Publicidade:

Já pode pagar qualquer valor com cartão no Pingo Doce

Após tanta polémica, o Pingo Doce volta a aceitar pagamentos com cartão em valores inferiores a 20 euros. Regra tinha sido imposta em 2012.

Já pode pagar qualquer valor com cartão no Pingo Doce
Pingo Doce altera as regras a partir de 2 de Janeiro

As notícias são boas para os clientes do Pingo Doce que, desde dia 2 de Janeiro voltaram a poder pagar com cartão as compras inferiores a 20 euros. A cadeia de supermercados da Jerónimo Martins volta a aceitar assim os pagamentos com cartão de débito sem limite de montante, o que facilita em muito a vida dos clientes.

A decisão já confirmada pela empresa, surge depois de “a Unicre ter reduzido as taxas de forma diferenciada para pequenos e grandes estabelecimentos e quando se perspectiva a criação de um limite comunitário às taxas dos cartões de crédito e débito”.

Implementada há mais de dois anos, a medida do Pingo Doce gerou muita polémica e revolta dos clientes na altura. Mas, segundo a Jerónimo Martins, “a limitação da utilização de cartões para pagamentos inferiores a 20 euros foi sempre uma medida de carácter transitório”. Já a justificação que circula nas lojas do Pingo Doce é que “se pretendeu facilitar a vida aos clientes”.

Estas e outras medidas são muitas vezes tomadas pelos comerciantes devido aos custos das comissões interbancárias a pagar nas transacções com cartões de débito. “O Parlamento Europeu deverá aprovar no primeiro trimestre do ano a proposta que limita estas comissões a 0,2% para os cartões de débito e a 0,3% no caso dos cartões de crédito. Esta proposta deve entrar em vigor até ao final do ano”.

Veja também:

O E-Konomista disponibiliza e atualiza informação, não presta serviços de aconselhamento fiscal, jurídico ou financeiro. O E-Konomista não é proprietário nem responsável pelos produtos e serviços de terceiros apresentados, por conseguinte não será responsável por quaisquer perdas ou danos que possam resultar de quaisquer imprecisões ou omissões. A informação está atualizada até à data apresentada na página e é prestada de forma geral e abstrata, tratando-se de textos meramente informativos, pelo que não constitui qualquer garantia nem dispensa a assistência profissional qualificada. Se pretender sugerir uma atualização, por favor, envie-nos a sua sugestão para: [email protected].