Covid-19
Especial Covid-19
Descomplicamos a informação sobre o novo Coronavírus
Luana Freire
Luana Freire
11 Mai, 2017 - 10:46

Fritar sem óleo? Descubra como fazer os fritos perfeitos (e saudáveis)

Luana Freire

Conheça a fritadeira sem óleo que está a mexer com as cozinhas portuguesas e descubra como escolher a melhor máquina para si e para os seus cozinhados.

Fritar sem óleo? Descubra como fazer os fritos perfeitos (e saudáveis)

Quem não adora uma boa dose de fritos estaladiços e cheios de sabor? É difícil resistir às batatas, ao frango e, até, aos legumes quando são crocantes e suculentos – certo? Se andou a fugir destes pequenos prazeres e acreditava que para manter a saúde em dia tinha de cortar os fritos da dieta, saiba que estava enganado. Pelo menos a partir de agora, ignorar este tipo de preparação e excluir os fritos da dieta é perda de tempo. Já chegou ao mercado a fritadeira sem óleo da Electronia e o novo gadget tem feito as delícias das famílias portuguesas.

Mas, antes de apresentarmos a novidade, que tal aprender mais sobre como escolher a fritadeira ideal para si e para a sua família? Fique atento às nossas dicas e escolha sem margem para enganos.

Conheça as fritadeiras do mercado

placeholder-1x1

Não sabe como escolher a melhor fritadeira? A grande dica é: opte pela que melhor se ajusta às suas necessidades. Para começar, precisa de saber que existem três grandes tipos de fritadeiras a ter em conta, e são os seus objetivos que vão definir qual é o mais indicado para si.

Fritadeira convencional

Esta é a fritadeira indicada para quem prepara poucos fritos e, por ter uma capacidade reduzida, é ideal para confecionar refeições para poucas pessoas. Ou seja, é perfeita para cozinhar pequenas porções de cada vez.

Semiprofissional

Esta é a melhor fritadeira para aqueles que não conseguem ficar longe dos fritos ou para as famílias mais numerosas. Por ter uma grande capacidade para os alimentos, é possível cozinhar maiores quantidade de comida em simultâneo.

Fritadeira com baixo teor de gordura

É fã das comidas mais saudáveis, mas, de vez em quando, também não abre mão de saborear comida frita? Então, a fritadeira sem óleo da Rádio Popular é a melhor opção para si. Isto porque exige apenas uma pequena quantidade de óleo, mas mantém os alimentos crocantes e suculentos, tal como as fritadeiras convencionais.

A nova fritadeira (quase) sem gordura

placeholder-1x1

Na hora das refeições, o aspeto saudável é o mais importante para si? Ou será que os médicos o aconselharam a seguir uma dieta com menos gordura? Seja qual for o caso, se comer para si tem de ser sinónimo de saúde, mas ainda assim não quer abrir mão do sabor e da textura dos fritos, temos para si a melhor opção de fritadeira: a ELECTRONIA HF-509D, da Rádio Popular.

Com baixo teor de gordura, este novo gadget é o melhor aliado de quem quer manter os fritos na prato e equilibrar a dieta de uma forma mais saudável. Enquanto que as fritadeiras “comuns” utilizam o famoso e temido mergulho em óleo a alta temperatura, a ELECTRONIA HF-509D requer apenas uma colher de gordura para fritar os alimentos. Mas, engana-se quem pensa que o resultado será inferior ao tradicional, pois a tecnologia deste novo gadget de cozinha permite manter o máximo sabor e a textura crocante que só os excelentes fritos conseguem apresentar. Isto é possível porque o ar e o óleo são sobreaquecidos, permitindo que seja recriado o efeito da fritura.

O modelo ELECTRONIA HD-509D está à venda na Rádio Popular, tem capacidade para 2,6 litros, cuba amovível e antiaderente, indicadores luminosos, temporizador de 30 minutos e temperatura regulável (80ºC a 200º graus). A fritadeira sem óleo inclui ainda tabuleiro para pizza e recipiente para massa de bolo.

Para além de mais saudável, a nova fritadeira da Rádio Popular é, também, conhecida por ser mais fácil de usar e lavar. Se está a ponderar levar para casa uma fritadeira nova, esta parece-nos a reunião perfeita de factores para investir na compra.

O que ter em conta na altura de comprar a fritadeira?

Há três questões que deve colocar na hora de levar para casa a sua nova fritadeira e as respostas devem, de facto, moldar a decisão de compra. Tome nota:

1. Verifique a capacidade de óleo e de alimentos

Se está de olhos postos numa fritadeira “saudável”, esta questão não será determinante. Isto porque a máquina praticamente não requer a utilização de óleo. Neste caso, verifique a capacidade de alimentos. Para famílias maiores, o ideal é apostar em máquinas com maior capacidade, por exemplo.

No entanto, se procura por uma fritadeira semiprofissional  ou convencional, esta é uma questão que deve mesmo influenciar na compra. A premissa de existor maior capacidade de óleo é preponderante para quem deseja utilizar a máquina para preparar vários pratos, enquanto que aqueles que vão cozinhar poucos fritos devem optar pelas máquinas com menor capacidade.

2. Tenha em conta a segurança

Por alcançarem altas temperaturas, é extremamente importante que verifique algumas características de segurança da fritadeira. Isto serve para evitar acidentes e queimaduras.

A primeira característica que deve analisar é o termostato. Esta é a opção que vai permitir saber a temperatura do óleo, sabendo se é seguro adicionar os alimentos ou retirar tudo no final da sua utilização.

Certifique-se que  a fritadeira tem a opção de paredes frias, pois esta função limita o seu aquecimento, permitindo manter uma temperatura uniforme no seu exterior.  Por último, escolha uma fritadeira com cesto amovível, que vai facilitar a colocação dos alimentos no óleo.

3. Verifique o tipo de limpeza

Acredite: limpar uma fritadeira pode ser uma tarefa morosa.  Neste ponto, o mais importante a analisar é a forma como vai retirar o óleo que foi utilizado. Há modelos que permitem o seu escoamento através de um compartimento amovível. A fritadeira sem óleo ELECTRONIA HD-509D, que mostramos neste artigo, tem duas vantagens neste quesito: a cuba é amovível e a quantidade de óleo a limpar é quase nula.

Preparados para os melhores fritos de sempre? Então digam adeus à culpa e olá à alimentação mais saudável. Agora, já não precisa de fugir das receitas estaladiças. Apostem no sabor com o novo gadget da Rádio Popular.

Bom apetite!

Veja também: