Eczema numular: o que é e como tratar

O eczema numular é um problema associado à pele excessivamente seca e com vesículas vermelhas. Saiba como tratar.

Eczema numular: o que é e como tratar
Esta doença da pele atinge sobretudo adultos e idosos

Com causas ainda bastante desconhecidas, o eczema numular é uma doença com tendência a ser crónica, que se manifesta através da formação de lesões arredondadas (daí o nome), avermelhadas, com vesículas e até com formação de crostas.

Estas manifestações são geralmente causadas por um excessivo ressecamento da pele e por infeções de bactérias. Além destes sintomas visíveis a olho nu, este problema faz com que o paciente sinta bastante comichão, sobretudo na área das pernas, antebraços, tronco, mãos e pés.

O eczema numular não é contagioso e atinge principalmente pessoas na casa dos 70 anos. Duas pessoas em mil sofrem deste problema.

Eczema numular: causas

Apesar de não serem totalmente conhecidas as causas que levam ao aparecimento do eczema numular, podem ser apontados alguns fatores de risco:

  • Histórico familiar de problemas de alergias, asma e eczema atópico;
  • Pele com tendência para ser bastante seca;
  • Experienciar grandes alterações e variações de temperatura;
  • Consumo exagerado de cafeína;
  • Realizar tratamentos para a hepatite C (a exposição ao mercúrio pode levar ao desenvolvimento da doença);
  • Foram já registados casos de eczema numular posteriores a picadas de insetos ou a contacto com metal e produtos químicos.

Eczema numular: sintomas

Esta doença, tendencialmente crónica, surge geralmente em episódios de crises e surtos. Algumas lesões podem ser reativadas e podem aparecer outras novas, sobretudo quando o tratamento não é seguido à risca.

Os principais sintomas e formas de manifestação deste tipo de eczema são:

  • Placas redondas ou ovais na pele, sobretudo nas extremidades do corpo;
  • Essas placas tornam-se geralmente secas e escamosas, por vezes, com pus;
  • Comichão intensa;
  • Alterações do sono;
  • Desconforto constante;
  • Pele vermelha, inflamada e seca;
  • Infeções secundárias;
  • Lesões renovadas no local das antigas.

Estes sintomas tendem a piorar na altura do inverno, dado o clima seco e frio.

Eczema numular: tratamento

Para avançar para o tratamento, é essencial fazer um diagnóstico correto. Para isso deve visitar um dermatologista, que fará uma análise visual, analisará o histórico familiar e poderá ainda solicitar uma biópsia para descartar outros cenários possíveis.

Uma vez identificado o problema, segue-se a fase de tratamento. O eczema numular não tem cura, é uma doença crónica. O que se consegue é controlar o seu avanço e os sintomas associados.

Este tratamento é geralmente realizado com a aplicação tópica de pomadas com esteróides. Por vezes, quando o problema está mais avançado, pode ser necessária a toma oral, ou até mesmo a utilização de antibióticos.

Além disso, existem algumas boas práticas que pode adotar para evitar os sintomas e prevenir o problema:

  • Hidratação diária da pele;
  • Evitar banhos muito quentes;
  • Não utilizar sabões com muitos químicos;
  • Beber bastante água diariamente;
  • Preferência por locais frescos e húmidos;
  • Evitar roupas sintéticas e preferir o algodão;
  • Evitar roupas muito apertadas.

 

Veja também: