Catarine Martins
Catarine Martins
07 Nov, 2022 - 00:01

5 erros ao aplicar rímel que deve evitar

Catarine Martins

Revelamos os maiores erros ao aplicar rímel que está a cometer para que possa evitá-los e ter um olhar mais intenso.

máscaras de pestanas

Não há como negar: na maquilhagem os olhos assumem imensa importância, mesmo nas mais simples e naturais – e as máscaras de pestanas são grandes aliadas de um ótimo resultado final. Por isso, neste artigo revelamos-lhe 5 erros ao aplicar rímel que, talvez, esteja a cometer.

Veja abaixo se comete alguns dos enganos que listamos… Porque, acredite, aplicar a máscara de pestanas de forma correta faz mesmo toda a diferença para ficar mais bonita.

Erros ao aplicar rímel: os 5 mais comuns

Essencial para a maioria das mulheres, o rímel é um excelente aliado para abrir o olhar, deixando-o mais feminino e sedutor.

1

Não aplica o produto na raíz das pestanas

São muitas as mulheres que na hora de aplicar a máscara de pestanas, se preocupam com o alongamento e volume dos cílios, mas se esquecem da raiz.

E a verdade é que o resultado é muito mais harmonioso se aplicar a máscara desde a raíz até às pontas, em movimentos de ziguezague. Isto vai criar não só o efeito de um olhar mais aberto e sedutor, como também de um olhar mais profundo.

Assim, da próxima vez que for aplicar máscara de pestanas, verifique que não está a colocar o produto apenas do meio para o fim da pestana.

2

Está a colocar produto a mais

Sente que a cada vez que aplica máscara de pestanas, as pestanas ficam empapadas e pouco volumosas? O problema pode mesmo estar em aplicar produto a mais.

Assim, experimente aplicar o produto apenas uma ou duas vezes, insistindo nos movimentos de ziguezague. Para além da máscara não ficar acumulada nas pestanas, o resultado será muito mais natural e bonito.

Tudo aquilo que se quer, certo?

3

Está sempre a abrir e fechar a máscara de pestanas

Se é daquelas que costuma estar sempre a colocar e a tirar a escova de dentro do rímel, de forma a que venha mais produto, saiba que isso pode estar a deixar a sua máscara seca.

Sim, quantas mais vezes insere e tira a escova de dentro do tubo, mais bolhas de ar se criam, o que se traduz em grumos indesejados e no ressecamento do próprio produto.

Desta forma, convém evitar estar sempre a tirar e pôr a escova dentro do tubo, durante a aplicação.

máscara de pestanas
Veja também Máscara de pestanas por menos de 25 euros: escolha a melhor
4

Está a aplicar muito produto nas pestanas inferiores

É daquelas mulheres que gosta de aplicar máscara de pestanas também nas pestanas inferiores, de forma a abrir mais o olhar, mas acaba sempre borratada?

O segredo para aplicar máscara nas pestanas de baixo é mesmo fazê-lo de forma leve e numa só passagem. Por serem mais finas, as pestanas inferiores não precisam de tanto produto, a menos que queira realçar as olheiras. O que sabemos, não quer.

Nesse sentido, passe a máscara levemente nas pestanas inferiores, mas sem insistir. Depois sim, trabalhe as superiores, em movimentos de ziguezague.

Para além do resultado ser mais natural, assim não correrá riscos de acabar com rímel também nas olheiras.

5

Está a usar uma máscara de pestanas antiga

Tal como acontece com outros produtos de maquilhagem, também o rímel tem validade. E para evitar alergias, comichões ou até conjuntivites, é importante que repare se a máscara está em condições, antes de usar.

Por outro lado, uma máscara velha está mais seca e tem tendência a ter criado os indesejados grumos. Isto significa que quando a for aplicar, as pestanas irão empapar e o mais provável é acabar com rímel tatuado nas pálpebras.

Consequentemente, se tem máscaras de pestanas antigas em casa, o melhor é mesmo substitui-las por uma nova. Escolha uma que cumpra o que pretende, seja volume ou alongamento, e diga olá às pestanas que sempre quis ter.

Agora que já sabe quais os erros que está a cometer ao aplicar a máscara de pestanas, está na altura de lhes dizer adeus e de se sentir ainda mais bonita.

Comece a usar o rímel da forma certa, e converta-o no seu melhor amigo, nestes tempos difíceis em que o batom deixou de ter o papel principal.

Artigo originalmente publicado em Novembro de 2021. Atualizado em Novembro de 2022.

Veja também