Publicidade:

Saiba se deve usar trás ou traz e não caia mais no engano

Saber usar trás ou traz constitui uma grande dúvida de muitos falantes do português. Conheça agora as diferenças entre estes dois vocábulos.

Saiba se deve usar trás ou traz e não caia mais no engano
Conheça as regras de uso destas palavras

Na língua portuguesa, existem palavras muito similares, possuindo apenas pequenos detalhes que as distinguem umas das outras. Nesse universo de vocábulos temos as palavras homófonas, com som igual, mas grafia e significado diferentes. Dentro deste universo de palavras, surge a dúvida entre quando se deve usar trás ou traz. Partilha também desta dúvida? Então, confira as regras de seguida e aprenda a utilizar estes dois vocábulos que fazem parte da língua portuguesa de forma correta, distinguindo entre trás ou traz.

Deve usar trás ou traz?


trás ou traz

1. Trás: advérbio de lugar

A palavra “trás” é um advérbio de lugar, indicando uma situação posterior, ou seja, atrás, após. Este advérbio de lugar vem sempre seguido de uma preposição, normalmente “de” ou “para”, formando, dessa forma, uma locução adverbial. Esta palavra é ainda frequentemente utilizada na locução prepositiva “por trás de”, tendo a sua origem no étimo latino “trans”.

Exemplos de utilização desta palavra:

  • Quando ouvi barulho, olhei para trás e vi o que se passava.
  • Eu gosto de viajar no banco de trás do carro.
  • Os materiais estão por trás da secretária.
  • Vai para trás da fila e respeita a tua vez.

2. Traz: forma do verbo trazer

“Traz” é uma forma do verbo trazer, no presente do modo indicativo, na 3ª pessoa do singular. Pode também ser usado no modo imperativo, relativamente à 2ª pessoa do singular. Provém do étimo latino “trahere”, sendo um verbo irregular, não se encaixando, por isso, nos modelos habituais de conjugação verbal da língua portuguesa, sofrendo, quando é conjugado, alterações nos radicais e nas terminações.

Este verbo é frequentemente utilizado, podendo ter diversos significados. Assim, pode referir-se ao ato de transportar ou encaminhar para um lugar, mas também pode ser sinónimo de dar, vestir, apresentar, sugerir, herdar, manter, entre outros.

Exemplos de utilização:

  • Traz para aqui o livro. (modo imperativo, 2ª pessoa do singular)
  • Ele traz a Joana de carro. (presente do indicativo, 3ª pessoa do singular)
  • O Luís traz a caixa de ferramentas. (presente do indicativo, 3ª pessoa do singular)
  • Joana, traz os talheres para a mesa! (modo imperativo, 2ª pessoa do singular)

Outras palavras homófonas

  • hera / era
  • conserto / concerto
  • cem / sem
  • censo / senso
  • paço / passo
  • xeque / cheque
  • cozido / cosido
  • conselho / concelho
  • voz / vós
  • ouve / houve
  • acento / assento
  • noz / nós
  • cozer / coser

Não confundir com palavras homónimas, homógrafas e parónimas

Como referido anteriormente, usar trás ou traz faz parte de uma dúvida referente a palavras homófonas. No entanto, também existem outros tipos de palavras facilmente confundíveis em português:

Homónimas: grafia e som iguais, significado diferente
Exemplo: Vou depositar dinheiro no banco. / Vou sentar-me neste banco.

Homógrafas: grafia igual, som e significado diferentes
Exemplo. Come-se a sopa com colher. / Vou colher aquelas flores.

Parónimas: grafia e som semelhantes, significado diferente
Exemplo: Qual é o comprimento da saia? / Tem de haver cumprimento de regras.

Veja também:

Catarina Mesquita Catarina Mesquita

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Ingleses, Pós-Graduada em Linguística Portuguesa e Mestre em Estudos Portugueses Multidisciplinares, possui experiência de mais de quinze anos ao serviço da educação, da tradução e da escrita.