Publicidade:

Almoço no local de trabalho: 10 vantagens

Passar a hora de almoço no local de trabalho não tem de ser algo negativo ou sinónimo de trabalhar mais, pode mesmo ter muitas vantagens.

Almoço no local de trabalho: 10 vantagens
Aproveite a sua pausa da melhor maneira, mesmo sem sair do escritório

Ao contrário do que possa pensar, são muitas as vantagens de passar a hora de almoço no local de trabalho.

Há quem o faça por opção – para garantir uma alimentação mais saudável – e quem o veja como necessidade por falta de alternativa – por estar longe do centro, por necessidade de poupança ou mesmo por não gostar da oferta disponível nos restaurantes mais próximos. A verdade é que tem aumentado, nos últimos anos, o número de pessoas que aderiu à marmita e para quem o almoço no local de trabalho é uma rotina diária como qualquer outra.

Fazer uma pausa é sempre bom e recomenda-se, independentemente de sair ou ficar no escritório. Porém, nos dias de chuva e frio, por exemplo, poder passar a hora de almoço no local de trabalho é uma grande vantagem.

Depois de fazer a sua refeição, aproveite o tempo que lhe sobra para aquelas coisas que dificilmente consegue encaixar na sua agenda, para fazer algo que lhe dê prazer ou, simplesmente, relaxar.

Hora de almoço no local de trabalho: 10 coisas que pode fazer


1. Comer melhor e mais barato

Se levar o almoço de casa, sabe o que come – o que permite ter uma alimentação mais saudável – e gasta muito menos do que se for ao restaurante. Além disso, é uma forma de aproveitar as sobras que vai acumulando no frigorífico de refeições anteriores, evitando desperdício alimentar.

Importante será saber se tem disponível um micro-ondas no local de trabalho, para poder aquecer a comida. Caso não exista essa possibilidade, pode usar uma marmita térmica que mantém a comida quente por algumas horas, ou optar por pratos frios ou saladas.

Independentemente do menu, o mais importante é que coma, sentado, sem computador ou telemóvel e com calma. Essa deve ser a regra número a considerar na hora de almoço no local de trabalho, na rua ou em casa. Sim, é possível.

2. Socializar com os colegas

Ao passar a hora de almoço no local de trabalho, tem a oportunidade de conhecer um pouco melhor as pessoas com quem partilha a maior parte do seu dia, mas com as quais nem sempre tem tempo para conversar – pelo menos sobre outros assuntos, além dos profissionais – ou para se divertirem, a jogar matraquilhos ou bilhar. Há empresas que disponibilizam alguns jogos aos colaboradores.

Aproveite a hora de pausa para relaxar e conhecer melhor os seus colegas. No emprego também se podem fazer amigos e esta pode ser a altura ideal para isso.

3. Meditar

Durante a hora de almoço no local de trabalho, qualquer empresa fica, habitualmente, mais parada, com pouca gente e espaço livre. Sendo um momento de pausa, será fácil encontrar um lugar tranquilo – a sala de reuniões pode ser uma possibilidade – para colocar uma música calma ou sons da natureza, fechar os olhos e meditar por alguns minutos.

A meditação vai permitir-lhe recuperar energia e vai ajudá-lo a focar-se no que realmente importa. Assim, vai conseguir uma maior produtividade no período da tarde.

4. Aprender ou Atualizar-se

Outra atividade a que se pode dedicar durante a hora de almoço no local de trabalho é a aprender algo novo ou a atualizar conhecimentos. Dificilmente consegue arranjar tempo para isso, por mais que o considere importante para a sua profissão. Portanto, nada melhor do que aproveitar algum tempo da sua pausa para se dedicar a esse objetivo.

Quer ler um livro que há muito aguarda em cima da secretária, ouvir um podcast que não consegue acompanhar, um documentário que não acabou de ver ou assistir a um curso online que pagou mas que está constantemente a adiar, esta pode ser a uma oportunidade para começar.

Organize a sua hora de almoço de forma a conseguir dedicar alguns minutos à aprendizagem ou atualização de conhecimentos.

Saber mais, permite-lhe fazer melhor, dando respostas mais adequadas aos problemas e capacidade de abraçar novos desafios. Trata-se, essencialmente, de investir em si.

5. Mexer-se

Além de fazer refeições saudáveis, o exercício físico é essencial à saúde. Muitas vezes deixado para segundo plano em função de outras atividades, o exercício pode ser feito à hora do almoço. E não precisa de mais do que de 30 minutos por dia para ficar em forma.

Portanto, se estiver bom tempo, aproveite e saia um pouco, vá dar um passeio e apanhar sol, vá à mercearia que fica ao fundo da rua comprar os ingredientes para o jantar ou, simplesmente, faça alongamentos no local de trabalho. Uma aula de ioga pode ser uma possibilidade, proponha à empresa ou houver alguém com formação para tal, porque não?! Se passa muito tempo sentado, aproveite todo o tempo possível para se movimentar.

Receitas para a marmita do trabalho: 10 opções com muito sabor

6. Resolver pendentes

Há dias que está a adiar retribuir aquele telefonema? Precisa mesmo de marcar aquela consulta ou encomendar uns produtos que só encontra online e que tanta falta lhe estão a fazer? Faça uma lista de pendentes e aproveite a pausa de almoço no local de trabalho para resolver esses assuntos.

7. Planear

Planeie o resto do seu dia e da sua semana à hora do almoço. Aproveite a pausa para rever as suas prioridades, refletir sobre o que tem feito – e perceber se isso tem sido positivo e tem respondido aos seus objetivos e necessidades – e organizar uma lista de tarefas.

Distribua pelo seu dia tudo o que precisa de fazer, no campo pessoal e profissional e determine um tempo concreto para cada tarefa. Se possível, descreva o que pretende fazer, de que forma e porquê, com que objetivo. Isso vai ajudá-lo a perceber a importância de determinada ação e garantir que não se esquece de nenhum pormenor na hora de concretizar; vai conseguir manter-se focado nos seus objetivos e direcionar as suas energias para a concretização dos mesmos.

Escreva um sumário do que já fez ao longo da manhã e retifique o plano de atividades previstas para a tarde, de modo a que no final do dia sinta que foi produtivo e tenha a sensação de dever cumprido. Vai evitar o stress e dormir melhor.

8. Arrumar e organizar

Aproveite algum do tempo que lhe sobra da hora de almoço, para arrumar e organizar o seu espaço de trabalho. É trabalho, é um facto, mas serve, essencialmente, para que se sinta melhor no seu local de trabalho e é algo que só você pode fazer.

Se tem uma pilha de papéis que há muito precisa de organizar, trabalho que tem de arquivar, coisas sem utilidade que foi acumulando em cima da sua secretária e que o deixam nervoso só de olhar, é hora de pôr mãos à obra.

Evite o caos, um local de trabalho limpo e arrumado é fundamental para conseguir sentir-se confortável, concentrar-se e trabalhar melhor.

Pode ainda aproveitar para organizar tudo o que é essencial de outra maneira, de modo a ganhar mais espaço, se possível, ou simplesmente dar um toque diferente, renovado, para uma motivação extra. Para isso, basta um pormenor como uma fotografia, uma planta ou uma almofada na cadeira.

9. Dedicar-se a um hobbie

Esta pode ser uma forma de descansar, efetivamente, do trabalho, sobretudo se esse é rotineiro. Aproveite a pausa de almoço para fazer algo completamente diferente e que lhe dê especial prazer. Pode ser tricot ou crochet, desenhar, jogar, escrever ou organizar uma coleção de selos. Há mil e uma coisas que pode fazer. Escolha um hobbie e dedique-lhe algum tempo do seu dia. É uma oportunidade de relaxar, desenvolver outras capacidades que habitualmente não utiliza e, ao fazer algo de que realmente gosta, vai sentir-se mais feliz. Isso é fundamental.

10. Descansar

Sim, descansar, desligar-se do mundo e recarregar baterias. Se puder, feche os olhos durante alguns minutos, num sítio confortável – há empresas que têm espaços de convívio com puffs que são ideais para este efeito.

Em alternativa, pode almoçar no local de trabalho e depois ir até ao estacionamento, recostar o assento do seu carro e fazer uma pequena sesta, se for num espaço calmo, sem movimento.

Faça o que fizer, aproveite a sua hora de almoço no local de trabalho da melhor maneira. Mesmo que não saia da empresa é essencial desligar e aproveitar para fazer outras coisas, nunca para continuar a trabalhar.

Estas e outras ideias podem ter um peso relevante e muito positivo no seu bem-estar, o que vai refletir-se, inevitavelmente, no seu trabalho.

Veja também:

Elsa Santos Elsa Santos

Formada em comunicação, conta com uma vasta experiência na área. Do jornalismo ao marketing digital, a escrita é o elo comum. Apaixonada por histórias, tem desenvolvido, nos últimos anos, diversos projetos de storytelling, copywriting e locução. É mãe de duas crianças, o que não lhe dá superpoderes, mas a obriga a estar permanentemente ligada.