Publicidade:

Prepare as malas: 18 melhores destinos de InterRail para 2018

Esqueça os centros turísticos super explorados e atreva-se pelos melhores destinos de InterRail para 2018. Desvende os encantos de uma Europa ainda por descobrir.

Prepare as malas: 18 melhores destinos de InterRail para 2018
Descubra os segredos que a Europa guarda

A nossa lista inclui um vasto leque de países do velho continente. Do Norte ao Sul da Europa, passamos por Itália, Noruega, Alemanha,… E mais, muito mais. Confira os principais atrativos e pontos de interesse dos melhores destinos de InterRail para 2018 e decida quais quer mesmo ficar a conhecer. E, se tem 18 anos, fique a saber que há 15 mil passes grátis disponíveis.

Melhores destinos de InterRail para 2018: guia essencial para aventureiros


1. MONTEPULCIANO, ITALIA

interail 2018

Se aprecia as paisagens campestres, o bom vinho e a bom comida, a Toscana é a região indicada para si. O seu centro histórico mantém a mesma aparência desde o século XVI e, olhando o espaço envolvente, vai sentir-se como se estivesse dentro de uma verdadeira pintura.

2. BERGEN, NORUEGA

Uma cidade imponente, com uma belíssima paisagem natural. Bergen combina como nenhuma outra cidade as maravilhas da Natureza com a cultura urbana. Aqui pode ver o antigo moinho de Bryggen, classificado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, o qual merece, sem dúvida, uma visita. Deve ainda aproveitar para conhecer os vários museus e casas de espetáculo disponíveis. Bergen disponibiliza, ainda, um teleférico para alcançar o cimo do monte Floyen e desfrutar das melhores vistas sobre a cidade.

3. BERCHTESGADEN, ALEMANHA

1Fonte: Pixabay/FelixMittermeier

Para quem procura belezas naturais e deslumbrantes, Berchtesgaden é uma excelente opção. Descrito por muitos como um conto de fadas, neste destino encontra a segunda montanha mais alta da Alemanha: Watzmann. O principal atrativo desta cidade são as suas cadeias montanhosas e lagos de água cristalina. Ótimo para visitar em qualquer altura do ano, encontrará lugares para praticar quer desportos de inverno, quer desportos de verão e, ainda, fazer caminhadas no Parque Nacional de Berchtesgaden.

4. ESTRASBURGO, FRANÇA

Localizado no centro de uma área vinícola, Estrasburgo é digna de postal. As paisagens desta região da Alsácia parecem saídas de um filme da Disney, com as suas casas em madeira e ruas em pedra. Faça um roteiro pelas aldeias e prove os melhores vinhos da região.

5. ANDALUZÍA, ESPANHA

A Andaluzia é a região mais a sul de Espanha e, por isso, pode conter com bom tempo. Porém, há muitos outros atrativos. Deslumbre-se com o Palácio Alhambra, em Granada, explore o Alcázar de Sevilha e muitos outros monumentos de interesse histórico e arquitetónico.

6. SICÍLIA, ITÁLIA

1Fonte: Pixabay/FrancescaGagliardo

Embora seja uma ilha, é possível chegar de comboio à Sícilia, graças a uma inventiva obra de engenharia. Não se esqueça de colocar vários fatos de banho na mala, pois é impossível resistir às suas belíssimas praias. Por entre os banhos de sol e os mergulhos no mar, não deixe de desfrutar do melhor da gastronomia italiana. Aproveite ainda para visitar a maravilhosa cidade de Palermo.

7. COPENHAGA, DINAMARCA

Para o New York Times, Copenhaga é a cidade mais sofisticada de toda a Europa. Há quem considere mesmo que há várias cidades dentro desta mesma cidade. Ela oferece excelentes museus e uma ótima arquitetura urbana. Aí pode jantar num dos melhores restaurantes do mundo – Noma – famoso pela sua cozinha nórdica. É unânime a boa qualidade de vida que esta cidade proporciona.

8. PRAGA, REPÚBLICA CHECA

Preenchida por edifícios de grande valor arquitetónico, Praga é uma cidade riquíssima em termos culturais, mas também gastronómicos, nomeadamente no que respeita à cerveja, já que são conhecidos por produzir a melhor do mundo. Não se esqueça de passar pela Ponte de Carlos ao amanhecer, pois a vista e fenomenal.

9. PLOVDIV, BULGÁRIA

1Fonte: Pixabay/nikolabelopitov

Em 2019, Plovdiv será declarada Capital Europeia da Cultura e tem todas as razões para sê-lo. É a cidade continuamente habitada mais antiga da Europa. Porém, não pense que é uma cidade velha. Plovdiv soube adaptar-se muito bem à mudança dos tempos, disponibilizando uma grande número de discotecas e galerias de arte verdadeiramente vanguardistas. Se quer descobri-la sem as enchentes que a esperam no próximo ano, marque já a sua viagem.

10. VALE POSCHIAVO, SUÍÇA

Aqui, o principal ponto de interesse é o trajeto feito através do Bernina Express. Nesta viagem de 4 horas, passará por Chur, Davos, St. Moritz até Tirano em Itália, onde atravessará uma paisagem montanhosa espetacular. A última parte do percurso segue pelo Val Poschiavo, um deslumbrante vale no sul da Suíça que vale mesmo a pena visitar.

11. Praga, República Checa

praga

A capital da República Checa é conhecida pela arquitetura gótica, pelo ambiente descontraído, pela abundância de tours a pé – sim, é possível conhecer grande parte da cidade a pé – e, claro, pela cerveja.

12. Hvar, Croácia

Hvar é uma pequena ilha na costa da Croácia. Como é que se chega até lá? O destino de comboio é Split e depois é só apanhar um barco e fazer uma viagem de cerca de uma hora. É uma boa opção para descansar depois de algumas cidades onde terá de caminhar bastante e repor energias para os destinos seguintes.

13. Berlim, Alemanha

É a cidade alemã é ideal para um interRail mais cultural e vale bem a pena gastar dois ou três dias da viagem só em Berlim. A vista do topo do Rechstag Dome é imperdível e, claro, todos os museus que tenham a ver com a Guerra Fria valem a pena, pelo que este é sem dúvida um dos melhores destinos de interRail.

14. Amesterdão, Holanda

amsterdam

É a oportunidade perfeita para variar no meio de transporte (leia-se, andar de bicicleta) e não há melhor paragem para aproveitar a vida noturna. Amesterdão tem muito para oferecer, apesar de ser uma das cidades mais turísticas da Europa.

15. Bled, Eslovénia

Fuja do mainstream turístico: apanhe um comboio de Liubliana até Bled. Além de ser uma viagem acompanhada por uma paisagem única, tem à sua espera um castelo emblemático, dramático e com um alto potencial de inveja no Instagram. E, claro, não pode deixar de desfrutar da vista – ou dar um passeio de barco – no grande lago.

16. BARCELONA, ESPANHA

BARCELONA

A segunda maior cidade da Espanha é camaleónica. Barcelona reinventa-se em cada esquina, em cada bairro, em cada ponto de vista. Tem grandes avenidas, cultura, centros comerciais, indústrias e universidades. Tem também natureza, montanhas, parques e praias.

Mas é mesmo a deambular pelas ruas que perceberá a efervescência cultural evidente em vários exemplos góticos e modernistas, estampados em prédios e monumentos, alguns dos quais da autoria de Picasso, Miró e Gaudí.

17. BELGRADO, SÉRVIA

Um destino improvável, mas que vai surpreender por ser uma das cidades mais antigas da Europa, tendo Belgrado sido o berço da cultura pré-histórica mais importante deste continente: a cultura Vinča. Belgrado recebe anualmente, em média, 9 mil eventos culturais e é ainda palco de uma vida noturna diversificada e barata.

18. VIENA, ÁUSTRIA

VIENNA

Viena é a cidade mais populosa da Áustria e sede de várias organizações internacionais, como a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), abriga uma das quatro sedes das Organização das Nações Unidas (ONU) e a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA).

A música é um dos legados de Viena e por lá encontrará vestígios de verdadeiros prodígios musicais, como Mozart, Beethoven e Schubert. Mas a elegância de Viena não fica por aqui. É percetível pelas marcas do passado, com os luxuosos palácios de imperadores, jardins muito bem cuidados.

Quando visitar esta cidade, não perca ainda a oportunidade de assistir às tradicionais valsas vienenses e de desfrutar do ambiente nos cafés ou nas típicas tabernas austríacas.

Está na hora de pegar no mapa, traçar a rota e fazer-se aos carris!

Para mais informações, clique aqui >>

Quantos destes melhores destinos de InterRail para 2018 é que conhece? Aproveite esta excelente oportunidade para descobrir os encantos naturais e históricos de uma Europa que ainda tem muito (mesmo muito) para explorar. Siga já os melhores destinos de InterRail para 2018.

Veja também: