Publicidade:

Bem-estar no trabalho: 10 exercícios para fazer no escritório

Movimentos simples e rápidos, que podem fazer toda a diferença na forma como se sente, dia após dia. Conheça 10 exercícios para fazer no escritório.

Bem-estar no trabalho: 10 exercícios para fazer no escritório
Cuide da sua saúde e bem-estar, mesmo enquanto trabalha

Sabia que há exercícios para fazer no escritório que o podem ajudar a proteger a sua saúde e bem-estar, além de promoverem a sua produtividade? Se o trabalho o obriga a passar horas e horas sentado em frente ao computador, é muito importante que faça pausas e mexa o corpo.

O exercício físico é fundamental para combater o sedentarismo, o stress e prevenir doenças que afetam uma grande parte da sociedade. A prática em contexto laboral já não é uma novidade, pois é algo que começou a ser realizado e promovido em muitos locais de trabalho no início do século passado.

Sem comprometer o tempo que dedica às suas tarefas, ao incluir na sua rotina diária alguns exercícios para fazer no escritório, vai conseguir, de uma forma muito simples, prática e relativamente discreta, descontrair, relaxar o corpo e a mente, com benefícios extra para a sua saúde e, consequentemente, para a sua produtividade.

Além disso, os exercícios no escritório previnem doenças profissionais, ajudam na concentração, diminuem a sensação de cansaço ao fim do dia, entre várias outras vantagens.

Não adie mais. Comece hoje a mexer-se. Experimente 10 exercícios para fazer no escritório.

A importância de se exercitar no local de trabalho


subir escadas

Há pequenas atitudes que poderá ter todos os dias que podem melhorar a sua saúde e o seu bem-estar, sem grande sacrifício. Pode começar por ir a pé ou de bicicleta para o trabalho. Durante o dia pode fazer pequenas pausas e aproveitar para se mexer um pouco, caminhando pelo corredor, subindo e descendo escadas, efetuando alguns alongamentos.

Como resultado, vai sentir-se mais feliz, mais saudável, vai trabalhar melhor e produzir mais.

1. Caminhar

Este é o primeiro passo, caminhar. Caminhe sempre que possível. Muito ou pouco não importa, antes fazê-lo durante uns minutos do que ser totalmente sedentário.

  • Comece o dia a caminhar, vá a pé para o trabalho ou se usa transportes públicos, saia pelo menos uma paragem antes da sua;
  • Levante-se para beber água, para ir dar uma informação ou discutir uma ideia com um colega, em vez de enviar mensagem;
  • Use as escadas, esqueça o elevador;
  • Caminhe enquanto fala ao telemóvel com cliente;
  • Na hora de almoço, mesmo que leve a marmita, saia para arejar e “esticar as pernas”.

Andar a pé faz bem a tudo, das articulações ao coração, mas não só.

2. Alongamentos

Fazer alongamentos é muito importante para quem passa longos períodos na mesma posição. Como tal, deve fazer com alguma regularidade alongamentos da coluna, do pescoço, dos braços, das pernas, de modo a desentorpecer os músculos e relaxar.

A coluna é a parte do corpo que mais sofre com as longas jornadas de trabalho em frente ao computador, onde não faltam posições incorretas e repetitivas.

3. Abdominais

A prática deste tipo de exercícios é muito importante para proteger a própria coluna e isso consegue-se ao fortalecer o eixo do corpo, com uns abdominais fortes.

Sabia que mesmo sentado é possível movimentar os músculos da barriga? No entanto, pode sempre começar esse trabalho logo de manhã, antes de ir trabalhar ou ao fim do dia. Há vários exercícios que lhe permitem exercitar os abdominais.

10 exercícios de ginástica laboral


esticar os dedos

1. Alongue a coluna esticando os dois braços para cima, encostados à cabeça, ligeiramente atrás das orelhas, com os dedos entrelaçados durante trinta segundos. Em alternativa, ou como complemento, repita o exercício mas rodando o tronco, em períodos de quinze segundos, alternando para cada um dos lados.

2. Sentado na cadeira, endireite a coluna, estique as pernas o máximo que conseguir e aguente cinco segundos. Faça duas séries de dez.

3. Também sentado, rode a cintura o máximo que conseguir para a esquerda e permaneça assim durante cinco segundos. A seguir, faça o mesmo para a direita. Repita o movimento cinco vezes para cada lado.

4. Exercite os dedos. Mexa-os, um de cada vez. Estenda-os, abra-os e feche-os com cuidado.

5. A cada duas horas, pare e faça rotações dos pulsos, de forma alternada, durante um minuto. Ao longo do dia use o mesmo exercício para os tornozelos e para os ombros.

6. Alongue as pernas. Sentado na cadeira, com as costas direitas e abdominais contraídos, por rotação dos joelhos eleve os pés de modo a que as pernas fiquem paralelas ao chão. Faça pequenas sessões de um minuto, duas a três vezes ao dia.

7. Aproveite o tempo de espera em frente à impressora para se colocar em bicos de pés. Se se sentir à vontade, levante e baixe os pés vinte vezes. Se não, permaneça “em pontas” o tempo máximo que conseguir.

8. Com as costas direitas e encostadas à cadeira vire o pescoço para a direita e mantenha-se nessa posição por vinte segundos. Faça o mesmo exercício para a esquerda.

9. Ainda na posição anterior, tente tocar nos pés da cadeira (primeiro para a esquerda e depois para a direita) durante cinco segundos. Vai alongar a lombar.

10. Apoie as duas mãos na mesa (com o teclado no meio), estique os braços e mantenha a coluna reta. As orelhas devem ficar entre os braços. Permaneça assim durante 20 segundos.

Pode seguir outras dicas, nomeadamente, através das muitas aplicações online que pode descarregar e que ajudam a fazer exercícios simples, mas também a relembrar para fazer uma pausa e caminhar um pouco. O importante é dar movimento ao corpo, o mais possível, o que se vai refletir no seu bem-estar geral.

Veja também:

Elsa Santos Elsa Santos

Formada em comunicação, conta com uma vasta experiência na área. Do jornalismo ao marketing digital, a escrita é o elo comum. Apaixonada por histórias, tem desenvolvido, nos últimos anos, diversos projetos de storytelling, copywriting e locução. É mãe de duas crianças, o que não lhe dá superpoderes, mas a obriga a estar permanentemente ligada.