Publicidade:

8 coisas que não deve fazer na festa de Natal da empresa

Para saber o que não deve fazer na festa de Natal da empresa, deixamos-lhe dicas preciosas que deve seguir à risca, para não correr riscos.

8 coisas que não deve fazer na festa de Natal da empresa
Para não arruinar a sua credibilidade profissional

Há coisas que não deve fazer na festa de Natal da empresa. Sabe quais são? Não se preocupe, nós dizemos-lhe tudo.

Por esta altura, quase todas as empresas organizam um jantar de Natal. A iniciativa que se enquadra no espírito de partilha da época, e que tem como intuito a recompensa e o reconhecimento à equipa por todo o esforço realizado ao longo do ano, abarca outros objetivos e possibilidades.

Num momento especial e diferente de convívio e descontração entre todos os elementos é, fundamental, ainda assim, não se esquecer de que está com chefes e colegas. Portanto, há que ter algum cuidado com os excessos, manter um comportamento adequado, para não passar uma ideia errada de si àqueles com quem trabalha.

A época festiva é a oportunidade ideal para socializar, conhecer melhor os seus colegas e superiores, tal como para se dar a conhecer, especialmente se está há pouco tempo na empresa. Por outro lado, pode também ser uma oportunidade para deitar completamente por terra a sua boa imagem profissional.

O espírito natalício convida à partilha, mas há coisas que, com toda a certeza, não vai querer ou gostar de partilhar. Aproveite o momento, divirta-se, mas sempre dentro dos limites. Não se esqueça que apesar de ser Natal, há uma credibilidade a manter.

Mas, como sabemos que a festa de Natal da empresa pode representar uma verdadeira prova de fogo, preparamos um guia especial com 8 coisas que não deve fazer. Se o seguir, garantimos-lhe que vai conseguir passar com distinção.

Festa de Natal da empresa: 8 coisas que não deve fazer nunca


Festa de Natal da empresa: erros fatais a evitar e dicas para sobreviver ao festejo

1. Faltar

Faltar à festa de Natal está fora de questão. Este é um momento em que se espera que toda a gente esteja presente. É muito importante para os chefes que isso aconteça. Não vai querer ser a “ovelha ranhosa” do presépio, pois não?

Faltar ao jantar de Natal da sua empresa, é algo que pode mesmo ser visto como falta de educação, e isso não abona nada a seu favor. Claro que se tiver um motivo muito forte que o impeça, de facto, de estar presente, deve ter o cuidado de explicar as suas razões e agradecer a compreensão aos seus superiores. Porém, faça todos os esforços por marcar presença. É importante.

2. Beber demasiado

É fundamental que conheça os seus limites e saiba quando deve parar. Está no jantar de Natal da empresa, com os seus chefes e colegas de trabalho e, certamente que não vai querer que o vejam embriagado e a fazer más figuras das quais mais tarde vai sentir vergonha. Beba, mas com moderação.

3. Vestir roupa provocante

Há que ter algum cuidado com a indumentária escolhida para o jantar de Natal da empresa. Para o efeito, devem evitar-se decotes acentuados ou vestidos muito curtos e justos que evidenciem as formas e sejam considerados provocantes. Esse não será, certamente, o dress code adequado para o contexto. A opção ideal passará por um estilo elegante e discreto, sem exageros.

Veja 4 sugestões de looks para vestir no trabalho >>

4. Falar só de trabalho

Sabemos que é inevitável, estar com colegas da empresa e não falar de trabalho. No entanto, faça um esforço por falar de outros assuntos e aproveite a ocasião para conhecer melhor, a nível pessoal, os seus colegas e chefes, assim como para dar a conhecer outras vertentes suas. Tudo com limites. Evite ser indiscreto ou demasiado curioso.

5. Colar-se ao seu chefe e equipa

Numa grande empresa há várias equipas e chefes. Apesar de ser mais confortável estar junto daqueles com quem está habitualmente, aproveite para alargar contactos e conhecer outras pessoas.

Se quer impressionar o chefe, faça-lhe esta pergunta >>

6. Partilhar demasiado da vida pessoal

Num ambiente mais descontraído como é o jantar de Natal da empresa, é tentador e natural falar de outros assuntos para além do trabalho, mas tenha algum cuidado. O facto de se sentir à vontade e até criar uma especial empatia com alguém, pode levá-lo a partilhar demasiado da sua vida pessoal. Estabeleça limites. Não ignore que apesar do ambiente de festa, o contexto continua a ser de trabalho, está entre colegas e não entre amigos.

7. Levar um convidado

Se lhe passou pela cabeça convidar alguém para ir ao jantar de Natal da sua empresa, esqueça. Levar um amigos, namorados, familiares ou outros, está absolutamente fora de questão. A menos que essa seja uma sugestão da própria empresa. não sendo, ao faze-lo ficará mal visto.

Apesar de ser uma festa de Natal, é um evento profissional, organizado e financiado pela empresa onde trabalha.

Haverá outras oportunidades para apresentar a família e os amigos aos seus chefes e colegas, caso faça essa questão. Isso poderá acontecer se, por exemplo, saírem após o jantar.

8. Ser o último a chegar, o último a sair ou ausentar-se a meio

Não chega tarde ao trabalho, pois não? Então, também não queira chegar tarde a uma festa organizada pelos seus superiores. As festas de Natal das empresas têm como objetivo reconhecer e premiar o trabalho dos seus colaboradores, solidificar os laços entre os elementos da equipa de trabalho e permitir que todos se possam conhecer melhor e divertir-se de uma maneira mais informal.

Ainda assim, tudo é registado, de bom e de mau. Se por algum muito motivo muito forte tiver de sair a meio da festa informe o seu responsável direto antes do início da mesma ou, preferencialmente, na véspera.

Evite prolongar a sua presença no local das festividades, para além da hora e dos restantes elementos. Evite ser convidado a sair. Não perca o bom senso. No final do jantar, agradeça o convite ao seu anfitrião.

A festa de Natal da empresa pretende ser uma ocasião agradável capaz de aproximar e fortalecer relações entre os vários elementos da equipa de trabalho, de modo a entrarem num novo ano com uma motivação extra.

Aproveite, mas com moderação. São apenas algumas horas de festa que podem ter uma grande influência na sua imagem e também na sua carreira profissional.

Bom Natal!

Veja também:

Elsa Santos Elsa Santos

Formada em comunicação, conta com uma vasta experiência na área. Do jornalismo ao marketing digital, a escrita é o elo comum. Apaixonada por histórias, tem desenvolvido, nos últimos anos, diversos projetos de storytelling, copywriting e locução. É mãe de duas crianças, o que não lhe dá superpoderes, mas a obriga a estar permanentemente ligada.