Clara Henriques
Clara Henriques
07 Jun, 2015 - 07:55
Companhias aéreas querem colaboradores que falem português

Companhias aéreas querem colaboradores que falem português

Clara Henriques

Falar português é um requisito cada vez mais importante para as empresas internacionais. Esteja atento!

O artigo continua após o anúncio
Se a afluência em várias línguas já é um dos requisitos fundamentais para as companhias aéreas recrutarem os seus colaboradores, saiba que o português é uma das línguas que tem sido cada vez mais valorizada pelas empresas no ato da contratação.
Já tinha sido notícia que as companhias aéreas American Airlines e Air Canadá davam preferência a pessoas que dominassem o português, mas sabe-se agora que as duas companhias abriram uma nova vaga de contratações onde exigem mesmo que se saiba falar a língua de Camões.

Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si a informação de emprego mais relevante.

American Airlines

Se estiver interessado em trabalhar na American Airlines, saiba que a empresa norte-americana está a disponibilizar vagas para assistentes de bordo. Para além da língua portuguesa, “os candidatos devem dominar o inglês, (saber falar, escrever e ler), serem capazes de lidar com situações difíceis, resolver problemas e queixas e ter excelentes capacidades de comunicação e interpessoais”.
Se tiver 20 anos ou mais, candidate-se aqui!
A American Airlines garante uma formação em Dallas, entre 6 e 12 semanas, “sendo depois transferidos para a cidade que lhes for atribuída como base”.

Air Canada

Já  a Air Canada está a recrutar profissionais que saibam falar português para variadas funções, tais como agentes de serviço e vendas. Em comunicado, a multinacional revela que tem vagas para Vancouver, Toronto e Montreal.

Veja também:
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp