro, mota ou de autocaravana, o importante é que se faça à estrada e descubra pequenos segredos e grandes paisagens das costas alentejana e algarvia.

Roadtrip em Portugal: descubra a costa alentejana e algarvia


Se partir de Tróia rumo a Sagres, vai passar por vários locais fascinantes. São cerca de 200 quilómetros, para uma viagem de 10 dias que lhe vai permitir descobrir cada esquina, cada ruela, cada encanto desta bonita região. É certo que pode dedicar menos tempo a esta roadtrip em Portugal, porém, se é para desfrutar ao máximo e para viver com calma, sem contar os segundos, os minutos e as horas, então, que aproveite cada dia e cada local da melhor maneira.

Prepare-se para encontrar sempre localidades pitorescas, com gente simpática e acolhedora e para se deliciar com o melhor marisco e demais petiscos da costa portuguesa. Ao longo desta roadtrip em Portugal, vai deparar-se com uma grande beleza cénica que o transporta para as praias mais selvagens de países bem distantes e para um país com cenários tão diferentes que parece que o mundo reuniu as suas melhores paisagens e as plantou naquela região.

Duração: 10 dias

Distância: 200 quilómetros

Percurso: Tróia – Comporta – Porto Côvo – Vila Nova de Mil Fontes – Almograve – Odemira – Zambujeira do Mar – Odeceixe – Alzejur – Carrapateira – Sagres

Dia 1 – Tróia e Comporta

Os dias quentes de verão convidam a descobrir os extensos areais que se prolongam na região, sempre com praias de areia branca e fina e água verde-água. São mesmo praias de sonho, como vemos em filmes, complementadas por belos restaurantes e hotéis que dão a sensação de casa, pelo conforto e qualidade de produtos e serviços.

Pode também dar um passeio a cavalo pelo areal da Comporta, jogar uma partida de golfe, visitar as ruínas romanas, aproveitar para descobrir os segredos de Tróia a partir da ciclovia ou sorrir como uma criança enquanto vê a alegria dos golfinhos que se passeiam na baía de Setúbal. No final do dia, esqueça tudo o resto e pare para testemunhar o bonito pôr do sol, que é único por estas paragens e merece ser celebrado a cada dia.

Dia 2 – Porto Côvo

porto covo

As vilas alentejanas parecem ser o cenário de inspiração perfeita para muitos cantautores. À semelhança de outros exemplos, também Porto Côvo, com a sua ilha onde vive um gigantesco pessegueiro, ficou imortalizada numa música de Rui Veloso, o que dá ainda mais vontade de a visitar e conhecer com tempo e é precisamente este o destino do segundo dia de roatrip em Portugal.

É uma vila empoleirada em falésias baixas com vista para o mar, que, historicamente, tem na pesca o seu ponto principal de sobrevivência. Outro fator de elevado interesse é a sua praia calma, tranquila e de grande qualidade que atrai multidões nos dias quentes de verão.

Dia 3 – Vila Nova de Mil Fontes

vila nova de mil fontes

Há quem a chame de “Princesa do Alentejo” e, como tal, todos querem uns dias em Vila Nova de Mil Fontes, para comprovar o porquê da denominação. Descubra o Forte de São Clemente, também conhecido como Castelo de Milfontes, o Monumento aos Aviadores e dê um bonito passeio pelo Portinho do Canal, sobretudo na altura em que os barcos atracam.

Dia 4 – Almograve

Pode passar despercebido, mas é um destino imperdível nesta roadtrip em Portugal, pela costa Vicentina. Almograve esconde-se por entre outras vilas e cidades mais famosas, porém é por lá que encontrará praias que bem podem alcançar a perfeição.

Além disso, esta região faz parte da Rota Vicentina, que disponibiliza trilhos para caminhada em total conexão com a natureza. Em Almograve, poderá fazer um percurso circular, que é uma excelente opção para quem procura uma caminhada curta, sem abdicar da perspetiva do lado agrícola da região e permitindo usufruir em pleno do trilho costeiro que segue junto ao vasto areal da praia do Brejo Largo.

Dia 5 – Odemira

O concelho de Odemira caracteriza-se pela imensa diversidade paisagística, estendendo-se entre a planície, a serra e o mar, aos quais o rio Mira e a barragem de Santa Clara, conferem um colorido especial.

Está localizado num pequeno monte em anfiteatro, preenchido com casas caiadas de branco viradas para o rio Mira, local ideal para a prática de remo e canoagem. É um local que conta com uma costa de grande beleza, integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, cheia de história e tradição.

Dia 6 – Zambujeira do Mar

zambujeira do mar

Esta zona é mais famosa pela realização do festival de música MEO Sudoeste, que é um dos mais animados em Portugal e que anualmente atrai milhares de pessoas à região. Uma paisagem bucólica, com praias incríveis, rodeadas de falésias íngremes que vale muito a pena conhecer, até porque a sua costa faz parte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Dia 7 – Odeceixe

odeceixe

É em Odeceixe que tudo se transforma. Grandes colinas ondulantes vão dando progressivamente lugar a uma paisagem mais calma, chegando até ao rebuliço mais típico do Algarve. Odeceixe é uma pequena cidade encantadora que recebe qualquer um de braços abertos e que conta com uma das 7 Maravilhas – Praias de Portugal, a praia de Odeceixe que está localizada no extremo norte do concelho de Aljezur.

Dia 8 – Aljezur

aljezur

Aljezur é simples, calma e de grande beleza. A partir desta pequena cidade, considerada a melhor região de produção de batata-doce, pode começar a explorar o imponente castelo, que é um dos que se encontram registados na bandeira nacional portuguesa. A cidade está aninhada nas colinas do noroeste algarvio e representa, ainda, um Algarve quase intocado, com belas paisagens naturais onde os burros trabalham a terra, os chocalhos das vacas animam as planícies e onde algumas das melhores praias de Portugal esperam por si.

Dia 9 – Carrapateira

A poucos quilómetros da aldeia da Bordeira, o cheiro da maresia leva-nos ao encontro da aldeia da Carrapateira e suas gentes. Local escondido e marcado pelos recortes irregulares das falésias, caracteriza-se pelas casas térreas colocadas quase lado a lado, subindo a encosta do monte e marcando, assim, profundamente a malha urbana da região.

A Carrapateira é uma vila tranquila e bonita, com duas emocionantes praias próximas, a Praia do Amado e a Praia da Bordeira, com uma costa selvagem, com falésias cor de cobre e coberta de arbustos amarelos e verdes.

Dia 10 – Sagres

sagres

Com vista para algumas das paisagens mais dramáticas do Algarve, a pequena e alongada aldeia de Sagres transmite a sensação de férias e descanso, com as suas falésias esculpidas pelo mar e uma fortaleza vazia e batida pelo vento acima do oceano espumante. É o local perfeito para terminar esta roadrip em Portugal, dado que Sagres é conhecido por possibilidade locais mais isolados, com praias sem grandes multidões, podendo, assim, desfrutar em pleno descanso antes de regressar à rotina.

Vamos viajar?

Veja também: