Publicidade:

Huawei Mate20 Pro: simplesmente fantástico

O Huawei Mate20 Pro acaba de ser lançado em Londres, juntamente com o Mate20. É o novo topo de gama da marca chinesa e é uma autêntica revolução.

Huawei Mate20 Pro: simplesmente fantástico
O novo topo de gama da marca chinesa

É o smartphone com o maior ecrã de sempre desenvolvido pela gigante chinesa. O Huawei Mate20 Pro é o novo topo de gama da marca e, para além de ser o maior de sempre, é também o mais rápido até agora, graças ao processador Kirin 980.

Review Huawei Mate20 Pro: melhor e mais rápido


Face ao anterior lançamento, o Huawei P20 Pro, o novo smartphone da série Mate foi pensado para ser melhor (ao nível de rapidez e eficiência) e com uma capacidade fotográfica também melhorada. Há um avanço considerável ao nível de processamento, design e construção.

O Huawei Mate20 Pro é o primeiro da marca equipado com o Android 9 Pie, sobre o qual opera o sistema operativo EMUI 9.0, desenvolvido pela marca. Este software permite um desempenho mais coeso e sem falhas, muito baseado na experiência do utilizador.

No que diz respeito ao design e construção, a Huawei foi mais longe ao apresentar o maior ecrã de sempre nos seus telemóveis, um AMOLED curvo de 6.3”. Há um maior aproveitamento das margens, mas não só. A ausência do botão home não é à toa, já que o mesmo está agora embutido debaixo do ecrã. Sim, só precisa de pressionar o ecrã para desbloquear o telemóvel.

A parte traseira também surpreende graças à disposição da triple camera do Huawei Mate20 Pro. Ao contrário do P20 Pro, as câmaras surgem agora numa disposição quadrangular, acompanhadas de um flash para formarem um quadrado perfeito no centro do telemóvel.

A bateria é outra das grandes novidades introduzidas pela Huawei. São 4200 mAh com uma capacidade de 15W. Graças à tecnologia quick wireless charging, pode carregar 70% do telemóvel em apenas 30 minutos. A novidade está no sistema Wireless Reverse Charging, que permite agora transferir bateria para outros aparelhos através de carregamento sem fios (bem-vindo ao futuro!).

A marca chinesa garante que este novo flagship carrega 160% mais mais rápido que o iPhone X. A concorrência forte à marca americana já é antiga e a Huawei gosta sempre de reforçar as principais diferenças entre modelos, apostando agora, ainda mais, na performance do seu topo de gama.

Huawei Mate20 ProFonte da imagem: Huawei/Divulgação

Ao nível de armazenamento interno, o Mate20 Pro mantém-se nos 128GB e nos 6GB de memória RAM. Aliado ao processador, um Kirin 980, este é, atualmente, o smartphone mais rápido de sempre, mas não só. Este é um processador melhor que os da concorrência, que permite reforça a Inteligência Artificial que a Huawei inclui nos seus produtos.

Nas câmaras, uma das grandes apostas da Huawei desde o P20 Pro, a marca mantém a parceria com a Leica e reforça a qualidade do aparelho neste aspeto. A triple camera traseira tem 40MP (wide angle, abertura de F1.8) + 8MP (telephoto, abertura de F2.4) + 20MP (ultra wide angle, abertura de F2.2).

A câmara frontal mantém-se nos 24MP (em relação ao P20 Pro), mas apresenta uma nova função: o 3D depth sensing. Esta tecnologia permite que, para além de poder desbloquear o telemóvel através de reconhecimento fácil mais rápido e fiável, conseguir também proteger outras aplicações com esse reconhecimento de fazerem login sem a sua permissão.

O Huawei Mate20 Pro é resistente à água, muito leve e facilmente manuseável. Em Portugal, estará disponível em três cores diferentes: Midnight Blue, Black e Twilight, as mesmas do P20 Pro. As reservas de pré-venda terão um smartwatch de oferta, sendo que a chegada às lojas deve acontecer no final de outubro.

 Especificações técnicas
 Ecrã  AMOLED curve de 6.3”
 Processador  Kirin 980
 Memória RAM  6GB
 Bateria  4200mAh, 15W
 Câmara Traseira (Principal)  Leica Triple Camera 40MP (abertura de F1.8) + 8MP (abertura de F2.4) + 20MP (abertura de F2.2)
 Câmara Frontal (Secundária)  24MP com 3D depth sensing
 Preço  A partir de 1000€

 

Veja também:

Luísa Santos Luísa Santos

Licenciada em Ciências da Comunicação - Jornalismo, Mestre em Multimédia, cantora sem diploma nas horas livres. Trabalha atualmente em Marketing e Comunicação, é viciada em redes sociais e fervorosa adepta do desenrasque.