Publicidade:

Trocar a bateria do iPhone: quando, como e onde

O iPhone é um gadget brilhante, mas a sua bateria também falha. Descubra os sinais que revelam quando deve trocar a bateria do iPhone e como pode fazê-lo.

Trocar a bateria do iPhone: quando, como e onde
Saiba quando está na hora de trocar a bateria do iPhone

Os smartphones atuais são verdadeiras máquinas quer em termos de versatilidade, quer de potência. No entanto, todos os utilizadores se queixam do mesmo, independentemente da marca do dispositivo: a bateria. Saiba quando deve trocar a bateria do iPhone.

Longe vão os tempos em que se carregava o telemóvel apenas duas ou três vezes por semana. Atualmente, a grande maioria dos utilizadores carrega o smartphone todos os dias (ou até mais do que uma vez por dia).

Apesar de serem bastante diferentes das dos telemóveis antigos, as baterias dos smartphones também se desgastam (e nem a Apple contornou isso). Fique a saber quando deve trocar a bateria do iPhone.

Sinais de que está na hora de trocar a bateria do iPhone


Apple reduz a performance do iPhone para maximizar a bateria

No final de 2017, a Apple admitiu ter tornado alguns modelos mais antigos dos iPhone mais lentos, confirmando que colocou no iOS mecanismos que interferiam com o desempenho do dispositivo.

Muitos utilizadores terão sido levados a crer que tinham de comprar um iPhone novo, quando, na verdade, a mudança de bateria seria o suficiente para resolver o problema da performance.

A empresa americana emitiu um comunicado a pedir desculpa aos consumidores e a oferecer um desconto de 42 euros (o serviço fica por 24 euros) na substituição de bateria de iPhones mais antigos (modelos iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s, iPhone 6s Plus, iPhone SE, iPhone 7 e iPhone 7 Plus), até ao final de 2018.

No mesmo comunicado, a Apple afirmou que iria lançar uma atualização de software que permitirá aos utilizadores ter mais informação acerca do estado da bateria do seu equipamento, de forma a poderem perceber se a bateria está ou não a afetar a performance deste.

trocar bateria iphone

Quando trocar a bateria do iPhone?

Todas as baterias vão perdendo a sua eficiência ao longo do tempo e isto nota-se quando começam a precisar de ser carregadas com mais frequência, por exemplo.

Em média, assim que a bateria do iPhone ultrapassa os 500 carregamentos completos (ciclos), sugere-se que se substitua a bateria. De acordo com a Apple, “a bateria foi concebida para conservar até 80% da sua capacidade original após 500 ciclos completos de carga”.

Se for às ‘Definições’ e, depois, a ‘Bateria’, vai ver uma mensagem no canto superior do ecrã que indica que deve substituir a bateria (só consegue ver esta mensagem ou porque está perto de chegar aos 500 carregamentos completos, ou porque já atingiu essa marca).

Caso se depare com esta mensagem, pode notar que a bateria vai começar a durar menos tempo e que o dispositivo fica menos estável quando está com pouca bateria. Assim que isto aconteça, é recomendável que leve o telemóvel a um profissional para perceber se deve substituir a bateria ou tentar arranjá-la.

Outros sinais que podem revelar que a bateria precisa de ser mudada são:

  • Luz de fundo mais fraca do que o normal;
  • Volume de chamada mais baixo;
  • Ecrã encrava ao fazer scroll;
  • Jogos ficam mais lentos;
  • Algumas apps demoram mais a abrir.

bateria iphone

Como trocar a bateria do iPhone


Existem duas opções: ou leva o telemóvel a um profissional, ou resolve o problema sozinho. Se for arrojado e tiver jeito para este tipo de tarefas, pode encomendar uma bateria nova online e fazer a substituição. Existem kits com todos os instrumentos necessários e muitos sites com instruções completas. O iFixit é um site onde pode encontrar todas as instruções.

Caso prefira deixar a tarefa a cargo de profissionais, o mais aconselhável é contactar um centro de assistência autorizado Apple. O custo do serviço é de 64 euros (mas fica por 24 euros caso o utilizador tenha um equipamento elegível para receber o desconto que a marca dá até ao final de 2018).

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.