Publicidade:

Banco de Portugal está a recrutar

O Banco de Portugal está a recrutar técnicos para duas posições distintas. Conheça os requisitos para as posições, aqui.

Banco de Portugal está a recrutar
Fique a par das oportunidades

Banco de Portugal, banco central da República Portuguesa, tem como função regular e supervisionar todas as instituições bancárias portuguesas. Nas suas funções essenciais incluem-se a manutenção e estabilidade dos preços e a estabilidade financeira.

Além da sede em Lisboa, o Banco de Portugal conta com uma filial no Porto, agências no resto do país e duas delegações nas regiões autónomas. As suas atividades estão relacionadas com a política monetária, gestão de ativos e reservas, supervisão prudencial, resolução, política macroprudencial, supervisão comportamental, sistemas de pagamentos, regulação e fiscalização do mercado cambial, emissão de moeda, compilação e elaboração de estatísticas, produção de estudos e análises económicos, atividade internacional e relações com o Estado.

Estão abertas duas vagas para técnicos, para a sede, em Lisboa.

Oportunidades de emprego no Banco de Portugal


Técnico(a) superior de Contratação Pública

Esta posição tem como principais funções elaborar estudos e análises de mercado, desenvolver peças de procedimento e minutas de contrato, participar em júris de procedimento e elaborar relatórios de avaliação de propostas, entre outras tarefas.

Requere-se que o candidato/a tenha uma licenciatura pré ou pós-Bolonha, com parte escolar de mestrado em Gestão, Economia, Direito ou Administração Pública, com média igual ou superior a 14 valores. Pretende-se que tenha experiência profissional mínima de dois anos, na área de contratação publica.

Convém também que os/as candidatos/as detenham conhecimentos específicos de análise e estudos de mercado, avaliação de empresas e propostas, assim como conhecimentos de negociação. Pretende-se que sejam fluentes em inglês (oral e escrito), conhecimentos informáticos e capacidade de organização e cumprimento de prazos.

Pode candidatar-se até 19 de junho.

Técnico para a Unidade de Cooperação Internacional – Departamento de Cooperação Internacional

As principais responsabilidades desta função são preparar e acompanhar as reuniões e procedimentos escritos dos principais órgãos e grupos de trabalho internacionais com representação do Banco de Portugal, elaborar relatórios técnicos e reporte de reuniões, assim como apoio às comunicações com outros departamentos e unidades do BdP e outros organismos internacionais.

Requere-se que o candidato/a tenha uma licenciatura pré ou pós-Bolonha, com parte curricular de mestrado em Gestão, Economia ou Finanças, com média igual ou superior a 14 valores. Pretende-se que detenha experiência profissional relevante de 5 anos (mínimo), em áreas ligadas à regulação prudencial e análise do sector bancário. Conhecimentos de informática e domínio na língua inglesa, comprovada com certificação documental, são parâmetros obrigatórios.

Valorizam-se conhecimentos atualizados sobre os desenvolvimentos do sistema bancário, em particular do sistema bancário português e da União Europeia. As candidaturas estão abertas até dia 25 de junho, através da ficha de candidatura electrónica disponível no site do BdP.

Veja também: