Catarina Mesquita
Catarina Mesquita
19 Abr, 2018 - 10:08
Conselho ou concelho: saiba distinguir

Conselho ou concelho: saiba distinguir

Catarina Mesquita

Possui muitas vezes a dúvida relativa ao uso de conselho ou concelho? Preste então atenção à explicação que preparamos.

O artigo continua após o anúncio

Usar conselho ou concelho pode gerar várias dúvidas junto dos falantes da língua portuguesa. São ambas palavras existentes no Português, é um facto, contudo, existem diferenças evidentes de utilização e de significado. Convém, portanto, conhecer bem as regras de utilização destes vocábulos.

Estas são, na verdade, aquilo que na gramática portuguesa chamamos de palavras homófonas, ou seja, palavras que se lêem da mesma forma, mas que possuem grafia e significado diferentes. Outros exemplos de palavras homófonas são “acento” e “assento, “cozer” e “coser”, “nós” e “noz”, ou “sinto” e “cinto”, “cela” ou “sela”, entre muitas outras existentes.

Confira então, de seguida, quando usar conselho ou concelho e tire, de uma vez por todas, as suas dúvidas relativamente a este assunto.

Usar conselho ou concelho?

concelho ou conselho

1. Conselho

A palavra “conselho” tem a sua origem no étimo latino “consilium”. Pertence à classe gramatical do nome, género masculino, referindo-se a uma opinião dada, um aviso, uma advertência ou até mesmo um ensinamento.

Paralelamente, diz respeito a um grupo de indivíduos que se juntam para deliberar sobre determinados assuntos e temas, como é o caso de um “conselho de ministros” ou de um “conselho de administração”. É também o nome de vários corpos consultivos junto de certas repartições de administração pública. Escreve-se, portanto, com “s”.

Exemplos:

– Devias seguir o meu conselho e fazer o que te indiquei.
– Que decisões foram tomadas pelo conselho de ministros?
– Costumas seguir os conselhos que te dão?

2. Concelho

Quanto à palavra “concelho”, tem a sua origem no étimo latino “concilium”. Tal como “conselho”, pertence também à classe gramatical do nome, género masculino. Refere-se a uma divisão administrativa de território, a uma circunscrição administrativa ou subdivisão de distrito, sendo sinónimo de “município”. Escreve-se, pois, com “c”, e é uma palavra muito mais usada em Portugal do que no Brasil.

O artigo continua após o anúncio

Exemplos:

– O concelho do Porto fica no norte de Portugal.
– Vivo no concelho de Setúbal.
– Há muitos concelhos no nosso país.

Como pode observar e analisar, estas regras são bastante simples, sendo fácil, se as conhecer, saber se usa conselho ou concelho. Efetivamente, são palavras muito diferentes em significado e não devem ser confundidas por todos aqueles que falam a língua portuguesa. Reflita com atenção sobre toda a informação que lhe deixamos sobre o assunto e veja as suas dúvidas dissipadas sobre esta questão. Saber falar e escrever bem a língua portuguesa é essencial.

Veja também: