Ana Canavarro
Ana Canavarro
13 Fev, 2019 - 18:49
Cidades europeias para visitar num fim de semana

Cidades europeias para visitar num fim de semana

Ana Canavarro

À procura das mais incríveis cidades europeias para visitar num fim de semana? Já chegou ao sítio certo.  Venha connosco nestas escapadinhas.

O artigo continua após o anúncio

Procurar cidades europeias para visitar num fim de semana não é tão difícil como possa parecer – e já vai comprovar esta verdade.

Viajar, para algumas pessoas, é um verbo que se conjuga com regularidade, certo? Mas, ao fim de semana? Claro que sim. Há cidades europeias nos sonhos dos viajantes que estão mesmo aqui ao lado e que não levam muito tempo a chegar, nem a conhecer. As facilidades de transporte que as companhias aéreas oferecem são cada vez maiores e afastam as desculpas que adiam sair de fronteiras, partindo para uma escapadinha que promete ser fantástica (ainda que rápida).

O que deve fazer? Planos para ocupar o fim de semana de acordo com as suas preferências do momento – como visitar museus ou feiras de moda, espreitar a riqueza arquitetónica e os estilos de vida dos locais, ou ainda optar pelo simples prazer de descansar num spa e comer bem num fim de semana verdadeiramente espetacular.  O que torna esta experiência possível e uma realidade? A sua disposição e, claro, a nossa lista com 7 sugestões de destinos na Europa a não perder – nem que seja para ir por dois dias.

Vamos levá-lo a algumas cidades europeias que sempre sonhou visitar e aproveitamos para abrir-lhe um pouco o apetite.

Cidades europeias para visitar num fim de semana

1. Barcelona

barcelona
barcelona

Conhecer a cidade catalã não é tarefa fácil para um fim de semana, é verdade. Mas, não se deixe intimidar: este é um sítio maravilhoso, onde não faltam são sítios para visitar e bons motivos para voltar.

Não deixe de ir ver os clássicos com que que Antoni Gaudí presenteou a cidade, o Parc Güell, a casa Milà – também conhecida como La Pedrera -, a casa Batlló ou a Sagrada Família – que é uma das suas principais atrações. A esta obra não finalizada do famoso arquiteto deverá dedicar tempo – uma tarde, pelo menos. Recomendamos que compre os bilhetes de entrada pela internet para evitar as filas.

2. Cannes

cannes

É uma cidade do sul da França, situada à beira do mar Mediterrâneo, na luxuosa Côte d’Azur. Famosa por albergar o Festival de Cinema de Cannes, o maior evento mundial da categoria, é também um destino turístico por excelência e morada de muitos famosos que lá possuem as suas casas de férias.

Lojas de luxo na cidade não faltam. À beira mar, pode passear pela avenida da Croisette (Boulevard de La Croisette) e desfrutar de todas elas.

O artigo continua após o anúncio

Para além do festival de cinema, a cidade é também conhecida pela realização de feiras  – como por exemplo a Midem, a feira mais importante para a indústria da música, e o MIPIM, a maior feira de propriedades do mundo.

Visite a parte velha da cidade, a Igreja Notre-Dame de l’espérance e a Tour de Masque. Ah, e faça uma visita ao museu Castre.

3. Florença

florença
florença

Museus, igrejas, monumentos, praças e edifícios seculares fazem desta cidade um destino inesquecível. A não perder: a Basílica di Santa Maria del Fiore, que está situada no Centro Histórico de Florença e possui um trabalho de mosaico em mármores coloridos.

Mais para oeste, pode ir ver o Batistério de São João, um prédio religioso que se acredita ser o mais antigo da cidade e é famoso pelas suas portas de bronze – atuais cópias das originais.

Outro ponto obrigatório é a Ponte Vecchio, um símbolo do romantismo – quem nunca ficou apaixonado só de olhar para a ponte repleta de cadeados colocados como prova de amor? Uma atração indiscutível.

Um dos lugares mais animados da cidade é a Piazza della Signoria, por isso, tome nota de mais uma visita a fazer.

4. Genebra

genebra

Cidade cosmopolita por excelência, rotulada de mais cara, mas encantadora. Berço de organizações internacionais e não-governamentais (ONG), que lhe dão imenso prestígio, a cidade encontra-se na parte francesa do seu país- ou cantão francês, uma vez que a Suíça se encontra dividida em quatro cantões. Muito verde se espalha pela sua geografia, devido aos parques que possui, e prometem ser um deslumbre à parte.

Para ver: o Jet d’Eau, que é o emblema da cidade, e o Jardin Anglais, com o seu relógio de flores (Horloge Fleuri). Se o tema lhe interessa, deve visitar o Museu Pathek Philippe, onde pode deliciar-se com todo o tipo de relógios.

O artigo continua após o anúncio

A Place Bourg de Four fica na parte antiga da cidade, onde encontra restaurantes e lojas de antiguidades. A catedral de S. Pedro é, também, outro ponto de muito interesse turístico.

5. Eindhoven

Eindhoven

Está, normalmente, fora dos roteiros turísticos, mas devia chamar a atenção: afinal, é um centro tecnológico por excelência. Ligada à história da Philips, é  também muito famosa na área do Design – já ouviu falar na renomada Semana Holandesa de Design?

Conhecida como “a cidade da luz” – sim, não é só Paris -, devido à existência da fábrica de fósforos e das lâmpadas da Philips, Eindhoven fica situada no sul da Holanda e próxima às fronteiras da Alemanha e da Bélgica.

A visitar: Van Abbemuseum, que possui uma colossal coleção de pinturas de El Lissitzky, mas também obras de Pablo Picasso e Kandinsky; a vila de Nuenen, que fica perto de onde viveu Vincent Van Gogh; o Museu Philips, que conta a história de sucesso da empresa; a Igreja de Santa Catarina, famosa pelos seus vitrais; o Genneper Parken, um dos muitos espaços verdes da cidade; e o Designhuis, espaço de cultura, design e tecnologia. Se é amante de futebol não deixe de visitar, também, o Estádio do PSV Eindhoven.

Et voilà! Está concluída a nossa lista de cidades europeias para visitar num fim de semana. Algumas são menos conhecidas, talvez mais pacatas, mas cheias de histórias para contar. Agora só falta mesmo decidir e ir! Parta à aventura.

Veja também: