Publicidade:

Como organizar um magusto em casa a rigor

Saiba como organizar um magusto lá em casa sem grandes dores de cabeça, sem rombos na carteira e com muita pinta.

Como organizar um magusto em casa a rigor
Dê as boas vindas ao S. Martinho em grande

O dia de S. Martinho (11 de novembro) é uma celebração com bastante tradição e importância em Portugal. É por isso que não poucas vezes procuramos ideias de como organizar um magusto lá em casa. Assam-se as castanhas, bebe-se a famosa jeropiga e, à bom português, convive-se (muito).

Se procura dicas e sugestões de como organizar uma tarde bem passada sem ter de gastar muito dinheiro e sem passar horas a fio a organizar este evento, fique connosco e espreite as dicas que temos para si.

Tudo o que precisa saber para organizar um magusto


magusto

Os indispensáveis

Na hora de ter tudo pronto e saber como organizar um magusto à maneira, tem de ter em atenção que existem itens absolutamente indispensáveis. Tome nota!

  1. Assador e brasas (sim, faça as castanhas cá fora, nem que seja na varanda, até porque certamente estará bom tempo graças ao famoso ‘Verão de S. Martinho)
  2. Castanhas
  3. Jeropiga, água-pé ou vinho novo
  4. Sal
  5. Folhas de jornal para servir as castanhas

Além disto, nada mais é essencial! Por isso não se martirize por se esquecer de um snack que viu na internet e queria servir ou de um acessório decorativo que não teve tempo de comprar. O que interesse é reunir as suas pessoas e todos juntos assarem as famosas castanhas!

Como assar as castanhas de forma perfeita?

magusto

Para saber como organizar um magusto inesquecível, as protagonistas da festa têm de ser assadas sem falhas. Acompanhe o nosso passo a passo.

  1. Comece por preparar as castanhas fazendo um golpe na horizontal, mas não a cortando totalmente em dois pedaços.
  2. Coloque-as numa taça com bastante sal por cima e pode também colocar umas pingas (só pingas mesmo) de água.
  3. Prepare previamente as brasas com um pouco de jornal e carvão e vá revirando as brasas de vez em quando.
  4. Coloque então as castanhas dentro do assador, polvilhe novamente com sal e deixe assar pelo menos 10 a 15 minutos.
  5. Retire as castanhas e coloque-as de imediato nos rolos feitos com as folhas de jornal.

Na verdadeira impossibilidade de assar desta forma tradicional, recorra ao forno (mas só mesmo em último caso). O processo é o mesmo, podendo adicionar um pouco de alecrim.

Organize vários jogos e atividades

Aproveitem também o magusto para fazer deste evento um momento de reunião e convívio com a família e com os mais pequenos.

Organize jogos tradicionais, jogos de tabuleiro, brincadeiras e atividades em grupo e teatros alusivos, por exemplo, ao São Martinho. Vai ser uma animação!

Dê asas à imaginação e deixe que a pequenada dê sempre o seu contributo. Sem que se aperceba, vai acabar por transformar o seu lanche de S. Martinho numa tarde de tradição.

Decore a sua casa a rigor

Festa que é festa precisa de decoração a rigor! E se já está a fazer contas à vida, não se preocupe, afinal de contas vamos dizer-lhe como organizar um magusto sem gastar muito! Vá com os miúdos apanhar folhas na rua, aproveite os ouriços das castanhas, peça-lhes desenhos alusivos à temática e depois vá espalhando estes elementos pela casa.

Folhas bem castanhas nas paredes, uma toalha de mesa acastanhada, cartolinas em forma de castanhas recortadas pelos mais pequenos ao pescoço de todos os participantes são obrigatórios!

Capriche na mesa do lanche, bem a rigor e com muitos elementos naturais. Faça um centro de mesa com ouriços e castanhas cruas e vai perceber o grande impacto que vai conseguir.

Rápido, barato, inclusivo e com um resultado incrível.

Incentive a participação de todos

Muito importante é incentivar a participação de todos os que vão lá a casa celebrar o magusto. Peça aos seus pais para levarem a jeropiga, aos irmãos para tratarem de umas entradinhas e aos miúdos para ficarem encarregues da decoração. As castanhas ficam por sua conta.

Com tudo dividido, a despesa não fica pesada para ninguém e o evento acaba por ganhar um sabor bem mais especial!

Curiosidades: conhece a lenda de S. Martinho?


É em honra desta personagem que se festeja o Magusto. E não é só em Portugal. Em Espanha e na Alemanha esta celebração também acontece, ainda que em diferentes moldes.

Mas então, o que tinha de tão especial este cavaleiro, monge e, posteriormente, santo? Foi no século IV, num outono duro e frio que um cavaleiro gaulês, chamado Martinho, tentava regressar a casa quando encontrou a meio do caminho, durante uma tempestade, um mendigo que lhe pediu uma esmola.

Há 12 bons motivos para amar o outono >>

Não tendo mais nada consigo, retirou das costas o manto que o aquecia, cortou-o ao meio com a espada, e deu-o ao mendigo. A lenda afirma que nesse momento, a tempestade desapareceu e deu lugar a um sol radioso e quente.

O milagre ficou conhecido como “o verão de São Martinho” e a verdade é que por esta altura de novembro, geralmente as temperaturas sobem e os dias ficam mais solarengos.

Foi a 11 de novembro que São Martinho foi sepultado na cidade francesa de Tours, sua terra natal, e é por esse motivo que a data foi a escolhida para celebrar o Dia de São Martinho.

Além de Portugal, outros países europeus fazem questão de festejar este dia. França e Itália, à semelhança de Portugal, tem a tradição das castanhas assadas. Já em Espanha, faz-se a matança do porco, e na Alemanha, acendem-se fogueiras e organizam-se procissões.

Veja também:

Limpeza e Arrumação