Inês Pereira
Inês Pereira
21 Mai, 2018 - 14:58
Teste de intolerância alimentar: o que deve saber

Teste de intolerância alimentar: o que deve saber

Inês Pereira

O teste de intolerância alimentar tem vindo a ganhar cada vez mais popularidade. Mas será que vale mesmo a pena? Fique a saber tudo sobre este teste.

O artigo continua após o anúncio

Ao contrário do que pode pensar, as intolerâncias alimentares não são uma raridade. De facto, cerca de um quarto da população portuguesa lida diariamente com este problema que obriga a uma dieta mais controlada e regrada. Talvez por isso mesmo cada vez mais pessoas procurem fazer um teste de intolerância alimentar para saber se padecem deste problema.

Claro está que o resultado do aumento da procura é o consequente aumento da oferta. Qual é o problema? No centro da discussão está a fiabilidade deste tipo de testes, que é muito questionada.

O que é a intolerância alimentar?

o teste de intolerância alimentar é muito popular

Em primeiro lugar, é importante compreender que alergia alimentar e intolerância alimentar são conceitos e problemas distintos, não devendo ser confundidos.

A intolerância alimentar acontece quando o organismo se vê incapaz de digerir um determinado alimento. Isto acontece devido à ausência da enzima que, nesse caso, seria necessária para o processo digestivo do alimento em causa. Uma das intolerâncias mais comuns é a que diz respeito à lactose.

Importa referir que existem vários graus de intolerância, pelo que a sua atuação em relação aos alimentos que perturbam o seu organismo também poderá variar.

Em alguns casos ficará proibido de os consumir; noutras situações poderá ter de fazer pausas no seu consumo apenas durante um período de tempo. O melhor será consultar um médico para ter o aconselhamento adequado.

No que se refere aos seus efeitos e sintomas, esta patologia manifesta-se de diversas formas, pelo que o diagnóstico nem sempre é simples:

Ora, neste sentido parecem claros os motivos que têm feito aumentar a popularidade do teste de intolerância alimentar.

O artigo continua após o anúncio

Teste de intolerância alimentar: o que é e utilidade

analises ao sangue

Em que consiste o teste intolerância alimentar?

Basta fazer uma pesquisa online para compreender que a oferta no que se refere a estes testes é grande, com várias clínicas a disponibilizar o serviço. Aliás, preços diversificados e promoções é o que não falta – há mesmo opções para todos os gostos. Dois tipos de teste de intolerância alimentar dominam o mercado: os testes sanguíneos e o VEGA test.

O primeiro é realizado através da recolha de sangue em laboratórios de análises e tem como objetivo avaliar a concentração de anticorpos IgG para as proteínas dos vários alimentos.

Já o segundo é realizado tanto em farmácias como em algumas clínicas médicas. Consiste em recorrer a uma espécie de caneta que faz disparos nas pontas dos dedos de modo a estimular impulsos nervosos. Cada grupo alimentar corresponde a um tipo de frequência e é através desses disparos que se pretende analisar a reação do corpo às referidas frequências dos alimentos.

O teste de intolerância alimentar é útil e fiável?

Apesar da sua popularidade, a verdade é que, segundo a Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica, estes testes não apresentam validade científica e são, na sua generalidade, realizados por profissionais não habilitados.

De facto, o teste de intolerância alimentar pode mesmo conduzir a restrições dietéticas erradas e exageradas, originando problemas nutricionais.

Assim, se sofre de alguma intolerância alimentar e quer tirar todas as dúvidas a limpo, talvez seja melhor ponderar bem e evitar o teste de intolerância alimentar. Consulte um imunoalergologista para que o avalie e diagnostique com recurso a metodologias apropriadas.

Veja também