Inês Silva
Inês Silva
29 Abr, 2019 - 02:43
Talkdesk está a aceitar candidaturas ao programa Tech Dojo

Talkdesk está a aceitar candidaturas ao programa Tech Dojo

Inês Silva

A Talkdesk tem 50 vagas para preencher e quer contratar jovens talentos da área tecnológica. Saiba como se pode candidatar.

O artigo continua após o anúncio

A Talkdesk, empresa líder mundial que desenvolve software baseado em cloud para centros de contacto, lançou a 2.ª edição do programa Tech Dojo com o objetivo de contratar 50 jovens talentos da área tecnológica. O programa tem como alvo os recém-licenciados e mestres das áreas de engenharia informática, programação e data science.

Na 1.ª edição, que decorreu no ano passado, foram recrutados 18 jovens para integrar a empresa. Este ano, o número de vagas disponíveis aumentou para as 50, distribuídas pelos escritórios da empresa em Lisboa, Porto e Coimbra.

Francisca Matos, diretora de talento da empresa, explica que “o Tech Dojo é um programa que vai buscar talento diretamente às faculdades, dando aos jovens a oportunidade de integrar o projeto verdadeiramente global que é a Talkdesk. A ideia é proporcionar-lhes uma experiência de aprendizagem rápida e de exposição a diversas realidades técnicas dentro da empresa, com a expetativa de que venham depois a desenvolver as suas carreiras connosco”.

Recrutamento Talkdesk: todas as informações

O programa Tech Dojo vai permitir aos candidatos fazer parte das equipas centrais e ter uma experiência de 6 meses de trabalho diário com especialistas em áreas como:

  • Backend;
  • Frontend;
  • Full Stack;
  • Data Science;
  • SRE (DevOps/Infra);
  • Salesforce;
  • Security;
  • QA Automation;
  • Creative;
  • Sales Engineer (Pre-Sales).

As candidaturas podem ser feitas online, através do site da empresa. A data final de candidaturas será apenas quando as vagas forem todas preenchidas.

Após a seleção dos candidatos, o programa terá duas fases, uma no início de setembro e outra no final de outubro.

Sobre a Talkdesk

A Talkdesk foi criada em 2011 e tem já 1400 clientes. Com escritórios distribuídos por Lisboa, Porto, Coimbra, São Francisco, Salt Lake City e Londres, emprega cerca de 500 colaboradores.

É líder mundial no desenvolvimento de soluções de software para call centers, baseadas em cloud, que ajudam as empresas, de forma rápida e fácil, a melhorarem a interação com os seus clientes, proporcionando-lhes uma experiência de elevada qualidade a um custo reduzido.

O artigo continua após o anúncio

Para se candidatar ou conhecer todas as ofertas disponíveis, consulte o site da empresa.

Veja também: