Publicidade:

6 pratos que não deve comer no restaurante

Há pequenos truques que pode começar a aplicar de modo a desfrutar mais da comida do restaurante. Fique a saber o que não deve pedir quando come fora.

6 pratos que não deve comer no restaurante
Fique a saber o que deve evitar nos restaurantes

Ir jantar ou almoçar fora é sempre agradável, mas existe sempre a desvantagem de não se saber ao certo que ingredientes é que foram usados e se a comida foi preparada nas melhores condições higiénicas.

Então, o que não devemos comer no restaurante? Esta lista dá alguns conselhos sobre as opções a evitar quando vai comer fora. As recomendações relacionam-se principalmente com alimentos que provavelmente não são frescos, não estão bem lavados ou não são especialidade.

O que não comer num restaurante: 6 pratos a evitar


1. Peixe às segundas-feiras

pratos de peixe no restaurante

De acordo com os chefs de cozinha, a maioria dos restaurantes encomenda o peixe às quintas-feiras. O que significa que na segunda-feira o peixe já estará no restaurante há pelo menos quatro dias e já não é peixe fresco. A não ser que esteja a comer num estabelecimento especializado em pratos peixe, ou num restaurante de pelo menos 4 estrelas, evite pedir um prato de peixe se for comer fora a uma segunda-feira.

2. Salada com alface iceberg

alface restaurante

A alface iceberg é uma qualidade de alface compactada que tem folhas um pouco frisadas. Atendendo à estrutura deste legume, é fácil perceber por que é que não deve ser pedido num restaurante: é uma grande fonte de germes e micróbios.

Mesmo que o restaurante lave a alface, esta nunca é tão bem lavada como se fosse em casa. É fácil a sujidade esconder-se nos cantos da alface e não ser bem removida. Se a salada ou o prato que pretende pedir incluir este legume, desista dessa ideia.

3. Prato de frango

pratos de frango restaurante

Muitos chefs criticam os pratos de frango dos restaurantes porque são demasiado caros e menos originais e criativos em relação a outras opções do menu. Além disso, acaba por não ser uma alternativa saudável, uma vez que os pratos de frango, geralmente, são servidos em porções maiores, o que vai fazer com que coma em excesso e não necessariamente com mais qualidade.

4. Bife bem passado

bife mal passado

Evite pedir um bife bem passado. Quando o faz está a diminuir a qualidade deste alimento, desprezando o trabalho de quem criou o animal e do talhante que preparou a carne.

5. Algo que não é a especialidade da casa

restaurante

Se for a uma marisqueira, não peça bifes. Se for a uma pizzaria, não peça saladas. Se for a uma casa de bifes, não peça massas. Deve identificar qual é a especialidade do restaurante e manter-se fiel a essa escolha, para ter a certeza de que vai ter a melhor experiência gastronómica possível naquele espaço.

6. Marisco longe de zona marítima

marisqueira

Se estiver numa região próxima do mar, vai ter mais certezas de que o marisco que vai consumir é fresco. Por outro lado, se estiver num restaurante localizado numa região do interior, quase de certeza que o marisco que vai pedir foi congelado, o que diminui bastante a qualidade dos alimentos.

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.