Assunção Duarte
Assunção Duarte
31 Jan, 2024 - 14:17

Saiba como criar uma página de negócio no Facebook

Assunção Duarte

Descubra. passo a passo, como criar uma página de negócio no Facebook e
explore a vertente comercial desta rede social.

Criar um página de negócio no Facebook ainda é o melhor “negócio” que pode fazer se quiser promover a sua marca, produto ou serviço online.

Apesar desta rede parecer não atrair muitos utilizadores mais jovens, que apostam em redes sociais mais vocacionadas para o entretenimento como o TikTok ou o Instagram, o Facebook continua a ser uma das plataformas mais visíveis em todo o mundo para construir e fazer crescer um negócio online com o menor investimento financeiro possível.

Com mais de 2900 milhões de utilizadores mensais ativos em todo o mundo e com cerca de 200 milhões de empresas representadas no Facebook, esta continua a ser a plataforma mais utilizada para a promoção de negócios e empresas.

Contra tudo e contra todos, o Facebook mantém-se bem vivo e continua mesmo a crescer em número de utilizadores em várias regiões do mundo. Só em Portugal existem cerca de 8,44 milhões de utilizadores ativos no Facebook, o que significa que cerca de 87% da população total do nosso país pode ser um potencial cliente.

Claro que se o seu negócio for direcionado para um público alvo mais jovem, aconselhamos que não se esqueça de marcar presença também nas outras plataformas, mas se o objetivo é ter maior visibilidade e chegar a mais público de todas as idades, é mesmo nesta rede social que tem de estar. 

Negócio no Facebook: o que difere de uma página habitual?

Ferramentas de gestão gratuitas

Ao contrário de um perfil individual no Facebook, uma página comercial oferece ferramentas que permitem gerir e acompanhar a forma como os visitantes da sua página se relacionam com as suas publicações.

Por exemplo, poderá saber uma série de dados demográficos úteis sobre eles como a sua idade, género ou onde vivem. Pode também saber  em que altura visitam a sua página, em que publicações mais comentam ou mesmo quantos o visitam regularmente e quem são eles. 

Só por esta amostra já consegue perceber que será muito mais fácil monitorizar o desempenho da sua página e gerir o conteúdo que publica nesta modalidade de perfil.

Estas ferramentas gratuitas, a que acede quando cria uma página de negócio no Facebook, vão permitir-lhe construir uma relação de proximidade com os seus visitantes, clientes atuais ou futuros.

Elas possibilitam-lhe definir de forma mais eficaz a interação que quer ter com eles, orientando a sua estratégia de promoção de produtos, serviços e marcas ou mesmo de gestão de eventos ou causas que lhes queira associar. 

Ferramentas pagas

Criar uma página de negócio no Facebook vai permitir também a divulgação de anúncios pagos para aumentar o seu número de seguidores.

Ao pagar pelo seu anúncio pode decidir quem o vai ver (idade, género, localização e interesses) deixando de estar sujeito ao algoritmo habitual da plataforma. Com a vantagem de que o Gestor de Anúncios vai permitir-lhe adicionar ao anúncio um botão de apelo à ação (CTA – Call-for-action) para incentivar o visualizador a interagir com o mesmo de acordo com os objetivos da sua campanha. 

Esta espécie de botão de clique, que normalmente aparece com uma cor de destaque, vai sugerir algum tipo de ação face ao anúncio que aparece e que é pré-determinada quando cria o seu anúncio.

Por exemplo, nesse botão pode aparecer escrito “Learn More” (Saber mais), “Buy Now” (Comprar Agora), “Sign Up” (Registe-se), ou outras funcionalidades que ache mais pertinentes para a sua campanha como Reserve agora ou Contacte-nos.

Já no que diz respeito ao conteúdo do anúncio poderá escolher o formato que mais lhe convier. Pode gravar um vídeo, criar uma imagem, um texto ou outro formato (Gif-animado, etc) e definir previamente o que mais lhe interessa obter (likes na página, visitas ao site, visualizações de vídeos, reações aos posts, ou outros). 

Dependendo do tipo de negócio que vai promover na sua página, pode ser benéfico investir do Facebook Ads já que o investimento pode não ser muito avultado.

Por exemplo, com 1€ por dia poderá atingir até cerca de 4000 pessoas, sendo que o preço médio para a gestão dos seus anúncios poderá rondar os 155€/mês (valores que podem variar entre os 45€/mês e os 400€/mês de acordo com as definições e funcionalidades que agregar a cada anúncio).

Claro que a gestão deste anúncios pode ser feita por agências especializadas em marketing digital ou outros profissionais liberais que atuam no sector, mas se quiser aventurar-se sozinho a Meta oferece alguma informação útil e acessível para fazer as primeiras campanhas. (Ver Facebook Ads).

6 passos para criar uma página de negócio no Facebook

1

Crie um perfil ou utilize o que já possui

Pode utilizar o seu perfil pessoal para criar a nova página ou criar um novo perfil na modalidade habitual para associar à sua nova Página Comercial (Company Page) que será o administrador.

Se utilizar o seu perfil pessoal, este ficaria vinculado à nova página. Aconselhamo-lo a criar um novo, só para manter a sua vida pessoal separada da profissional (se for do seu interesse) apesar de ser possível esconder que é o administrador dessa nova página.

2

Crie a nova página

Entre no perfil individual e, na barra azul, na parte superior do site, pode escolher a opção Criar uma nova página, seleccionado a categoria Negócio ou Marca. Depois clique em começar.

3

Defina o nome da sua página

Esta é uma fase determinante de todo o processo já que o nome que escolher irá funcionar como um verdadeiro logótipo para o seu negócio.

Por esta razão, aconselhamos-lhe que faça uma pesquisa prévia para ver se já alguém está a utilizar algum nome parecido. Se isso acontecer, tente distanciar-se, especialmente se esse nome parecido atuar na mesma área comercial onde pretende atuar.

Tenha também atenção à definição da categoria em que pretende inserir o seu negócio. Escolha palavras que tornem visível o tema do seu produto ou serviço, para que mais facilmente a sua página seja encontrada por quem lhe interessa.

Nesta fase irão aparecer diversos campos para preenchimento como o endereço e os contactos. Saiba que não precisa mostrar o seu endereço local completo se assim o entender, optando por informar apenas a sua localização genérica, como o nome da sua cidade e país.

4

Adicione imagens e uma boa descrição

É neste passo que vai dar realmente vida e cor à sua página de negócio no Facebook. Dê especial atenção à imagem de capa porque vai ser a que terá maior destaque e funcionará como o seu cartão de visita.

Uma breve descrição também é importante. Poderá utilizar os 255 caracteres de forma eficiente, escolhendo palavras que facilmente possam direcionar os interessados no seu negócio até si quando pesquisarem palavras idênticas nos motores de busca.

5

Selecione um bom endereço

Clique em criar @nomedeutilizador da página no canto superior esquerdo para personalizar o URL da sua nova página. Se o nome do seu produto, serviço ou marca ainda não estiver em uso no Facebook, essa será sempre a melhor opção, mas se já estiver procure variantes que ainda assim o possam incluir.

6

Mantenha-se ativo nas publicações

Uma vez criada a página, o seu trabalho só agora começou. Não deixe de manter o ritmo de publicações ativo e regular. Pode fazê-lo revelando informações pertinentes sobre o seu negócio, mas também apostando em conteúdo capaz de o promover através do entretenimento.

Lembre-se que essa é a estratégia para criar empatia com os seus futuros clientes e que o algoritmo do Facebook dará maior visibilidade à sua página se obtiver mais likes nas suas publicações.

Veja também

Artigos Relacionados